Réquila

Reis suevos
(Redirecionado de Réquita)

Réquila (?-448) foi o segundo rei suevo da Galécia. Foi associado ao governo pelo seu pai Hermerico em 438 e sucedeu-lhe em 441. Mostrou-se muito agressivo contra os galaicos autóctones e contra a Igreja Católica. Enfrentou os bispos e favoreceu os clérigos priscilianistas, apesar de ele próprio professar o arianismo. Firmou um novo tratado de federação (federados) com Roma e estabeleceu alianças com os insurrectos das bagaudas, no norte da Península Ibérica, que lutavam contra as autoridades imperiais e os grandes proprietários[1]. Comandou várias campanhas nas quais invadiu a Lusitânia e a Bética, e em 439 conquistou Emérita Augusta. Tomou Híspalis em 441. Durante o seu curto reinado os Suevos chegaram a dominar quase toda a actual Andaluzia. Também fez incursões na Tarraconense. Faleceu em 448 e sucedeu-lhe o seu filho Requiário.

Réquila
Nascimento 400
Germânia
Morte 448
Mérida
Cidadania Reino da Galiza
Progenitores
Filho(s) Requiário I, Ricímero, Filla de Requila
Ocupação monarca
Título rei, King of Galicia
Religião Germanic paganism

Referências e notas

  1. Mattoso, José. "A época Sueva e Visigótica". História de Portugal I. Editorial Estampa. Página 307. ISBN 9723309203

Ligações externasEditar

Precedido por
Hermerico
Rei da Galécia
441448
Sucedido por
Requiário
  Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.