Abrir menu principal

Reduto de São Joaquim de Fernando de Noronha

Reduto de São Joaquim de Fernando de Noronha
Placa indicativa do Forte de S. Joaquim do Sueste
Brazilian States.PNG
Construção João V de Portugal (1739)
Estilo Abaluartado
Conservação Mau
Aberto ao público Sim

O Reduto de São Joaquim, também referido como Fortim de São Joaquim ou Reduto do Sueste, localiza-se na ilha de Fernando de Noronha, no arquipélago de mesmo nome, no estado de Pernambuco, no Brasil.

Em posição dominante na baía do Sueste, integrava a defesa do setor sueste da ilha.

HistóriaEditar

Este reduto, erguido a partir de 1739, apresentava planta no formato de um polígono quadrangular regular, com três baterias, acessado por um pequeno revelim (GARRIDO, 1940:58). Foi guarnecido por um Sargento e treze praças, e artilhado com oito peças de ferro (BARRETTO, 1958:129).

Encontra-se indicado no mapa inglês da ilha de Fernando de Noronha (Londres, 1793. apud SECCHIN, 1991:10-11), com o simples nome de Forte, não sobre a ponta Sul como comumente indicado, mas sim sobre a praia, próximo à foz de um riacho, indicado como bom para aguada.

À época do Segundo Reinado (1840-1889), foi reparado em 1846 (BARRETTO, 1958:123).

GARRIDO (1940), dá-o como abandonado, restando apenas vestígios à época (1940) (op. cit., p. 58).

BibliografiaEditar

  • BARRETO, Aníbal (Cel.). Fortificações no Brasil (Resumo Histórico). Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército Editora, 1958. 368 p.
  • GARRIDO, Carlos Miguez. Fortificações do Brasil. Separata do Vol. III dos Subsídios para a História Marítima do Brasil. Rio de Janeiro: Imprensa Naval, 1940.
  • IRIA, Alberto. IV Colóquio Internacional de Estudos Luso-Brasileiros - Inventário geral da Cartografia Brasileira existente no Arquivo Histórico Ultramarino (Elementos para a publicação da Brasilae Monumenta Cartographica). Separata da Studia. Lisboa: nº 17, abr/1966. 116 p.
  • SECCHIN, Carlos. Arquipélago de Fernando de Noronha (2ª ed.). Rio de Janeiro: Cor/Ação Editora, 1991. 160 p. il. mapa.
  • SOUSA, Augusto Fausto de. Fortificações no Brazil. RIHGB. Rio de Janeiro: Tomo XLVIII, Parte II, 1885. p. 5-140.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar