Abrir menu principal

Raimundo Pôncio de Toulouse e Rouerge

Raimundo Pôncio de Toulouse e Rouerge
Nascimento 900
Morte Século X
Toulouse
Sepultamento Saint-Pons-de-Thomières
Progenitores Pai:Raimundo II de Toulouse e Rouerge
Título Conde de Toulouse, duque da Aquitânia

Raimundo Pôncio de Toulouse e Rouerge ou também Ramón Ponce I[1] (? — c. 942 ou 955) foi conde de Toulouse e Rouerge e marquês de Gótia em 923 conde de Arvernia e nomeado duque da Aquitânia em 932 depois de prestar homenagem ao rei Raul I de França[2].

BiografiaEditar

Em 924, depois da morte de seu pai, herdou o título de Conde de Toulouse e de Duque de Septimânia. Corria o ano de 936 fundou a Abadia de Chanteuges. Em 937, depois da morte do rei Raul, os húngaros fizeram algumas incursões no Reino da França, chegando a envolver, embora marginalmente os domínios de Raimundo Pôncio.

Em 940, após a morte de seu tio Ermengardo, tomou posse dos condados de Nîmes e Albi. Em 944 Hugo, o Grande, conde de Paris, e Rei de França, Luís IV de França, encontraram Raimundo em Nevers e confirmaram todos os seus títulos, depois de o terem o nomeou como seu vassalo.

Raimundo morreu algures entre 942 ou 955 deixando os títulos de conde de Toulouse e Duque de Septimania ao seu filho, Raimundo III Ponce de Toulouse, enquanto o ducado da Aquitânia foi Guilherme II da Aquitânia.

Relações familiaresEditar

Foi filho de Raimundo II de Toulouse e Rouerge (870923) conde de Toulouse e de Gunilda de Barcelona (870926), filha de Vifredo I de Barcelona (830 - 21 de agosto de 897) e de Gunilda de Barcelona. Casou com Garsinda de Gasconha, filha de Garcia Sanchez da Gasconha (? - c. 930) e de Aminiona de Angoulême, de quem teve:

  1. Luitegarda de Toulouse (c. 950977) casada com Borrell II de Barcelona (c. 927 - 30 de setembro de 992), conde de Barcelona, Girona e Urgel.
  2. Raimundo III Ponce de Toulouse (? - 961) foi conde de Toulouse, de Languedoque, de Albi e de Nimes entre 942 e 961, ano da sua morte.

BibliografiaEditar

  • Lewis, Archibald R. University of Texas Press: Austin, 1965.
  • Luiz de Mello Vaz de São Payo, A Herança Genética de D. Afonso Henriques, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 2002, pág. 287.

Referências

  1. Regimundus Pontio. He has traditionally been called Raymond III, but with the discovery of at least one and perhaps two additional Raymonds, this numerical designation is used by some authors to refer to his newly-discovered son
  2. Variously referred to as duke or prince: Gothorum princeps.

Ver tambémEditar