Redneck

Termo depreciativo aplicado a pessoas brancas da zona rural do sul dos Estados Unidos

Redneck é o termo utilizado nos Estados Unidos da América e Canadá para nomear o estereótipo de um homem branco que mora no interior daquele país, que tem uma baixa renda e é de origem rural e conservadora.[1][2] Sua origem deve-se ao fato de que pelo trabalho constante dos trabalhadores rurais em exposição ao sol acabam ficando com seus pescoços avermelhados (do inglês red neck, "pescoço vermelho"). É usualmente utilizado nos dias atuais para rotular de maneira política os brancos sulistas conservadores republicanos: "O redneck foi estereotipado na mídia e na cultura popular como um homem branco do sul, racista, machista e sem instrução.

Brancos pobres do Alabama, na década de 1930.

Ao mesmo tempo, alguns sulistas brancos são adeptos à palavra, se autoidentificando por meio dela e usando-a com orgulho. Costuma ser traduzido para o português no Brasil pelo termo "Peão" e em Portugal por "saloio".[carece de fontes?]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Harold Wentworth, and Stuart Berg Flexner, Dictionary of American Slang (1975) p. 424.
  2. «Redneck - Definition and More». Merriam Webster. Consultado em 16 de junho de 2018 

BibliografiaEditar

  • Weston, Ruth D. "The Redneck Hero in the Postmodern World". South Carolina Review, Primavera de 1993
  • Wilson, Charles R. and William Ferris, eds. Encyclopedia of Southern Culture, 1989
  Este artigo sobre Cultura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.