Abrir menu principal

Reginópolis

município brasileiro do estado de São Paulo

Reginópolis é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a 21º53'17" de latitude sul e 49º13'31" de longitude oeste, a uma altitude de 391 metros. Sua população estimada em 2017 era de 9.042 habitantes.

Município de Reginópolis
Bandeira de Reginópolis
Brasão de Reginópolis
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 3 de abril
Fundação 1949 (70 anos)
Gentílico reginopolense
Prefeito(a) Carolina Araújo de Sousa Veríssimo (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Reginópolis
Localização de Reginópolis em São Paulo
Reginópolis está localizado em: Brasil
Reginópolis
Localização de Reginópolis no Brasil
21° 53' 16" S 49° 13' 30" O21° 53' 16" S 49° 13' 30" O
Unidade federativa São Paulo
Mesorregião Bauru IBGE/2008[1]
Microrregião Bauru IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Iacanga, Balbinos, Uru, Pirajuí e Bauru
Distância até a capital 325 km
Características geográficas
Área 409,914 km² [2]
População 9,042 hab. Censo IBGE/2017[3]
Densidade 0,02 hab./km²
Altitude 391 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,763 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 56 840,042 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 7 232,48 IBGE/2008[5]

Índice

HistóriaEditar

O Município de Reginópolis nasceu de um pequeno núcleo fundado à margem direita do rio Batalha e tem como fundador Padre Geremias José Nogueira, oriundo das proximidades de Descalva-SP. Tudo indica que Padre Geremias foi o primeiro homem a instalar-se em caráter definitivo na agreste região do rio Batalha. Reginopolis é um lugar melhor . Padre Geremias auxiliado pelo seu sobrinho José de Pinho Nogueira e numerosa leva de índios catequizados embrenhou-se pelos sertões afora e nos lugares por onde passava surgiam desbravamentos e culturas, fixando pouso no rio Batalha para a formação do Patrimônio Rainha dos Anjos do Batalha.

Pela Lei Estadual nº 1890, de 13 de dezembro de 1922 foi criada a Vila do Batalha e de acordo com a Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948 foi criado o Município de Reginópolis, com terras desmembradas do Município de Pirajuí e concedido à Sede Municipal, foros da cidade.

A instalação do novo município ocorreu a 03 de abril. A  cidade de Reginópolis teve como primeiro prefeito o Senhor Hilário Spuri Jorge, eleito a 03 de abril de 1949.

Pela Lei Municipal nº 506, de 03 de julho de 1967 foram estabelecidos como feriados municipais o dia 03 de abril, dia da Emancipação Político Administrativa do Município e o dia 15 de agosto, dia da Padroeira Nossa Senhora Rainha dos Anjos.

GeografiaEditar

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2009

População total: 8.172

  • Urbana: 3.784
  • Rural: 958
  • Homens: 2.400
  • Mulheres: 2.459

Densidade demográfica (hab./km²): 11,57

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 19,57

Expectativa de vida (anos): 69,36

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,64

Taxa de alfabetização: 88,97%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,763

  • IDH-M Renda: 0,704
  • IDH-M Longevidade: 0,739
  • IDH-M Educação: 0,845

(Fonte: IPEADATA)

ComunicaçõesEditar

A cidade foi atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP) até 1973, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[6], que construiu em 1977 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[7][8][9].

AdministraçãoEditar

  • Prefeito: Carolina Araújo de Sousa Veríssimo (2017/2020)
  • Vice-prefeito: João Paulo Araújo de Sousa Veríssimo
  • Presidente da câmara:Irineu Aparecido De Oliveira Amarins (Presidente da Câmara) Vereadores: Aparecido Lira, Fernando Inácio, Gislaine Luna, Dito Da Zefa , Roberto Kassim Júnior , Maria de Lurdes Camargo Ribeiro, Ronaldo da Silva Correa, Cássio Ferro (2017/2020)

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2017». Censo Populacional 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2017. Consultado em 31 janeiro de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  7. «Convênio de incorporação da COTESP pela TELESP em 25 de outubro de 1973». Portal da Câmara dos Deputados 
  8. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  9. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar