Red Ensign

pavilhão civil do Reino Unido

"Red Ensign" ou "Red Duster", são designações populares (em inglês) do "pavilhão" (vexilologia) civil do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte desde 1801 (oficialmente) até os dias de hoje.[1]

O Red Ensign oficial.

Ela é uma das bandeiras britânicas e é usada em sua forma mais pura ou adornada (com um distintivo ou outro emblema), geralmente na metade direita.

É o pavilhão ostentado nos navios mercantes ou de passageiros britânicos desde 1707, apesar de algumas contestações recentes.[2][3]

HistóricoEditar

Inglaterra (pré-1707)Editar

Escócia (pré-1707)Editar

Grã-Bretanha (1707–1800)Editar

Com a união legislativa da Inglaterra e da Escócia, em 1707, a pequena marinha escocesa real chegou ao fim como uma força separada, e as cores da "União" (batizada de "Union Jack"), inventadas quando da união das duas coroas cem anos antes, foram inseridas em todas as bandeiras navais e mercantis. Uma ordem no Conselho de 21 de julho de 1707, estabeleceu como bandeiras navais do estandarte real, a bandeira da União e "a bandeira indicada por sua Majestade desde a referida União dos dois Reinos", que a partir dos rascunhos coloridos anexados à ordem ficou conhecida como "Red Ensign". As bandeiras branca e azul não são mencionadas nesta ordem; evidentemente, a bandeira vermelha era considerada sozinha como a bandeira legal da Grã-Bretanha e os outros como meras variações para fins táticos.[4]

 
Versão padrão oficial na proporção 1:2.

A bandeira foi hasteada por navios das Treze Colônias na América do Norte antes da Revolução Americana. A modificação da bandeira foi usada para expressar o descontentamento dos colonos antes e durante o início da revolução.[5] Isso pode ser visto tanto na bandeira de Taunton quanto na bandeira George Rex.[6] Também formou a base da Grande Bandeira da União de 1775 a 1776, que serviu como a primeira bandeira nacional americana, embora diferisse ligeiramente da Bandeira Vermelha principal, pois possuía uma "Union Jack" quadrada no cantão.

 
Versão usada na América Britânica, incluindo as Treze Colônias, com o símbolo da "União", quadrado.

Red DusterEditar

A expressão Red Duster, ganhou força durante a Segunda Guerra Mundial, quando o "Espanador Vermelho" mantinha as mercadorias circulando.[7]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. David Prothero (7 de junho de 2006). «United Kingdom: red ensign» (em inglês). CRW Flags Inc. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  2. «Could Scottish Ensign replace Union Jack on ships?» (em inglês). The Scotsman. 19 de maio de 2015. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  3. «Michael Russell: Petition aims to see boats flying the flag for Scotland» (em inglês). The National (Scotland). 18 de maio de 2015. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  4. Perrin, W.G. (1922). British Flags (em inglês). [S.l.]: Cambridge UP. 207 páginas. ASIN B0017D3OU2 
  5. Testi, Arnaldo (2010). Capture the Flag: The Stars and Stripes in American History (em inglês). New York, N.Y: New York University Press. p. 16. 176 páginas. ISBN 978-08-147-8322-1 
  6. Duncan, Jason K. (1 de outubro de 2005). Citizens or Papists?: The Politics of Anti-Catholicism in New York, 1685–1821 (em inglês). [S.l.]: Fordham University Press. 272 páginas. ISBN 978-08-232-2512-5 
  7. Jim Millar (4 de setembro de 2018). «WW2 hero raises Red Duster flag in honour of merchant sailors following row» (em inglês). The Courier. Consultado em 17 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Red Ensign
  Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.