Abrir menu principal
Rebelião Nien
Data 1851–1868
Local Norte da China
Desfecho Vitória dos Qing
Enfraquecimento da Dinastia Qing
Combatentes
Flag of China (1889–1912).svg Império Qing Milícias de Nien
Reino Celestial Taiping
Lótus Branco
Líderes e comandantes
Flag of China (1889–1912).svg Zeng Guofan
Flag of China (1889–1912).svg Li Hongzhang
Flag of China (1889–1912).svg Zuo Zongtang
Zhang Lexing
Lai Wenguang
Zhang Zongyu
Ren Zhu
Miao Peilin
Fan Ruzeng
Niu Hongsheng
Forças
~ 500 000 soldados ~ 200 000 combatentes
100 000 tropas e civis mortos

A Rebelião dos Nien (chinês: 捻军 起义, pinyin: niǎn jūn qǐ yì; Wade-Giles: nien-chün ch'i-yi; historiadores ocidentais têm utilizado tradicionalmente a transcrição Wade-Giles "Nien", ao invés de Hanyu Pinyin "Nian") foi uma rebelião épica que aconteceu no norte da China entre 1851-1868, simultaneamente com a Rebelião Taiping (1851-1864) no sul da China. A rebelião não conseguiu derrubar a dinastia Qing, mas causou enorme devastação econômica e perdas de vidas que se tornaram um dos principais fatores a longo prazo do colapso do regime Qing em 1912.

Referências

  • Ownby, David. "Approximations of Chinese Bandits: Perverse Rebels or Frustrated Bachelors?" Chinese Masculinities/Femininities. Ed. Jeffrey Wasserstrom and Susan Brownell. Berkeley, CA: U of California P.
  • Perry, Elizabeth. Rebels and Revolutionaries in Northern China, 1845-1945 (Stanford, CA: Stanford UP, 1980).
  • Têng, Ssu-yü. The Nien Army and Their Guerrilla Warfare, 1851-1868. Paris: Mouton, 1961.
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.