RM (rapper)

Rapper, produtor e compositor sul-coreano
Este é um nome coreano; o nome de família é Kim.

Kim Nam-joon (hangul: 김남준; nascido em 12 de setembro de 1994), mais conhecido por seu nome artístico RM (anteriormente conhecido como Rap Monster (hangul: 랩 몬스터)),[2] é um rapper, cantor, compositor e produtor musical sul-coreano. Tornou-se popularmente conhecido por ser integrante do grupo sul-coreano BTS.

RM
김남준
RM em maio de 2019
Conhecido(a) por Rap Monster, RM, Real Me
Nascimento 12 de setembro de 1994 (28 anos)
Ilsan, Goyang, Coreia do Sul
Etnia Asiático
Estatura 1.81 m[1]
Ocupação
Gênero literário
Carreira musical
Período musical 2013–presente
Extensão vocal Barítono
Instrumento(s) Vocais
Gravadora(s) Big Hit Entertainment
Afiliações
Assinatura
RM signature.svg
Kim Nam-joon
Nome em coreano
Hangul 김남준
Hanja 金南俊
Romanização revisada Gim Namjun
McCune-Reischauer Kim Namjoon

Em 2015, lançou sua primeira mixtape, intitulada RM. Em 2018, lançou sua segunda mixtape chamada Mono. A mixtape alcançou o número 26 nos Estados Unidos. Em 2022, lançou seu primeiro álbum de estúdio, Indigo. Ele também colaborou com artistas como Wale, Younha, Warren G, Gaeko, Krizz Kaliko, MFBTY, Fall Out Boy, Primary, Lil Nas X, Erykah Badu e Anderson. Paak.

Biografia

Kim Nam-joon nasceu em 12 de setembro de 1994, em Ilsan, Coreia do Sul e tem uma irmã mais nova. Antes de sua estreia com o BTS, ele era um rapper independente sob o nome artístico "Runch Randa".[3] Ele lançou algumas faixas e colaborou com o rapper compatriota Zico.[4] Também fazia parte de um grupo independente de hip hop chamado Daenamhyup, composto ainda pelos seguintes membros: Marvel J, l11ven, Supreme Boi, Ferro, Kyum2, Kidoh, Samsoon, Illipse e DJ Snatch. O grupo manteve-se ativo entre 2009 e 2015, embora Kim não tenha participado nos últimos anos para se dedicar ao BTS. As atividades, depois disso, cessaram; alguns membros começaram a trabalhar em outros projetos.[5][6]

RM alcançou uma pontuação de 850 no TOEIC quando estava no colegial; também ficou entre os 1,3% da população sul-coreana com as melhores notas no vestibular do país, em provas sobre linguagem, matemática, língua estrangeira e estudos sociais, e tem um QI de 148.[7] Ao lado de seu idioma nativo, coreano, ele também é fluente em inglês e japonês; seu conhecimento de língua inglesa foi adquirido ao assistir à sitcom americana Friends.[8] Ele descreve-se como ateu.[9]

Nome

RM escolheu o nome "Rap Monster" (Monstro do Rap) durante seu tempo como trainee de idol. Embora seja comumente incompreendido que o nome significa que ele "faz rap como um monstro", na verdade deriva da letra de uma música que ele escreveu, inspirada no "Rap Genius" de San E. A letra continha um segmento onde San E declara que ele deveria ser chamado de "rap monster", por ele fazer "raps non-stop" (raps sem parar).[10] Ele adotou o nome artístico porque sentiu que era "legal". RM descreveu a si mesmo como tendo uma relação de amor e ódio com o nome, sentindo que não foi selecionado por ser de "valor incrível" para ele.

Ele formalmente mudou seu nome artístico para "RM" em novembro de 2017, ao determinar que "Rap Monster" não representava mais quem ele era ou a música que criava. Em uma entrevista ao Entertainment Tonight, RM afirmou que "[o nome] pode simbolizar muitas coisas. Poderia ter mais espectros para ele." "Real Me" (Eu de verdade) foi fornecido como um possível significado atual.[11]

