Abrir menu principal
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo está a ser traduzido de «Ramón Emeterio Betances» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.
Ramón Emeterio Betances y Alacán
Nascimento 8 de abril de 1827
Cabo Rojo, Porto Rico
Morte 16 de setembro de 1898 (71 anos)
Neuilly-sur-Seine, França
Nacionalidade porto-riquenho
Progenitores Mãe: María del Carmen Alacán de Montalvo
Pai: Felipe Betanzos Ponce
Ocupação Político, médico e diplomata
Assinatura
Betances signature.GIF

Ramón Emeterio Betances y Alacán (8 de abril de 1827 — 16 de setembro de 1898)[1] foi um nacionalista porto-riquenho. Foi o principal instigador da revolução "Grito de Lares" e é considerado o pai do movimento de independência de Porto Rico. Desde que o Grito galvanizou um movimento nacionalista crescente entre os porto-riquenhos, Bentances é também considerado "El Padre de la Patria" (Pai da [Porto Rico] Nação). Por causa de seus atos de caridade pelas pessoas com necessidade, ele também ficou conhecido como "El Padre de los Pobres" ("O Pai dos Pobres").

Betances também foi médico e cirurgião em Porto Rico, e um de seus primeiros higienistas sociais (en). Praticou com sucesso a cirurgia e oftalmologia. Também foi abolicionista, diplomata, administrador de saúde pública, poeta e romancista. Serviu como representante e contato para Cuba e República Dominicana, em Paris, França.

Dr. Ramón Emeterio Betances

Um adepto da maçonaria,[2] seu ativismo social e político estava profundamente influenciado pelas crenças filosóficas do grupo.

Referências

  1. «Ramón Emeterio Betances». Enciclopedia de historia y cultura del Caribe. Consultado em 23 de abril de 2016 
  2. Dávila del Valle, Oscar G. «Presencia del ideario masónico en el proyecto revolucionario antillano de Ramón Emeterio Betances». Consultado em 27 de maio de 2012