Região Econômica Central da Terra Negra

A Região Econômica Central da Terra Negra (russo: Центра́льно-Чернозёмный экономи́ческий райо́н; tr.: Tsentralno-Chernozyomny ekonomicheski raion), também chamada de Região Econômica do Centro-Chernozem é uma das doze Regiões Econômicas da Rússia.

O setor econômico mais importante na Região é a agricultura, que tem lugar na fertilíssima área de Terra Negra (Chernozem), razão pela qual a Região é conhecida por este nome. A indústria alimentícia é importante na Região. É também a área mais importante em relação a metalurgia do aço em toda a Federação Russa. Em Kursk se extrai minério de ferro e em Lipetsk e Stari Oskol há alguns dos principais complexos metalúrgicos da Rússia. Existen duas centrais nucleares, em Novovoronezh e em Kursk.

A Região tem uma superficie de 167.700km², com 7.872.000 habitantes (densidade de 47 hab/km²), dos quais 62% é populações urbana.

A Região Econômica Central da Terra Negra na Rússia

ComposiçãoEditar

  1. Oblast de Belgorod
  2. Oblast de Kursk
  3. Oblast de Lipetsk
  4. Oblast de Tambov
  5. Oblast de Voronej

Indicadores socioeconômicosEditar

Esta Região é predominantemente rural. As dificuldades crônicas da agricultura soviética (agora russa) se fazem palpáveis aqui. Os níveis de investimento e o PIB per capta da Região estão bastante abaixo da média russa. Há relativamente poucos estudantes na educação superior.

O emprego estatal é alto, enquanto que o emprego no novo setor privado só alcança a metade dos números gerais da Rússia. A Região está experimentando um rápido declive de população.


ReferênciasEditar

  Este artigo sobre Geografia da Rússia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.