Abrir menu principal

Quinto Júlio Córdio

Quinto Júlio Córdio
Cônsul do Império Romano
Consulado 71 d.C.

Quinto Júlio Córdio ou Cordo (em latim: Quintus Julius Cordius ou Cordus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de novembro a dezembro de 71 com Cneu Pompeu Colega[1]. Era aparentemente oriundo da cidade lusitana de Ebor e de uma família senatorial.

CarreiraEditar

Entre 64 e 65, Córdio foi governador de Chipre. Em 69, o "ano dos quatro imperadores", era legado imperial propretor na Gália Aquitânia e declarou sua província em favor de Otão e, logo em seguida, a Vitélio.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Giuseppe Camodeca, "Novità sui fasti consolari delle tavolette cerate della Campania", Publications de l'École française de Rome, 143 (1991), pp. 57–62

BibliografiaEditar

  • Françoise Des Boscs-Plateaux. Un parti hispanique à Rome?: ascension des élites hispaniques et pouvoir politique d’Auguste à Hadrien, 27 av. J.-C.-138 ap. J.-C. Casa de Velázquez, 2005. р. 473.