Carreira

2010–2013: Juntando-se à Big Hit Entertainment e estreia com BTS

Em 2009, RM fez uma audição para a Big Deal Records, passando na primeira rodada junto com Samuel Seo, mas falhando na segunda rodada por esquecer as letras. No entanto, após a audição, o rapper Sleepy trocou informações de contato com RM, a quem ele mencionou mais tarde ao produtor da Big Hit Entertainment, Pdogg.[12] Em 2010, Sleepy contatou RM, encorajando-o a fazer um teste para o CEO da Big Hit Entertainment, Bang Si-hyuk. Bang ofereceu a RM, então com 16 anos, uma vaga na gravadora, que ele aceitou imediatamente e sem o conhecimento de seus pais.[13] Bang e Pdogg logo começaram a formar um grupo de hip hop que eventualmente se tornaria o grupo BTS.[14]

RM treinou por três anos com o colega rapper Min Yoon-gi e o dançarino Jung Ho-seok, mais tarde conhecidos como Suga e J-Hope, respectivamente.[15][16] Durante este período de trainee de três anos, RM se apresentou em cinco faixas de pré-estreia creditadas ao BTS em 2010 e 2011. Ele também trabalhou como compositor para o grupo feminino Glam e ajudou a escrever seu single de estreia "Party (XXO)", uma música pró-LGBTQ+ que foi elogiada pela Billboard como "uma das canções mais inovadoras de um grupo feminino de K-pop na última década".[17] Em 13 de junho de 2013, RM fez sua estreia com o BTS e desde então produziu e escreveu letras para muitas faixas de seus álbuns.[18] Em 29 de agosto de 2013, RM tocou a faixa de introdução para o primeiro EP do grupo, O!RUL8,2?, que foi lançado como um trailer antes do lançamento do EP em 11 de setembro, marcando seu primeiro solo após a estreia.[19]

2014–2016: Primeiras colaborações solo, RM, e Problematic Men

Em 5 de agosto de 2014, a Big Hit Entertainment lançou um trailer do primeiro álbum de estúdio do BTS, Dark & Wild, que estava programado para ser lançado em 20 de agosto. A faixa de rap, oficialmente creditada ao BTS como "Intro: What Am I to You?", foi um solo executado por RM.[20] Através do reality show American Hustle Life, que foi usado para produzir Dark & Wild, RM formou uma relação de trabalho com Warren G, que se ofereceu para escrever uma batida para o BTS.[21][22] Em entrevista à revista coreana Hip Hop Playa, Warren G afirmou que fez amizade com o BTS por meio do programa e manteve contato com a banda depois que eles voltaram para a Coreia do Sul.[23] Em 4 de março de 2015, RM lançou um single com Warren G intitulado "P.D.D (Please Don't Die)" antes de sua primeira mixtape solo, seguindo uma oferta de Warren G para colaborar.[24][25] A faixa refletia como RM se sentia em relação àqueles que o odiavam e criticavam na época, o que ele costumava achar muito perturbador.[26] Nesse mesmo mês de março, RM colaborou com o grupo de hip hop MFBTY, EE e Dino J na música "Bucku Bucku". Ele participou do videoclipe da música e também teve uma participação especial em um videoclipe de outra música do MFBTY, "Bang Diggy Bang Bang".[27] RM primeiro formou uma relação de trabalho duradoura com o membro do MFBTY, Tiger JK, depois de conhecê-lo e expressar admiração por ele em um programa de TV em 2013, quando Tiger JK estava promovendo sua música "The Cure".[28]

Em 31 de dezembro de 2014, BTS realizou uma performance de introdução na MBC Gayo Daejejeon, que contou com o rapper norte-americano Krizz Kaliko com a música "Spaz". Krizz Kaliko e RM mais tarde produziram a canção: "Rush".[29]

RM foi escalado como regular no programa de variedades sul-coreano Problematic Men, onde os membros do elenco receberam uma variedade de quebra-cabeças e problemas para resolver e trabalhar discutindo seus próprios pensamentos e experiências. O programa começou a ser exibido em 26 de fevereiro de 2015; no entanto, RM deixou o show após 22 episódios devido à turnê The Red Bullet Tour, de 2015, do BTS.[30]

Em 17 de março de 2015, RM lançou sua primeira mixtape solo, RM, que ficou em 48º lugar na lista dos "50 Melhores Álbuns de Hip Hop de 2015" da revista Spin.[31] A mixtape abordou uma variedade de tópicos, como o passado de RM na faixa "Voice" e a ideia de que "você é você e eu sou eu" na faixa "Do You".[32] Ao discutir a faixa "God Rap", RM se descreveu como um ateu, acreditando que somente ele poderia determinar seu destino.[33] O processo de produção da mixtape durou cerca de quatro ou cinco meses, com RM trabalhando nela entre as atividades do BTS. No ano seguinte, RM lembrou que havia escrito amplamente sobre as emoções negativas que carregava, como raiva e raiva, mas afirmou que as canções não estão "100% sob [sua] soberania" e que ele sentiu muitas partes do mixtape eram "imaturas". Ele também acrescentou que esperava que sua próxima mixtape fosse algo em que ele trabalhasse sozinho. Após o lançamento de RM, ele apareceu junto com Kwon Jin-ah na canção "U" de Primary em abril.[34] Em agosto, RM colaborou com a trilha sonora de Quarteto Fantástico da Marvel na Coréia, lançando o single digital "Fantastic" com Mandy Ventrice através do Melon, Genie, Naver Music e outras plataformas musicais.[35] Em agosto de 2016, a dupla vocal Homme lançou um single intitulado "Dilemma", que foi co-produzido por RM e Bang Si-hyuk.[36]

2017–2021: Mono e mais colaborações

Em março de 2017, RM colaborou com o rapper norte-americano Wale em uma faixa especial chamada "Change", lançada através de download digital gratuito junto com um videoclipe filmado duas semanas antes do lançamento da faixa.[37][38] A dupla formou um relacionamento pela primeira vez no Twitter, com Wale entrando em contato com RM em 2016, depois de ver o cover de RM de sua faixa "Illest Bitch".[37] RM decidiu sobre o tema "Change", dizendo que embora os dois rappers fossem extremamente diferentes, sua semelhança residia no fato de que tanto a América quanto a Coreia do Sul tinham suas situações políticas e sociais e que ambos queriam que o mundo mudasse para o melhor.[39] Um mês depois, RM apareceu na faixa "Gajah" com Gaeko do Dynamic Duo.[40] Em dezembro, RM colaborou em um remix da música "Champion" do Fall Out Boy.[41] A faixa alcançou o número 18 na parada Bubbling Under Hot 100 Singles da Billboard e ajudou RM a alcançar o número 46 na tabela Emerging Artists Chart na semana de 8 de janeiro de 2018.[42][43] Em 27 de dezembro, RM fez história como o primeiro artista de K-pop a entrar na parada Rock Digital Songs, ficando em segundo lugar.[44]

 
RM em uma sessão de fotos para a revista Dispatch em Las Vegas, EUA.(maio de 2019)

RM lançou sua segunda mixtape, Mono, que ele chamou de "playlist", em 23 de outubro de 2018. Ele se tornou o primeiro artista coreano a ocupar o primeiro lugar no Emerging Artists Chart nos Estados Unidos com seu lançamento.[45] A mixtape foi bem recebida pelos críticos, que elogiaram RM por revelar "suas profundas inseguranças em canções como 'Tokyo' e 'Seoul'".[46] A faixa "Seoul" foi produzida pela dupla britânica de electropop Honne, que descobriu RM depois de vê-lo recomendar sua música no Twitter e eventualmente o conheceu em Seul após um de seus shows. Em novembro, RM também colaborou com Tiger JK em seu último álbum, apresentando na faixa "Timeless". Tiger JK originalmente esperava que as letras de RM contivessem autoelogios, que era a tendência do rap na época; Em vez disso, RM escreveu letras sobre deixar para trás o significado histórico do nome Drunken Tiger.[47]

Em 25 de março de 2019, Honne anunciou que RM participaria de seu remake de "Crying Over You" ao lado do cantor BEKA, que foi lançado em 27 de março.[48] Honne lançou originalmente "Crying Over You" com BEKA em 2018. A música foi originalmente programada para ser lançada em janeiro de 2019, mas foi adiada devido a "circunstâncias imprevistas".[49] A cantora chinesa Bibi Zhou foi adicionada ao lançamento chinês, aparecendo com RM e substituindo BEKA.[50] No mesmo dia, a Big Hit Entertainment lançou a música "Persona" como um trailer do EP Map of the Soul: Persona do BTS, apresentada como um solo de RM.[51] Persona estreou no número 17 no YouTube Song Chart da Billboard.[52] Três meses depois, em 24 de julho de 2019, RM participou do quarto remix oficial de "Old Town Road" de Lil Nas X, intitulado "Seoul Town Road", no qual ele "infundiu seu verso em inglês com um sotaque sulista surpreendentemente bom".[53][54] Em 29 de dezembro, foi anunciado que RM participaria da faixa "Winter Flower" de Younha, lançada em 6 de janeiro de 2020.[55] RM também participou de "Don't", o single principal do segundo álbum solo do cantor coreano eAeon, lançado em 30 de abril de 2021.[56]

