Abrir menu principal
Ratchis
Rei dos lombardos
Rachis.gif
Ratchis
Reinado 744749
Antecessor(a) Hildebrando
Sucessor(a) Astolfo
Morte 749
Pai Pemo

Ratchis (também Raditschs, Radics ou Radiks; em italiano Rachi) foi o duque do Friul de 739 a 744 e rei dos lombardos de 744 a 749.[1]

A região ou ducado do Friul, cuja capital Údine, era pertencente ao Patriarcado de Aquileia e era de domínio lombardo

Após a morte do rei Liutprando em 744, Ratchis até então duque de Friuli (739 - 744), se converteu no novo rei lombardo, após derrocar Hildebrando, o sucessor direto ao trono.[1]

Segundo Paulo, o Diácono, ele fora neto de Billo, de Belluno e filho de Pemo, duque de Friul (706-739), tivera como irmãos Ratchait e Astolfo e casara-se com uma cidadã romana de nome Tássia.[1]

Governou em paz até quando se viu cercado, por razões desconhecidas, em Perusia (atual Perúgia) e só se viu liberto quando, graças à intervenção do papa Zacarias, o cerco foi levantado. Ratchis então abdicou e, juntamente com a família (esposa e filha), fizeram votos ante o papa e seguiram a vida monacal, na Abadia do Monte Cassino. Ele foi sucedido no trono pelo irmão Aistolfo, neste mesmo ano (749).[1]

Após a morte de Astolfo em 756, tentou novamente reinar sobre os lombardos, porém foi derrotado por Desidério, e se retirou novamente, desta vez num claustro.[1]

Referências

  1. a b c d e «German Tribes» (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2012 

Ligações externasEditar


Precedido por
Pemo
Duque do Friul
739744
Sucedido por
Astolfo
Precedido por
Hildebrando
Reis dos lombardos
744749
Sucedido por
Astolfo
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rachis
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.