Razão de subida

Em aeronáutica, o termo razão de subida (em inglês: Rate of climb) é a velocidade vertical de uma aeronave - a razão de uma mudança positiva de altitude em relação ao tempo ou a distância.[1] Na maior parte dos estados membro da OACI, mesmo em países que utilizam o sistema métrico, normalmente a razão de subida é medida em pés por minuto (ft/min). Em todos os outros lugares, é expresso em metros por segundo (m/s). A razão de subida em uma aeronave é indicada em um variômetro.

Um F-15 Eagle subindo e soltando flares
Um Boeing 737 da Enter Air, subindo com um ângulo de ataque normal para aeronaves civis, para obter a razão de subida ótima

A razão de decréscimo de altitude é chamada de razão de descida (em inglês: Rate of descent ou sink rate). O decréscimo de altitude corresponde a uma razão de subida negativa.

Velocidade e razão de subidaEditar

Existe uma vasta quantidade de velocidades predefinidas, com relação à razão de ascensão, sendo as duas mais importantes a VX e a VY.

VX é a velocidade indicada para frente para o melhor ângulo de subida. Esta é a velocidade na qual uma aeronave ganha mais altitude em uma distância horizontal dada, tipicamente usada para evitar colisão com algum objeto a uma curta distância. Por contraste, a VY é a velocidade indicada para a melhor razão de subida,[2] uma razão que permite a aeronave subir a uma altitude especificada em uma quantidade mínima de tempo, independente da distância horizontal requerida. VX é sempre menor que a VY.

Ao subir com a VX, o piloto maximiza o ganho de altitude por distância horizontal. Isto ocorre na velocidade para qual a diferença entre a potência ou empuxo e o arrasto é a maior possível. Em um avião a jato, isto é aproximadamente a velocidade de mínimo arrasto, ocorrendo na parte inferior da curva arrasto versus velocidade.

Utilizando a VY, o piloto maximiza o ganho de altitude por tempo. Isto ocorre na velocidade onde a diferença entre a potência do motor e a potência requerida para vencer o arrasto é a maior.[3]

A Vx aumenta com a altitude e a VYdiminui com a altitude, até que elas convergem no teto operacional da aeronave, a altitude na qual a aeronave não pode mais subir utilizando apenas sua própria sustentação.

Uma aeronave pequena de quatro assentos, como o Cessna 172 tem uma VY de 75 nós de velocidade indicada[4], fornecendo uma razão de subida de 721 ft/min.

Potência máxima e a razão de subida são tipicamente especificadas como velocidades para operação normal de aeronaves pequenas, como o Cessna 150, mas apenas em caso de emergência para grandes aviões comerciais.

Veja tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. Pope, Stephen (4 de Outubro de 2011). «Vx vs. Vy». Consultado em 29 de Setembro de 2017 
  2. «FAR 1.2». Consultado em 29 de Setembro de 2017 
  3. «AE 429 - Aircraft Performance and Flight Mechanics» (PDF). Consultado em 29 de Setembro de 2017 
  4. «Cessna 172 at a Glance». 6 de Janeiro de 2011. Consultado em 29 de Setembro de 2017 
  Este artigo sobre aviação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.