2022: Indigo

Durante as comemorações do nono aniversário do BTS em junho de 2022, RM anunciou que os membros da banda dedicariam mais atenção aos empreendimentos musicais individuais daqui para frente e que projetos futuros seriam lançados como álbuns comerciais, completos com atividades promocionais, em vez de mixtapes gratuitas ou não promovidas.[57][58] Posteriormente, ele apareceu como artista de destaque no single "Sexy Nukim" do grupo de K-pop alternativo Balming Tiger em setembro.[59] Em 2 de dezembro lançou seu primeiro álbum de estúdio solo, Indigo, liderado pelo single "Wild Flower".[60]

Arte e impacto

RM é um barítono.[61] Em 2017, a revista americana de hip-hop XXL lançou uma lista intitulada "10 rappers coreanos que você deve conhecer", que incluía RM. O escritor Peter A. Berry promete que "Rap Monster raramente falha em fazer jus ao seu nome." Ele descreve a jovem estrela como "um dos rappers mais hábeis da região, capaz de mudar os fluxos sem esforço enquanto desliza por uma variedade de instrumentais diversos".[62]

Crystal Tai do South China Morning Post afirmou que RM recebeu muitos elogios por seu fluxo natural e letras e que ele tem um pouco de "My Beautiful Dark Twisted Fantasy misturada com Earl Sweatshirt e Chance the Rapper" nele.[63]

Em janeiro de 2020, junto com o colega BTS J-Hope, RM foi promovido de associado a membro pleno da Korea Music Copyright Association, juntando-se ao colega de banda Suga que havia sido oficialmente reconhecido como membro titular em 2018.[64]

Em uma pesquisa realizada pela Gallup Coreia, RM foi classificado como o 12º ídolo mais preferido do ano em 2018. Em 2019, ele foi classificado como 11º.[65] Em 2018, ele foi premiado com a Ordem do Mérito Cultural Hwagwan de quinta classe pelo Presidente da Coreia do Sul, juntamente com os outros membros do BTS, por suas contribuições para a cultura coreana.[66]

Filantropia

Por ocasião do seu 25º aniversário em 2019, ele doou 100 milhões de won para a Escola para Surdos de Seul Samsung para a educação musical de alunos surdos.[67] Um ano depois, ele doou a mesma quantia para a fundação do Museu Nacional de Arte Moderna e Contemporânea de Gwacheon para a consciência artística dos jovens,[68] doação pela qual ele recebeu o reconhecimento como Patrocinador de Arte do Prêmio do ano de 2020 organizado pelo Arts Council of Korea.[69]

Discografia

 Ver artigo principal: Discografia de RM
 
RM no set do vídeo musical de "Boy with Luv". (março de 2019)

Composição

Título, artista(s) e ano de lançamento
Canção Artista Álbum Ano Ref.
"0X1=Lovesong (I Know I Love You)" (participação de Seori) TXT The Chaos Chapter: Freeze 2021 [70]
"Dilemma" Homme Lançamento fora do álbum 2016 [71]
"I Like That" Glam 2013 [72]
"Party (XXO)" 2012
"Waste It on Me" (participação de BTS) Steve Aoki Neon Future III 2018 [73]


Filmografia

 Ver artigo principal: Filmografia de BTS

Programas de variedades

Ano Canal Titulo Papel Notas Episódio
2014 Mnet 4things Show - Rap Monster Ele mesmo Documentário sobre RM 3
2015 tvN Hot Brain: Problematic Men Membro do elenco Quiz de conhecimento[74][75] 1-22

Reality shows

Ano Canal Titulo Papel Episódio
2016 MBig TV Close-up Observation Diary on Idol: Find Me Ele mesmo 2
KBS Gura-Chacha: Time Slip - New Boy Membro do elenco Piloto

