Referendo no Quirguistão em 1994

             Flag of Kyrgyzstan.svg             
Referendo no Quirguistão em 1994
Legitimização do mandato de Askar Akayev
30 de janeiro de 1994
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  2,267,163
Votantes : 2,177,024
  
96.02%  
Votos nulos: 15,295
Yes check.svg
A favor
Votos: 2,095,644  
  
97.0%
X Red.svg
Contra
Votos: 64,256  
  
3.0%

Um referendo para legitimizar a eleição do presidente Askar Akayev em 1991, foi realizado no Quirguistão em 30 de janeiro de 1994. Os eleitores foram questionados com a seguinte pergunta:

"Você confirma que o presidente do Quirguistão que foi democraticamente eleito em 12 de outubro de 1991 por 5 anos é o presidente da República quirguiz com o direito de agir como chefe de Estado durante seu mandato?"

O resultado foi de 97,0% a favor, com participação relatada em 96,0%.[1]

FundoEditar

Antes do referendo, Askar Akayev tentou implementar reformas econômicas criticadas pelo parlamento.[2] Para fortalecer sua posição, o Presidente decidiu realizar uma votação. Não houve pesquisas de opinião autoritárias. Em 23 de janeiro, Akayev dirigiu-se à população do país, em um discurso que anunciou sua intenção de continuar as reformas econômicas.

ResultadosEditar

97,0% foram a favor de Askar Akayev. Como resultado do referendo, os poderes de Akayev foram aprovados.

Alternativa Votos %
A favor 2,095,644 97.0
Contra 64,256 3.0
Total 2,177,024 100
Inválidos/nulos 15,295 0.70
Registrados/participação 2,267,163 96.02

Referências

  1. «Референдум в Киргизии». www.kommersant.ru (em russo). 1 de fevereiro de 1994. Consultado em 3 de maio de 2022 
  2. «Референдум в Киргизии». www.kommersant.ru (em russo). 29 de janeiro de 1994. Consultado em 3 de maio de 2022