Abrir menu principal

A Região Metropolitana de Londrina (RMLO) foi instituída pela da Lei Complementar Estadual 81, de 17 de junho de 1998, sendo formada pelos municípios de Londrina, Pitangueiras, Ibiporã, Cambé, Bela Vista do Paraíso, Primeiro de Maio, Rolândia, Sabáudia, Sertanópolis, Tamarana, Porecatu, Assaí, Jataizinho, Alvorada do Sul, Jaguapitã, Florestópolis e Arapongas.

Região Metropolitana de Londrina
Localização
Localização da Região Metropolitana de Londrina
Unidade federativa  Paraná
Lei LCE 81/1998
Data da criação 17 de junho de 1998
Número de municípios 25[1]
Cidade-sede Londrina
Características geográficas
Área 7 442,544 km²[2]
População 1 101 595 hab. Estimativa IBGE/2018[3]
Densidade 148,01 hab./km²
IDH 0,813 – muito alto PNUD 2000[4]
PIB R$ 12 398 185,22 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 18 419,50 IPARDES

Em novembro de 2013, foi sancionado a lei complementar que amplia a RMLO, passando a integrar também os municípios de Centenário do Sul, Guaraci, Lupionópolis, Prado Ferreira, Miraselva, Rancho Alegre, Sertaneja e Uraí.

A Região Metropolitana de Londrina é subordinada ao SEDUR - Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Paraná.

MunicípiosEditar

Município Legislação Área (km²)
[2]
População
(2018)[3]
IDH
(2000)[6]
PIB (Produto Interno Bruto)
(2008)[5]
Distância à
Londrina (km)
Alvorada do Sul LCE 129/2010 424,249 11.306 0,757 R$109,7 milhões 65,9
Arapongas LCE 129/2010 382,215 121.198 0,774 R$1,6 bilhão 24
Assaí LCE 129/2010 440,347 15.289 0,748 R$231,1 milhões 42,5
Bela Vista do Paraíso LCE 81/1998 242,689 15.395 0,771 R$198,8 milhões 39,6
Cambé LCE 81/1998 494,870 105.704 0,793 R$1,5 bilhão 12
Centenário do Sul LCE -/2013 371,835 10.891 0,738 R$71,2 milhões 69,50
Florestópolis[7] LCE -/2011 246,331 10.646 0,726 R$ 69,6 milhões 86
Guaraci LCE -/2013 211,733 5.473 0,739 R$35,7 milhões 61,76
Ibiporã LCE 81/1998 297,742 53.970 0,801 R$843,2 milhões 14,5
Jaguapitã[8] LCE -/2011 475,004 13.494 0,761 R$ 157,5 milhões 63
Jataizinho LCE 81/1998 159,178 12.536 0,733 R$78,1 milhões 29,17
Londrina LCE 81/1998 1.650,809 563.943 0,824 R$8 bilhões -
Lupionópolis LCE -/2013 121,067 4.894 0,723 R$48,2 milhões 79,15
Miraselva LCE -/2013 90,294 1.816 0,787 R$14,3 milhões 49,61
Pitangueiras LCE -/2012 123,229 3.185 0,754 R$ 38,1 milhões 70
Porecatu[7] LCE -/2012 291,665 13.084 0,785 R$ 94,8 milhões 98
Primeiro de Maio LCE 129/2010 414,442 11.114 0,747 R$116,3 milhões 69,2
Prado Ferreira LCE -/2013 153,398 3.726 0,756 R$37,7 milhões 40,95
Rancho Alegre LCE -/2013 167,646 3.832 0,738 R$41,3 milhões 37,03
Rolândia LCE 81/1998 459,024 65.757 0,784 R$928,3 milhões 21,8
Sabáudia LCE 81/1998 190,329 6.760 0,754 R$78,7 milhões 56,7
Sertaneja LCE -/2013 444,488 5.355 0,786 R$131,2 milhões 45,63
Sertanópolis LCE 81/1998 505,532 16.323 0,781 R$230,4 milhões 47,1
Tamarana LCE 81/1998 472,155 14.548 0,683 R$117,2 milhões 67,4
Uraí LCE -/2013 237,806 11.356 0,751 R$119,8 milhões 40,09
TOTAL 9 068 077 1 101 595 R$14,9 bilhões

Fonte: Estimativa populacional IBGE 2014. Visitado em 02 de dezembro de 2014.

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar



  Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.