Videografia

 Ver artigo principal: Videografia de BTS
Ano Canção Artistas Papel
2012 "Vote Or Just Shut Up" RM Ele Mesmo
"Let's Introduce Bangtan Room"
"A Typical Trainee's Christmas" RM, Suga, Jin
"School of Tears"
2013 "Adult Child"
2014 "Unpack Your Bags" RM, DJ Soulscape
2015 "P.D.D." RM, Warren G
"Awakening" RM
"Do You"
"Joke"
"Bucku Bucku" MFBTY
"Bang Diggy Bang Bang" Cameo
"ProMeTheUs" Yankie ft Dok2, Juvie Train, Double K, Topbob, Don Mills, RM Animação
"Fantastic" RM ft Mandy Ventrice Ele Mesmo

Honrarias

Ordem do Mérito Cultural de 5ª classe de Hwa-gwan
“Por ajudar a espalhar não só a hallyu, mas também o hangul.[76]"

- (24 de outubro de 2018)[77]

Prêmios e indicações

Referências

  1. «Jimin Profile on BTS Official Site». bts.ibighit.com. Consultado em 19 de março de 2018. Cópia arquivada em 20 de março de 2018 
  2. «방탄소년단 랩몬스터, 'RM'으로 활동명 변경 (공식입장 전문)» (em coreano) 
  3. «BTS Profile». BTS Official Website. Consultado em 23 de julho de 2013 
  4. «[INTERVIEW] Bangtan Boys». Cuvism Magazine (em coreano). 22 de julho de 2013. Consultado em 23 de julho de 2015. Cópia arquivada em 5 de julho de 2014 
  5. «Artist Spotlight: DaeNamHyup». Kult Scene:Creative Korean Content. 13 de janeiro de 2015. Consultado em 23 de julho de 2015 
  6. «5 Songs to Get Ready for Rock Bottom Crew's Show in London - KultScene» (em inglês). 10 de fevereiro de 2016. Consultado em 15 de setembro de 2016 
  7. «Rap Monster Is Proving Assumptions About Korean Idol Rappers Wrong | NOISEY». Consultado em 8 de agosto de 2015 
  8. Tamar Herman (30 de junho de 2017). «Get to Know BTS: Rap Monster». Billboard (em inglês). Consultado em 21 de janeiro de 2018 
  9. «[INTERVIEW/TRANS](HIPHOPPLAYA) Rap Monster: 'even if it's to say bad things, i really hope you would listen to the mixtape' [150324]» (em inglês). BTS Diary. 24 de março de 2015. Consultado em 17 de setembro de 2017. Q: Are you atheist? RM: Yes. 
  10. Song, Myŏng-sŏn, 1986-; 송 명선, 1986-. Hiphap hada : Han'guk, hiphap kŭrigo sam Ch'op'an ed. Sŏul-si: [s.n.] OCLC 987381114 
  11. «BTS Answers Fans' Biggest Burning Questions -- And RM Reveals Why He Changed His Name From Rap Monster!». Entertainment Tonight (em inglês). Consultado em 23 de setembro de 2020 
  12. «RM (rapper)». Wikipedia (em inglês). 2 de dezembro de 2022. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  13. «Meet the K-pop stars: BTS' RM, formerly known as Rap Monster». South China Morning Post (em inglês). 14 de abril de 2018. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  14. «[아이돌 메이커] 피독 프로듀서 | 무대에 맞춘 음악을 만드는 것 | [weiv]» (em coreano). 29 de novembro de 2013. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  15. protected, email (12 de maio de 2016). «How BTS is changing K-pop for the better». The Daily Dot (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  16. Herman, Tamar; Herman, Tamar (30 de junho de 2017). «Get To Know BTS: J-Hope». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  17. Herman, Tamar; Herman, Tamar (7 de junho de 2017). «10 K-Pop Videos for LGBTQ Pride Month». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  18. «[Video] BTS Rides the School Bus in Making of 'No More Dream'». web.archive.org. 5 de outubro de 2015. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  19. «RM (rapper)». Wikipedia (em inglês). 2 de dezembro de 2022. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  20. Tara (10 de agosto de 2014). «What Can We Expect from BTS' "Dark & Wild"?». KultScene (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  21. «What Will Korea's Hottest New Rap Group Learn About Hip-Hop from Coolio on Their Trip to America?». www.vice.com (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  22. «[인터뷰] 랩몬스터 | '욕하기 위해서라도 믹스테잎을 꼭 들어주시면 좋겠다'». web.archive.org. 17 de novembro de 2015. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  23. «[인터뷰] 워렌지(Warren G) '한국 팬의 존재를 더 빨리 알지 못해 아쉽다'». web.archive.org. 16 de março de 2015. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  24. «[인터뷰] 랩몬스터 | '욕하기 위해서라도 믹스테잎을 꼭 들어주시면 좋겠다'». web.archive.org. 17 de novembro de 2015. