Raymond Smullyan

Raymond Merrill Smullyan (Far Rockaway, 25 de maio de 19196 de fevereiro de 2017[2]) foi um matemático estadunidense, pianista, lógico, filósofo taoísta e mágico.

Raymond Smullyan
Nascimento 25 de maio de 1919
Far Rockaway
Morte 6 de fevereiro de 2017 (97 anos)
Nova Iorque
Cidadania Estados Unidos
Alma mater
Ocupação matemático, pianista, filósofo, professor universitário, cientista de computação, mágico, problemista
Empregador Universidade de Princeton, Universidade da Cidade de Nova Iorque, Universidade de Nova Iorque, Universidade Harvard, Universidade de Indiana, Universidade Yeshiva
Orientador(es) Alonzo Church[1]
Obras destacadas What is the name of this book?
Página oficial
http://www.indiana.edu/~phil/people/smullyan.shtml

VidaEditar

Nascido em Far Rockaway, Nova Iorque, ele mostrou talento musical, ganhando a medalha de ouro em uma competição de piano, quando ele tinha 12 anos.[3] Aos 13 anos se mudou com sua família para Manhattan, para seus cursos especiais de musica e outras áreas de interesses de Ray. Embora ele tivesse excelente formação musical, o instituto Theodore Roosevelt, não lhe oferecia suficiente matéria em outra área de que ele gostava, as matemáticas. Enquanto era um estudante de doutorado, Smullyan publicou um artigo no Journal of Symbolic Logic em 1957.

Referências

  1. Raymond Smullyan (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. Hannah Osborne (10 de fevereiro de 2017). «Mathematician and puzzle-maker Raymond Smullyan dead at 97» (em inglês). International Business Times UK. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  3. J J O'Connor e E F Robertson (Abril de 2002). «Smullyan biography». School of Mathematical and Computational Sciences, University of St Andrews. Consultado em 5 de outubro de 2010 

BibliografiaEditar

Charadas LógicasEditar

Filosofia/MemóriasEditar

AcadêmicosEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.