Abrir menu principal

República Socialista Soviética da Estônia

(Redirecionado de RSS da Estónia)
Eesti Nõukogude Sotsialistlik Vabariik
Flag of the Estonian Soviet Socialist Republic (1953–1990).svg COA Estonian SSR.png
Bandeira da RSS da Estônia Escudo da RSS da Estônia
Lema:
Kõigi maade proletaarlased, ühinege
Hino:
Hino da RSS da Estônia
Soviet Union - Estonian SSR.svg
Língua oficial Estoniano e Russo De facto
Capital Tallinn
Presidente do Soviete Supremo Arnold Rüütel (no momento da independência)
Fez parte
da URSS:
 - Desde
 - Até
21 de julho de 1940

6 de agosto de 1940
20 de agosto de 1991
área
 - Total
 - % água
Décima terceira na URSS
45,226 km²
4.56%
População
 - Total (1989)
 - Densidade
Décima quinta (última) na URSS
1,565,662
31,6/km²
Moeda Rublo (rubla)
Fuso horário UTC + 3

A República Socialista Soviética da EstôniaPB ou EstóniaPE (RSS da Estônia, em estoniano: Eesti Nõukogude Sotsialistlik Vabariik, foi o nome dado em 21 de julho de 1940 ao estado criado durante a Segunda Guerra Mundial no território da antiga República da Estônia depois da ocupação das repúblicas bálticas pelo exército soviético em 17 de junho de 1940). A RSS da Estônia foi formalmente anexada à União Soviética em 6 de agosto de 1940, quando tornou-se a décima sexta república constituinte da URSS. Seu território foi conquistado pela Alemanha em 1941, depois sendo reconquistado pelos soviéticos em 1944.[1]

Os Estados Unidos, o Reino Unido, a República Federal da Alemanha, e outras potências ocidentais consideraram a anexação da Estônia ilegal. Eles continuaram suas relações diplomáticas com representantes de independente República da Estônia, nunca reconhecendo a existência da RSS da Estônia, e nunca reconhecendo a Estônia como um constituinte legal da União Soviética.

A liderança da 'RSS da Estônia' renomeada como 'República da Estônia' em 8 de maio de 1990. Todos os laços legais com a União Soviética foram cortados em 20 de agosto de 1991, quando a Estônia oficialmente declarou a reconquista de sua independência, recebendo reconhecimento internacional nas semanas seguintes.

Em adição às perdas humanas e materiais durante a guerra, milhares de civis foram mortos e dezenas de milhares foram deportadas da Estônia pelas autoridades soviéticas até a morte de Joseph Stalin em 1953. O domínio soviético diminuiu significativamente o crescimento econômico da Estônia, porém em comparação com outras partes da URSS sua economia era melhor, e hoje a Estônia continua como o mais rico dos estados ex-soviéticos.

A RSS da Estónia era uma das três Repúblicas Bálticas, e a Estónia de hoje em dia é um estado independente, um dos três Países Bálticos.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Suárez Saponaro, Alejandro (21 de novembro de 2018). «Estonia 100 años de la Primera República» (em espanhol). Equilibrium Global. Consultado em 8 de dezembro de 2019