Abrir menu principal

Redstockings, também conhecido como Redstockings of the Women's Liberation Movement (Redstockings do Movimento de Libertação das Mulheres), é um grupo feminista radical norte-americano que foi fundado em janeiro/fevereiro[1] de 1969 por Shulamith Firestone, Kathie Sarachild e Ellen Willis na cidade de Nova Iorque.[2]

Leituras adicionaisEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Alice Echols (1989). Daring to be Bad: Radical Feminism in America, 1967-1975. University of Minnesota Press. pp. 139–142. ISBN 978-0-8166-1787-6.
  2. Kathryn Cullen-DuPont (2014). Encyclopedia of Women's History in America. Infobase Publishing. p. 213. ISBN 978-1-4381-1033-2.