Abrir menu principal
REC 2
REC 2 (PRT)
REC 2: Possuídos (BRA)
Flag of Spain.svg Espanha
2009 •  cor •  85 min 
Direção Jaume Balagueró
Paco Plaza
Produção Julio Fernández
Roteiro Jaume Balagueró
Manu Díez
Paco Plaza
Elenco Manuela Velasco
Jonathan Mellor
Óscar Sánchez Zafra
Ariel Casas
Alejandro Casaseca
Pablo Rosso
Pep Molina
Andrea Ros
Álex Batllori
Pau Poch
Juli Fábregas
Nico Baixas
Javier Botet
Carlos Olalla
Género terror/suspense
Edição Xavi Gimenez[1]
Distribuição Magnolia Pictures (Espanha)
PlayArte[2] (Brasil)
Lançamento Espanha 2 de outubro de 2009
Brasil 1 de julho de 2010[2]
Idioma espanhol
Orçamento 4.500.000[3]
Receita US$ 18.497.446[4]
Cronologia
REC
REC 3[5]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

REC 2 (REC 2: Possuídos no Brasil) é a continuação do filme espanhol REC de 2007. Escrito e dirigido por Jaume Balagueró e Paco Plaza, mesmos autores do filme anterior. A história acontece minutos depois da história do primeiro filme, e Filmax Internacional descreveu o filme com "o mesmo conceito claustrofóbico" de REC, mas "com novos meios de transferir o medo da tela para o telespectador."[6][7]

Índice

SinopseEditar

Quinze minutos após os acontecimentos do primeiro filme, um grupo especial de operações é enviado ao prédio lacrado onde dezenas de pessoas foram violentamente infectadas. Junto com o grupo, está um médico que pretende colher amostras do frasco Me-Dei-Ros originado da criatura demoníaca de mesmo nome, para desenvolver uma vacina para a terrível doença. Ao adentrarem, encontram o local aparentemente vazio, mas à medida que sobem as escadas, as piores situações começam a acontecer. Até que descobrem que o médico é, na verdade um padre, vindo do Vaticano, enviado para colher uma amostra do sangue da Menina Medeiros que havia sido levada para o condomínio, dando início à infecção. Enquanto um a um, todos começam a morrer, um terrível segredo demoníaco envolvendo o vírus é revelado.

EnredoEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O padre Owen é enviado pelo Vaticano para desvendar o mistério da menina Medeiros, e disfarçado de agente de saúde, leva três homens da equipe da SWAT para dentro do prédio para obter a amostra de sangue da garota e produzir um antídoto contra o vírus demoníaco que se alastra no edifício. Após ouvirem um barulho, eles são atacados pela Senhora Izquierdo, que morde um dos homens da SWAT. Owen o bloqueia dentro de uma sala com um crucifixo, e revela-se padre aos outros policiais, revelando também, que o policial infectado foi possuído pelo mal originado pela menina Medeiros, e que o Vaticano o enviou para impedir que isso se alastrasse, e que além disso, eles deixarão o prédio apenas sob seu comando de voz, que só será dado após ele conseguir o sangue da menina. O grupo é atacado pela garotinha Jennifer, e Owen, sabendo que o demônio canaliza e fala através de outras pessoas, tenta arrancar informações dela, mas um policial amedrontado a mata. Owen se irrita, porém conclui que eles devem fazer uma busca na cobertura do prédio. Ao encontrarem um sótão, um dos policiais sobe em um duto de ar e encontra o sangue "Me-Dei-Ros" em um refrigerador, quando é perseguido por crianças infectadas, mas consegue se livrar delas e entrega o sangue para Owen, que diz que ainda terá de comprovar se é o original. Ele espalha um pouco do sangue em uma vasilha e se aproxima com uma cruz. O sangue pega fogo, indicando que se trata do verdadeiro, mas a ampola também incendeia e um policial a solta deixando-a cair. Os oficiais ficam extremamente irritados querendo deixar o prédio após o padre dizer que agora terá que pegar uma amostra original da menina Medeiros.

