Abrir menu principal
Ray-Ban Aviator (modelo RB3025)

Ray-Ban Aviator (Ray-Ban Aviador) é um modelo de óculos de sol desenvolvido pela Bausch & Lomb. O modelo Bausch & Lomb original era chamado de Óculos de sol Aviator (Óculos de sol Aviador), e hoje em dia é comercializado como Ray-Ban Aviator, embora outros fabricantes também produzam óculos de sol modelo aviador.

Índice

DesignEditar

Os óculos de sol Ray-Ban Aviator são caracterizados por lentes escuras, muitas vezes reflexivas, com uma área de duas ou três vezes à área do globo ocular, e armação de metal muito fina, com ponte dupla ou tripla (chamada "furo de bala"), e ponteiras baioneta ou hastes de cabo flexível que prendem atrás das orelhas. O modelo original apresentava lentes de vidro temperado G-15, que deixa passar 15% da luz incidente. As grandes lentes não são planas, mas sim levemente convexas. O design tenta cobrir todo a área do olho humano e evitar ao máximo que luz vinda qualquer ângulo entre nos olhos.[1]

HistóriaEditar

 
O visual icônico do General MacArthur incluía seu chapéu ornamentado, cachimbo de milho e óculos de sol Aviator[2][3]

Os óculos de sol Aviator (Aviador), ou "óculos de piloto", foram originalmente desenvolvidos em 1936 pela Bausch & Lomb para que os pilotos protegessem seus olhos enquanto voavam, por isso o nome Aviator (aviador). Este estilo de óculos de sol é creditado com um dos primeiros modelos de óculos de sol a terem se tornado popular.[4] Em seu uso militar, os óculos de sol substituíram os óculos de voo antiquados anteriormente utilizados, pois eram mais leves, mais finos e "mais elegantemente projetados". Escrevendo sobre a transição dos Aviator de equipamento militar à produto comercial, Vanessa Brown escreveu: "A Guerra foi uma... revelação da total força, da escala, do poder e do horror do mundo moderno... [o qual] necessitava de um novo tipo de comportamento militar, e deu origem às novas definições da postura heroica que viriam a ter uma influência profunda na moda moderna".[5] Eventualmente, os óculos de sol Aviator produzidos pela Bausch & Lomb foram registrados como "Ray Ban".[6]

O Aviator tornou-se um modelo bem conhecido de óculos de sol quando o General Douglas MacArthur pousou em uma praia nas Filipinas durante a Segunda Guerra Mundial[7] e os fotógrafos dos jornais tiraram diversas fotos dele usando-os, as quais se tornaram-se uma imagem símbolo da Segunda Guerra Mundial.[8] Em 1987, a Bausch & Lomb dedicou uma linha de óculos de sol ao General.[3]

PopularidadeEditar

Os primeiros anúncios do Ray-Ban Aviator afirmavam que eles forneceriam "proteção anti-reflexo realmente científica", e eram vendidos como equipamento esportivo. Nessa época, eles ainda não haviam ganho o nome de "Aviator", já que a Segunda Guerra Mundial ainda não havia começado. Além da popularidade na década de 1950, os Aviator foram populares na década de 1970, com armações coloridos, e tendo sido usados por figuras públicas como Michael Jackson e Elvis Presley.[9] Durante a década de 1950, os óculos de sol Aviator fizeram parte do estilo cultural que imitava a cultura militar.[10]

Referências

  1. E.U.A. Concessão 292984, Robert Sonthonnax, "Sun glasses", publicado em 1 de dezembro de 1987 
  2. Gary S. Messinger (2011). The Battle for the Mind: War and Peace in the Era of Mass Communication (em inglês) reimpressão ed. E.U.A.: University of Massachusetts Press. p. 132. ISBN 9781558498532. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  3. a b Klein Christopher (22 de maio de 2014). «10 Things You May Not Know About Douglas MacArthur». History (em inglês). A&E Networks. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  4. Anthony Rubino (2010). Why Didn't I Think of That?: 101 Inventions that Changed the World by Hardly Trying (em inglês). E.U.A.: Simon and Schuster. ISBN 9781440506987. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  5. Vanessa Brown (2014). Cool Shades: The History and Meaning of Sunglasses (em inglês). Inglaterra: Bloomsbury Publishing Plc. p. 36. ISBN 9780857854643. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  6. Kerry Segrave (2014). Vision Aids in America: A Social History of Eyewear and Sight Correction Since 1900. Col: Twenty-First Century Works (em inglês) ilustrada ed. E.U.A.: McFarland & Company. p. 160. ISBN 9780786485222. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  7. Arthur Asa Berger (2013). Media and Communication Research Methods – An introduction to qualitative and quantitative approaches (em inglês) ilustrada, revisada ed. E.U.A.: SAGE. p. 74. ISBN 9781452256573. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  8. Paul S. Boyer, Christopher Nichols, David Milne (2013). The Oxford Encyclopedia of American Military and Diplomatic History. Col: Oxford Encyclopedias of American History (em inglês). E.U.A.: OUP USA. p. 658. ISBN 9780199759255. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  9. Pagan Kennedy (3 de agosto de 2012). «Who Made Those Aviator Sunglasses?». The New York Times (em inglês). The New York Times Company. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  10. David Frum (2008). How We Got Here: The 70's: The Decade that Brought You Modern Life (For Better or Worse) (em inglês) revisada ed. E.U.A.: Basic Books. p. 82. ISBN 9780786723508. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ray-Ban Aviator
  Este artigo sobre vestuário ou moda é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.