Abrir menu principal

Radio Corporation of America

(Redirecionado de RCA BMG Ariola)
Nota: Se procura pela gravadora, consulte RCA Records.
RCA Corporation
Corporação
Atividade Eletrônicos e Comunicação de massa
Fundação 1919
Fundador(es) General Electric
Destino Adquirida pela General Electric e liquidada
Encerramento 1986
Sede Nova Iorque, NY
Área(s) servida(s) Todo o mundo
Proprietário(s) General Electric (1919-1932 e 1986)
Pessoas-chave Owen Young e David Sarnoff
Sucessora(s)
Website oficial www.rca.com

Radio Corporation of America, também conhecida como RCA ou RCA Corporation (a partir de 1969), foi uma empresa norte-americana de eletrônicos, cuja fundação data de 1919.[1] Inicialmente, foi fundada como uma subsidiária da General Electric que, em 1932, tornou-se independente devido a uma ação antitruste do governo americano.[2]

Pioneira no setor de telecomunicações, dominou o mercado de eletrônicos e de comunicação nos Estados Unidos por mais de 5 décadas. Nos anos 1920, foi uma das maiores fabricantes de aparelhos receptores de rádio, mantendo-se no topo da crescente indústria do rádio. Na mesma época, fundou a primeira rede de rádio dos Estados Unidos, a National Broadcasting Company (NBC).[3] Nas décadas seguintes, tornou-se, também, pioneira na introdução e no desenvolvimento da televisão, tanto em preto e branco quanto em cores. Neste período de ascensão e dominância no mercado, a empresa ficou identificada com a liderança de David Sarnoff: gerente geral quando a empresa foi fundada, tornou-se presidente em 1930 e continuou na ativa mesmo após a sua presidência, como membro do conselho até o ano de 1969.[4]

A empresa entrou em decadência em meados dos anos 1970, quando tentou diversificar e expandir suas operações em um conglomerado. Assim, a empresa sofreu com enormes perdas no mercado de computadores, com diversos projetos que terminaram em fracasso. Em 1986, a RCA foi readquirida pela General Electric que liquidou as diversas empresas do grupo nos anos subsequentes. Hoje em dia, a RCA existe apenas como marcas registradas pertencentes à Sony Music (a RCA Records, principalmente) e à Technicolor Motion Picture Corporation, que as licenciam para outras empresas.[5]

Referências

  1. Gleason L. Archer (1938). «History of Radio to 1926». Hathi Trust Digital Library. Consultado em 26 de abril de 2019 
  2. Gleason L. Archer (1939). «The Consent Decree». Big Business and Radio. Consultado em 26 de abril de 2019 
  3. Federal Communications Commission (maio de 1941). «Early History of Network Broadcasting». Hathi Trust Digital Library. Consultado em 26 de abril de 2019 
  4. David Sarnoff by Eugene Lyons, 1966, page 190.
  5. Albert Abramson (2003). «The History of Television, 1942 to 2000». Google books. Consultado em 26 de abril de 2019 

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.