Relógio de São Pedro

monumento em Salvador, Bahia, Brasil
Relógio de São Pedro
Apresentação
Tipo
Fundação
Criadores
Pasquale de Chirico
Henry Lepaute (d)
Material
Altura
6,5 m
Localização
Localização
Largo de São Pedro (d)
Salvador
 Brasil
Coordenadas
Mapa

O Relógio de São Pedro é um monumento ao ar livre localizado em Salvador, capital do estado brasileiro da Bahia. Ele está localizado no Largo de São Pedro, ao lado do monumento ao Barão do Rio Branco, e onde se localizava a Igreja de São Pedro demolida em 1913 para a construção da Avenida Sete de Setembro promovida pelo então governador da Bahia J. J. Seabra.[1][2] Fruto de iniciativa da Associação dos Empregados no Comércio da Bahia, foi inaugurado em 15 de novembro de 1916, dia da então recente Proclamação da República, já no governo estadual de Antonio Muniz de Aragão.[2]

É composto por uma escultura em bronze feita pelo artista italiano radicado no Brasil Pasquale de Chirico, finalizada em Paris em 1914, e quatro relógios da marca Henri-Le Pante confeccionados em Paris.[1][2][3] Trabalhado nas técnicas de fundição e pedra lavada, o material da base escultórica do relógio é ferro fundido e granito rosado.[3] O monumento tem formato de poste de luz com um lampião adornado acima dos relógios, quatro figuras de Atlantes apoiando eles e, ao todo, são 6,50 metros de altura.[2][3]

Situado em área comercial de Salvador, além de informar as horas, o monumento é um histórico ponto de referência.[2] A antiga Igreja de São Pedro antes lá localizada era a igreja matriz da freguesia de São Pedro Velho Extramuros, subdivisão extinta de Salvador nomeada remetendo ao lado de fora da muralha que circundava a cidade-fortaleza.[4][1] Apesar de extinta, São Pedro é uma área do Centro Antigo de Salvador popularmente tratada como um pequeno bairro.[1]

Em 1999, um veículo (carro ou caminhão) colidiu com o monumento e motivou uma grande manutenção naquele ano, desde então a manutenção do relógio está a cargo do relojoeiro Wilson Ribeiro.[2][3] No contexto de reforma da Avenida Sete pela Prefeitura Municipal de Salvador, o Relógio de São Pedro teve pontos de ferrugem retirados, sua mecânica reparada, sua pintura renovada e seus vidros trocados.[2] A Fundação Gregório de Mattos (FGM), fundação pública municipal, foi responsável por essa recuperação, concluída em 3 de setembro de 2015.[2]

Ver também editar

Referências

  1. a b c d «São Pedro - Centro Antigo de Salvador». www.bahia-turismo.com. Consultado em 12 de julho de 2021 
  2. a b c d e f g h Do G1 BA com informações da TV BA (15 de novembro de 2016). «Monumento histórico, Relógio de São Pedro completa 100 anos em Salvador». Bahia. Consultado em 12 de julho de 2021 
  3. a b c d Fundação Gregório de Mattos. «RELÓGIO DE SÃO PEDRO» (PDF). Consultado em 12 de julho de 2021 
  4. «A charmosa Igreja de São Pedro». Diário de Salvador. 11 de março de 2018. Consultado em 12 de julho de 2021 

Ligações externas editar