Abrir menu principal
Proposta do Reichskommissariat Turkestan com possíveis inclusões em azul (Mari El e Udmúrtia).

Reichskommissariat Turkestan (também escrito como Turkistan, abreviado como RKT), foi um Reichskommissariat projetado pela Alemanha nazista para a ocupação nas repúblicas soviéticas da Ásia Central em seu conflito militar com a URSS durante a Segunda Guerra Mundial.[1] O historiador soviético Lev Bezymenski afirmou que os nomes Panturkestan, Großturkestan ("Grande Turquestão") e Mohammed-Reich ("Império Muçama") também foram considerados para o território.[2]

A proposta de um Reichskomissariat nesta região foi feita pelo ideólogo nazista Alfred Rosenberg, porém foi rejeitada por Adolf Hitler, que disse a Rosenberg que os planos nazistas deveriam ser restritos à Europa por enquanto. [3]

Referências

  1. Dallin, Alexander (1958). German rule in Russia 1941–1945: A Study of Occupation Policies, p. 65 (see note 1). Westview press.
  2. Bezymenskiĭ, Lev (1968). Sonderakte "Barbarossa". [S.l.]: Deutsche Verlag-Anstalt. p. 225 
  3. Alexander Dallin. German rule in Russia, 1941-1945: a study of occupation policies. Westview Press, 1981. P. 53.
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.