Abrir menu principal

Região Geográfica Intermediária de Altamira

Região Geográfica Intermediária de Altamira
Divisão regional do Brasil
Localização
Características geográficas
Unidade federativa Pará Pará
Regiões geográficas
imediatas
Almeirim-Porto de Moz
Altamira
Regiões limítrofes Breves
Macapá
Marabá
Redenção
Santarém
Sinop
Área 304 742,502 km² 2017
População 333 702 hab. est. 2018
Densidade 1,1 hab./km²
Cidade mais
populosa
Altamira

A Região Geográfica Intermediária de Altamira é uma das sete regiões intermediárias do estado brasileiro do Pará e uma das 134 regiões intermediárias do Brasil, criadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2017.[1] É composta por 9 municípios, distribuídos em duas regiões geográficas imediatas.

Sua população total estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 1º de julho de 2018 é de 333 702 habitantes, distribuídos em uma área total de 304 742,502 km².[2]

Altamira é o município mais populoso da região intermediária, com 113 195 habitantes, de acordo com estimativas de 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).[3]

Índice

Regiões geográficas imediatasEditar

Região geográfica imediata Municípios População
Estimativa 2018
Área (km²)
Região Geográfica Imediata de
Altamira
Altamira
Anapu
Brasil Novo
Medicilândia
Senador José Porfírio
Uruará
Vitória do Xingu
259 102 214 364,687
Região Geográfica Imediata de
Almeirim-Porto de Moz
Almeirim
Porto de Moz
74 600 90 377,815
Total
9
333 702
304 742,502

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Divisão Regional do Brasil». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. Consultado em 9 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  2. «Áreas dos municípios brasileiros em 1º de julho de 2017». Área dos Municípios 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2017. Consultado em 9 de fevereiro de 2019 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios brasileiros em 1º de julho de 2018 - Altamira». Estimativa populacional 2018. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2018. Consultado em 9 de fevereiro de 2019 

Ligações externasEditar