Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre uma telenovela brasileira. Para o filme com Susan Hayward, veja I Want to Live!.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Quero Viver foi uma telenovela brasileira exibida pela RecordTV em co-produção com a TV Rio, entre 13 de novembro de 1972 e 10 de março de 1973, às 20h, em 102 capítulos. Foi escrita por Francisco Inácio do Amaral Gurgel e dirigida por Waldemar de Moraes[1].

EnredoEditar

Júlia é uma mulher estranha, cheia de complexos e de comportamento neurótico. Apesar de ser atraída por homens, se distancia deles e os encaminha para Helena, sua irmã mais nova. Foge do amor e guarda um grande segredo. Helena é muito protegida pela irmã, aparentemente leviana, mas no fundo uma moça com anseios puros. Ambas moram na Pensão Paraíso, cuja proprietária é Dona Adelaide, com veleidades de cartomante, onde também residem os playboy Bill e Miro, a costureira Conceição, a fofoqueira Severina, entre outros tipos.

A imaginação doentia de Júlia se confunde quando conhece Alfredo, o mais novo morador da Pensão Paraíso, não por idade, mas por tempo de permanência.

ElencoEditar

Trilha sonoraEditar

  1. It's rainin', It's pourin' - warren schatz
  2. Call me maria - Sweet reaction
  3. Somebody look like you - Warren schatz
  4. Sasha - Jim anthony
  5. Everything you'll ever need - Swamp dogg
  6. You came to see me - Justice
  7. I want to live - gilbert pancini / Bill clark
  8. I love nina - gilbert pancini / Bill clark
  9. Love's theme in minor la - gGilbert pancini / bill clark
  10. Transworld - gilbert pancini / Bill clark
  11. The love's end - gilbert pancini / Bill clark
  12. Suspense - finishing - gilbert pancini / Bill clark
  Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. D'ALMEIDA, Regina (9 de janeiro de 1973). «TV Rio quer viver com nova novela». Bloch editores. revista Amiga