Enquanto isso, do lado de fora, três adolescentes, após uma brincadeira, seguem um bombeiro e um homem que conseguiram entrar no prédio através do sistema de esgoto para resgatar seu amigo e a filha do homem, Jennifer. Os policiais seguem os jovens e bloqueiam o esgoto, deixando-os presos dentro do prédio. Eles vão para o apartamento do homem, que é atacado por sua esposa infectada. O bombeiro a mata, e o homem, já infectado, sobe as escadas desesperadamente atrás de sua filha, quando se depara com Owen e os oficiais da SWAT, que não exitam em atirar, empurrando o homem pelo vão da escadaria. No mesmo instante, a equipe avista os adolescentes, que fogem, juntamente com o bombeiro, entrando em um apartamento que está aberto. O grupo é atraído pela voz de uma criança, abrindo a porta do cômodo anteriormente trancada por Owen, libertando o policial infectado, que os ataca. O bombeiro é infectado e morto pela adolescente, mas não antes de infectar seu irmão. A equipe da SWAT chega ao apartamento encontrando os adolescentes, quando são surpreendidos por Ángela Vidal, a repórter desaparecida, que também se encontra escondida no mesmo lugar. Vendo que o garoto foi infectado, Owen pergunta onde está a verdadeira menina Medeiros. O infectado revela que ela está no lugar mais alto, e Owen conclui que ela ainda está na cobertura, mas que não pode andar na luz. A equipe prende os adolescentes em um quarto, e sabendo que a jornalista não se feriu e que pode ajudar, pedem sua ajuda, pois ela continua com a câmera. Eles retornam para a cobertura e ligam a visão noturna da câmera de Ángela. Um dos oficiais avista uma porta que só é vista no escuro; eles entram e encontram um tanque que também só é visto no escuro. O policial chefe se aproxima do tanque e o algo o puxa para dentro. A equipe fica desesperada ao encontrar a menina Medeiros, e Ángela pede para que todos se acalmem, apaguem as luzes e fiquem imóveis, pois assim ela não os verá. O comunicador de Owen é ativado, pedindo reconhecimento de voz e atraindo a atenção da menina Medeiros, que ataca o policial cinegrafista. Ángela aponta uma arma para a garota, com Owen implorando para ela não atirar. A repórter não lhe dá ouvidos e a mata mesmo assim. Já estressada, ela insiste que Owen ative o reconhecimento de voz, matando o policial que tenta acalma-la, pedindo para ela não atirar no padre, pois precisam dele para sair de lá. Owen se recusa a ativar o reconhecimento e Ángela o agride, deixando-o- praticamente morto. Ángela se aproxima de Owen atirado no chão, ri e diz que ele já deveria ter desistido, concluindo que ela também foi possuída pela menina Medeiros. Ela pega o comunicador no colete de Owen e imita sua voz, dizendo que apenas uma mulher sairá de lá, pois ele está infectado e ficará para trás. A voz do outro lado do comunicador pergunta como a mulher conseguiu sobreviver, quando aparece um flashback da repórter sendo puxada brutalmente pela menina Medeiros, e em seguida, a mesma "vomita" uma criatura semelhante a um verme na boca da repórter, onde a mesma acaba por se tornar a nova menina Medeiros.

  Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

ElencoEditar

  • Manuela Velasco é Ángela Vidal
  • Pablo Rosso é Rosso
  • Àlex Batllori é Ori
  • Andrea Ros é Mire
  • Pau Poch é Tito
  • Juli Fàbregas é Bombeiro
  • Ana Isabel Velásquez é Garota Colombiana
  • Jonathan Mellor é Dr Owen
  • Óscar Zafra é Jefe
  • Claudia Font é Jennifer
  • Ariel Casas é Larra
  • Ferran Terraza é Manu
  • Alejandro Casaseca é Martos
  • Carlos Olalla é Ministro de Saúde
  • Javier Botet é Menina Medeiros
  • Nico Baixas é Menina Medeiros
  • Pep Molina é Pai de Jennifer
  • Raul Moya Juarez é Peatón
  • David Vert é Álex

Recepção da críticaEditar

Rec 2 tem recepção favorável por parte da crítica especializada. Com tomatometer de 71% em base de 68 críticas, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: "Falta-lhe o choque surpreendente da primeira parcela, mas [REC] 2 quase mantém ritmo de refrigeração do Original - e prova nem todas as sequências de terror foram feitos iguais". Tem 60% de aprovação, por parte da audiência, usada para calcular a recepção do público a partir de votos dos usuários do site.[8]

Referências

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.