Abrir menu principal
Transamérica Pop Rio de Janeiro
Rádio Transamérica do Rio de Janeiro Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) 101.3 MHz
Sede Rio de Janeiro, RJ
Slogan A sua rádio onde você estiver
Fundação 23 de outubro de 1977
Fundador Grupo Alfa
Pertence a Rede Transamérica
Proprietário(s) Aloysio de Andrade Faria
Formato Emissora comercial
Gênero Música pop e Esporte
Afiliações
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYD 467
Cobertura Rio, Grande Rio, Baixada Fluminense, Região dos Lagos, Região Serrana RJ, Região Sul RJ, Parte da Região Norte RJ.
Dados técnicos Potência: 40 kW
Classe: E1
RDS: Sim
Página oficial www.radiotransamerica.com.br/pop/rio-de-janeiro/

Transamérica Pop Rio de Janeiro é uma emissora de rádio brasileira pertencente à rede Transamérica Pop. Opera na freqüência 101.3 MHz em FM.

Índice

HistóriaEditar

A emissora surgiu no dia 23 de outubro de 1977 e tocava músicas do estilo adulto contemporâneo. Passou a tocar música pop em 1985. Nessa década, a rádio já fazia parte da Rede Transamérica, porém a rádio não tinha sinal de satélite. No entanto, seguia a sua programação nos padrões da sede em São Paulo. Nessa mesma época, programas como o Transalouca, que começava às 2 da manhã, fazia sucesso, apesar da censura imposta no final do regime militar do país.

Em Setembro de 1991, quando foi criada a Rede Transamérica, a emissora passou a retransmitir alguns programas da sede paulista. Depois da subdivisão de redes distintas, como a Transamérica Hits e a Transamérica Light, a rádio foi rebatizada de Transamérica Pop Rio de Janeiro.

A rádio fugiu algumas vezes do padrão pop tocando até funk e axé. Hoje em dia, possui normalmente sua programação pop/rock.

Até 2008, apresentava o melhor futebol do Rio de Janeiro, liderando a audiência e revolucionando a linguagem de transmissões esportivas. Naquele jovem timaço, destacavam-se nomes expoentes, como Marcelo Barros, Leonardo Baran, Marco Palito, Clayton Carvalho, Felipe Rolim e Fernanda Gentil. Na época, Alvaro José dirigia o Comercial e Conteúdo e saiu em 2008. Logo após, viveu uma crise no setor, que chegou a ter a divisão esportiva desativada por falta de patrocínios e pela baixa audiência. Em março de 2012, retomou a equipe de esportes, mesmo sem muito sucesso, com Edílson Silva e Ronaldo Castro[1], além de Ricardo Moreira, Alexandre Chalita, Calos Alberto Parizzi e Gonçalves.

Em 2014, a emissora passa a ter na equipe o Garotinho, além de Gérson Canhotinha de Ouro, Gilson Ricardo, Bruno Azevedo e Bruno Cantarelli, indo nos lugares de Edílson Silva, Ronaldo Castro, Carlos Alberto Parizzi, Hélio Júnior, Nunes, Sérgio Guimarães e Rogério Ribeiro, que passaram a ocupar o lugar destes na Bradesco Esportes FM. Além destes, vieram também os narradores Fernando Bonan e Ruy Fernando, os comentaristas Áureo Ameno e Formiga e a repórter Andréa Maciel. Permaneceram na equipe o narrador Alexandre Chalita e o narrador, repórter e plantonista Rodrigo Gomes.

Em abril de 2015, Garotinho deixa a Transamérica e se muda para a Super Rádio Tupi ao lado de Gilson e Gérson. Mesmo assim, continuará comandando a equipe da rádio. Após as saídas destes, saíram da equipe também os narradores Alexandre Chalita e Fernando Bonan e o comentarista Áureo Ameno .

Em agosto de 2016, a Transamérica contrata o repórter Sérgio Américo, ex-Tupi, mas ele deixa em novembro para se integrar a Bradesco Esportes FM.

Em 14 de outubro de 2017, terminou a parceria de 2 anos feita pela Transamérica com o portal FutRio para a transmissão de jogos dos times cariocas, causando a saída dos profissionais do site que trabalhavam na rádio, fazendo com que restassem apenas três profissionais na equipe.


Equipe Esportiva [2]Editar

 
Este tópico pode conter informações desatualizadas. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.

NarradorEditar

  • Bruno Cantarelli (Lango-Lango)

ComentaristaEditar

  • Bruno Azevedo

RepórterEditar

  • Lucas Machado

Referências

  1. Rádio de Verdade (17 de maio de 2012). «Edílson Silva vai para a Rádio Transamérica Rio». 15:26. Consultado em 18 de maio de 2012 
  2. Esporte e Mídia (1 de maio de 2015). «Saiba mais sobre a equipe da Transamérica FM após a saída de Garotinho». Consultado em 1 de maio de 2015 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.