Abrir menu principal
Realdo Colombo
Retrato de Matteo Realdo Colombo, autor anônimo
Nascimento c. 1516
Cremona
Morte 1559 (43 anos)
Roma
Alma mater Universidade de Pádua
Ocupação acadêmico, professor universitário, cirurgião, anatomista
Empregador Universidade de Pádua, Universidade de Roma "La Sapienza"

Matteo Realdo Colombo, também Renaldus Columbus (c. 15161559), foi um professor de anatomia e cirurgião da Universidade de Pádua, na Itália (1544-1559), aluno e sucessor de Vesálio.

De re anatomica

Sua obra foi publicada sob o nome de De re anatomica, onde apresentava uma descrição completa da circulação pulmonar, e corrigia algumas omissões e erros de seu mestre.

As contribuições para a anatomia e medicina incluem:

O livro é também conhecido por sua descrição do clitóris, chamado por Colombo de "Prazer de Vênus", descoberto no corpo de sua mecenas, D. Inês de Torremolinos, e cujo descobrimento foi reivindicado por Gabriele Falloppio, em obra publicada dois anos após o seu. Caspar Bartholin, o Jovem, no século XVII, descartou ambas atribuições, alegando que o clitóris era conhecido pelos anatomistas desde o século II a.C[1].

William Harvey, que estudou em Pádua uns 50 anos depois, baseou-se nos trabalhos de Colombo para sua própria teoria sobre a circulação sanguínea.

O escritor Federico Andahazi novelou a vida de Colombo e seus cruciais descobrimentos na obra O Anatomista (1996).

Referências

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.