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  25. «KPOP NEWS - [Video] BTS′ Rap Monster and Warren G Call Out All the Haters in ′P.D.D′ MV | Mwave». web.archive.org. 22 de julho de 2016. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  26. «[인터뷰] 워렌지(Warren G) '한국 팬의 존재를 더 빨리 알지 못해 아쉽다'». web.archive.org. 16 de março de 2015. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  27. «KPOP NEWS - [Video] MFBTY Breaks It Down with EE, BTS′ Rap Monster and Dino-J in ′Buckubucku′ MV | Mwave». web.archive.org. 22 de julho de 2016. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  28. Dazed (21 de abril de 2015). «Korean rap is your new favourite thing». Dazed (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  29. «08 Rush (Feat. Krizz Kaliko)». Consultado em 12 de setembro de 2016 
  30. 박현민. «[단독] 블락비 박경, '뇌섹남' 합류…랩몬 공석 채운다». entertain.naver.com (em coreano). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  31. «RM (rapper)». Wikipedia (em inglês). 2 de dezembro de 2022. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  32. «[인터뷰] 워렌지(Warren G) '한국 팬의 존재를 더 빨리 알지 못해 아쉽다'». web.archive.org. 16 de março de 2015. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  33. «[인터뷰] 랩몬스터 | '욕하기 위해서라도 믹스테잎을 꼭 들어주시면 좋겠다'». web.archive.org. 17 de novembro de 2015. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  34. «Rap Monster Is Proving Assumptions About Korean Idol Rappers Wrong». www.vice.com (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  35. 이지석 (1 de agosto de 2015). «랩몬스터, 마블 원작 '판타스틱4' 콜라보 음원 '판타스틱' 4일 발매». 스포츠서울. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  36. 스타뉴스 (25 de agosto de 2016). «방시혁·랩몬스터, 옴므 신곡 지원사격..30일 '딜레마' 발표». 스타뉴스 (em coreano). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  37. a b Herman, Tamar; Herman, Tamar (20 de março de 2017). «Wale & BTS' Rap Monster Team Up for Politically Tinged 'Change': Watch». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  38. «Wale & South Korean MC Rap Monster Demand "Change" On Their Political Collab». Genius (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  39. «BTS Talk Writing Process, Choreography & Wale Collaboration w/ @RobertHerrera3 | Ghostarchive». ghostarchive.org. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  40. «개코의 개성과 랩몬스터의 피처링, '코끼리'». entertain.naver.com (em coreano). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  41. Kelley, Caitlin; Kelley, Caitlin (14 de dezembro de 2017). «RM From BTS Featured on Fall Out Boy 'Champion' Remix Out Tonight». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  42. devops (2 de janeiro de 2013). «Bubbling Under Hot 100». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  43. devops (8 de agosto de 2017). «Emerging Artists». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  44. Benjamin, Jeff; Benjamin, Jeff (28 de dezembro de 2017). «BTS' RM Hits the Bubbling Under Hot 100, Rock Charts & More With Fall Out Boy Remix». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  45. Zellner, Xander; Zellner, Xander (31 de outubro de 2018). «RM Of BTS Rules Emerging Artists Chart, Billie Eilish Rises to No. 2». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  46. «BTS' RM Just Dropped His Solo Playlist 'Mono' And It's Like Free Therapy». MTV (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  47. 이정호|기자|. «타이거JK "RM과 함께한 'Timeless', 가장 멋진 음악 중 하나"(인터뷰③)[스타메이커]». entertain.naver.com (em coreano). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  48. «방탄소년단 RM, 英 듀오 혼네와 협업». 노컷뉴스. 26 de março de 2019. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  49. Daly, Rhian (25 de março de 2019). «Honne tease release date for new collaboration with BTS' RM». NME (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  50. «音乐人Eric周兴哲畅谈自由心得 多曲风联动榜单-千龙网·中国首都网». ent.qianlong.com. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  51. Rowley, Glenn; Rowley, Glenn (27 de março de 2019). «BTS A.R.M.Y. Reacts to 'Map Of The Soul: Persona' Trailer: 'A Masterpiece'». