Abrir menu principal

Wikipédia β

Recopa dos Campeões Intercontinentais de 1969

Recopa dos Campeões Intercontinentais 1969
Supercopa dos Campeões Intercontinentais
Dados
Participantes 7
Período 13 de novembro de 196930 de dezembro de 1969
Gol(o)s 27
Partidas 11
Média 2,45 gol(o)s por partida
Campeão Uruguai Peñarol
Vice-campeão Argentina Racing
Melhor marcador 6 gols
Uruguai Pedro Rocha (Peñarol)
◄◄ 1968 Soccerball.svg

A Recopa dos Campeões Intercontinentais de 1969 foi a segunda e última edição do torneio. Participaram todos os clubes que haviam conquistado a Copa Intercontinental, até então.

Mesmo antes de sair a decisão sobre a disputa ou não da segunda partida do torneio de 1968, já era jogada a Recopa de 1969 na América do Sul. Os campeões intercontinentais de 1968 e 1969 (respectivamente Estudiantes de La Plata e AC Milan) se somaram aos que haviam participado no torneio anterior.

Estava programada uma partida entre Santos e Estudiantes de La Plata para 8 de janeiro de 1970, mas não houve o jogo já que os dois times não tinham mais chances de classificação.

Desta vez nenhum clube europeu participou do certame por causa das eliminatórias européias para a Copa do Mundo de Futebol. Sendo assim, o Peñarol foi declaro campeão da Recopa na zona Sul-Americana e não houve uma final intercontinental.

Índice

ParticipantesEditar

TabelaEditar

Primeira faseEditar

Zona Sul-AmericanaEditar

Turno
13 de novembro de 1969 Racing   0 – 0   Peñarol Juan Domingo Perón, Avellaneda (Argentina)

Público: 10.000
Árbitro:   Jorge Cruzat

20 de novembro de 1969 Estudiantes   0 – 1   Racing Jorge Luis Hirschi, La Plata (Argentina)

Cárdenas   50' (P) Árbitro:   Luis Pestarino

26 de novembro de 1969 Peñarol   3 – 1   Estudiantes Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Pedro Rocha   34'   43'
Losada   77'
Verón   89' Público: 21.000
Árbitro:   César Orozco

29 de novembro de 1969 Racing   2 – 1   Santos Juan Domingo Perón, Avellaneda (Argentina)

Da Silva   1'   56' Edu   54' Árbitro:   Pablo Vaga

2 de dezembro de 1969 Peñarol   2 – 1   Santos Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Spencer   35'
Onega   73'
Pelé   18' Público: 63.230
Árbitro:   Rafael Hormazábal

4 de dezembro de 1969 Estudiantes   3 – 1   Santos Jorge Luis Hirschi, La Plata (Argentina)

Verón   11'   89' (P)
Conigliaro   27'
Manoel Maria   25' Árbitro:   Roberto Barreiro
Returno
9 de dezembro de 1969 Santos   0 – 2   Racing Vila Belmiro, Santos (SP)

Adorno   56'
Cárdenas   85'
Árbitro:   Arthur Coelho Filho

11 de dezembro de 1969 Santos   2 – 0   Peñarol Palestra Itália, São Paulo (SP)

Pelé   65'
Manoel Maria   89'
Público: 4.000
Árbitro:   Ángel Pazos

20 de dezembro de 1969 Racing   0 – 0   Estudiantes Juan Domingo Perón, Avellaneda (Argentina)

Árbitro:   Luis Pestarino

23 de dezembro de 1969 Peñarol   4 – 1 Racing   Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Spencer   14'   44'
Pedro Rocha   55' (P)   72'
Perfumo   89' Público: 22.000
Árbitro:   Jaime Amor

30 de dezembro de 1969 Estudiantes   1 – 2   Peñarol Jorge Luis Hirschi, La Plata (Argentina)

Verde   39' Pedro Rocha   68'   74' Árbitro:   Alberto Tejada Noriega

8 de janeiro de 1970 Santos     Estudiantes

Classificação
Time Pts J V E D GP GC SG
  Peñarol 9 6 4 1 1 11 6 5
  Racing 8 6 3 2 1 6 5 1
  Estudiantes 3 5 1 1 3 5 7 - 2
  Santos 2 5 1 0 4 5 9 - 4
Recopa dos Campeões Intercontinentais 1969
 
Peñarol
Campeão
(1º título)
  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.