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  52. «BTS Chart History | Billboard». web.archive.org. 23 de abril de 2019. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  53. «Lil Nas X Teams Up With BTS' RM for New Remix 'Seoul Town Road' | Entertainment Tonight». www.etonline.com (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  54. Ziwei, Puah (25 de julho de 2019). «Listen to Lil Nas X's epic 'Old Town Road' remix with RM of BTS». NME (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  55. 뉴스엔. «윤하, 새 앨범 타이틀곡은 '먹구름'…방탄소년단 RM과 협업도(공식)». n.news.naver.com (em coreano). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  56. «절망에서 건져온 9년 만의 솔로, 처음 만나는 이이언 [인터뷰]». n.news.naver.com (em coreano). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  57. «K-pop supergroup BTS says it's making time for solo projects». AP NEWS (em inglês). 14 de junho de 2022. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  58. Nast, Condé (14 de junho de 2022). «As BTS Embark on New Chapter, There's Lots to Be Excited About». Teen Vogue (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  59. Benjamin, Jeff; Benjamin, Jeff (1 de setembro de 2022). «BTS' RM Joins Korean Musical Collective Balming Tiger for 'Sexy Nukim'». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  60. Rowley, Glenn; Rowley, Glenn (2 de dezembro de 2022). «RM Releases Debut Solo Album 'Indigo': Stream It Now». Billboard (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  61. Kim, Yŏng-dae (Music critic),; 김 영대 (Music critic). BTS : the review : a comprehensive look at the music of BTS First edition ed. Seoul: [s.n.] OCLC 1106016765 
  62. October 19, Peter A. BerryPublished:; 2016. «10 Korean Rappers You Should Know - XXL». XXL Mag (em inglês). Consultado em 23 de setembro de 2020 
  63. «Meet the K-pop stars: BTS' RM, formerly known as Rap Monster». South China Morning Post (em inglês). 14 de abril de 2018. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  64. NEWSIS (22 de janeiro de 2020). «방탄소년단 RM·제이홉, 한음저협 정회원 승격». newsis (em coreano). Consultado em 23 de setembro de 2020 
  65. «한국갤럽조사연구소». www.gallup.co.kr. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  66. «'대중문화예술상' BTS, 문화훈장 화관 최연소 수훈...유재석부터 故 김주혁까지 '영광의 얼굴들' (종합)». entertain.naver.com (em coreano). Consultado em 23 de setembro de 2020 
  67. «방탄소년단 RM, 청각장애학교에 1억 기부.."음악교육에 써달라"». 다음뉴스 (em coreano). Consultado em 23 de abril de 2021 
  68. «BTS leader RM donates 100 million won to art foundation». koreatimes (em inglês). 14 de setembro de 2020. Consultado em 23 de abril de 2021 
  69. «'미술관 1억 기부' 방탄소년단 RM, 2020 올해의 예술후원인대상 수상». n.news.naver.com (em coreano). Consultado em 23 de abril de 2021 
  70. «Songs Registered Under "100001442033"». komca.or.kr. Consultado em October 26, 2018. Cópia arquivada em July 14, 2017  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata= (ajuda)
  71. «Songs Registered Under "100001442033"». komca.or.kr. Consultado em October 26, 2018. Cópia arquivada em July 14, 2017  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata= (ajuda)
  72. «Songs Registered Under "GLAM"». komca.or.kr. Consultado em October 26, 2018. Cópia arquivada em July 14, 2017  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata= (ajuda)
  73. «Waste It On Me». Genius. October 25, 2018. Consultado em October 25, 2018. Cópia arquivada em October 26, 2018  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata=, |data= (ajuda)
  74. «[단독] 블락비 박경, '뇌섹남' 합류…랩몬 공석 채운다». Consultado em 15 de setembro de 2016 
  75. «'문제적남자' 측 "박경, 고정 멤버로 출연"». 네이트뉴스 (em coreano). Consultado em 15 de setembro de 2016 
  76. «BTS to get medal for spreading Korean culture: presidential office». kpopherald.koreaherald.com. Consultado em 23 de abril de 2021 
  77. «'대중문화예술상' BTS, 문화훈장 화관 최연소 수훈...유재석부터 故 김주혁까지 '영광의 얼굴들' (종합)». entertain.naver.com (em coreano). Consultado em 23 de abril de 2021 

Ligações externas

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre RM (rapper)
  • «BTS» (em coreano). Página oficial 
  • «BTS» (em jp). Página oficial