Abrir menu principal

Renata Lúcia de Oliveira Carvalho

Renata Lúcia
campeã dos jogos pan-americanos
Voleibol
Nome completo Renata Lúcia de Oliveira Carvalho
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 20 de outubro de 1978  (41 anos)
Belém, PA
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 75 kg Altura: 1,87 m
Clube Flag of None.svg Desconhecido
Medalhas
Competidora da Bandeira do Brasil Brasil
Jogos Pan-Americanos
Ouro Winnipeg 1999 Equipe
Campeonato Mundial Juvenil
Prata Bangkok 1995 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Ouro Caracas 1996 Equipe
Competidora de Cimed/Macaé
Salonpas Cup
Bronze São Paulo 2006 Equipe

Renata Lúcia de Oliveira Carvalho (Belém, 20 de outubro de 1978) é uma voleibolista indoor brasileira, atuante na posição de Central, com marca de alcance de 296 cm no ataque e 279 cm no bloqueio, que na categoria de base da Seleção Brasileira conquistou a medalha de prata no Campeonato Mundial Juvenil de 1995 na Tailândia e nesta categoria também fou medalhista de ouro no Campeonato Sul-Americano de 1996 na Venezuela.Na seleção principal conquistou a medalha de ouro nos Pan de Winnipeg 1999.[1][2][3][nota 1]Em clubes possui uma medalha de bronze no extinto Torneio Internacional Salonpas Cup de 2006.

CarreiraEditar

Em 1994 conquistou o título da Copa Norte-Nordeste, neste mesmo ano no Campeonato Brasileiro de Seleções conquistou dois títulos, um na categoria infanto-juvenil e outro na juvenil. Recebeu convocação para seleção brasileira para disputar o Campeonato Mundial Juvenil de 1995, quando conquistou a medalha de prata em Bangkok, Tailândia, e no ano seguinte foi ouro no Campeonato Sul-Americano Juvenil realizado em Caracas, Venezuela.[2]

Defendendo a equipe do BCN/Osasco sagrou-se campeã paulista no ano de 1997 e obteve o sétimo lugar na Superliga Brasileira A 1997-98 e nesta mesma equipe conquistou três vice-campeonatos consecutivos nos anos de 1998, 1999 e 2000.Na Superliga Brasileira A 1998-99 terminou em quinto lugar e terceiro lugar na edição 1999-00.[3]

Renata foi convocada pelo então técnico da Seleção Principal, Bernardo Rezende, para disputar a edição do Pan de Winnipeg 1999 e participou da equipe que conquistou a medalha de ouro[1][2] de forma invicta, trinta e seis anos depois da última conquista na competição.Jogando pelo BCN foi campeã dos Jogos Abertos do Interior de São Paulo em 2000. Transferiu-se para o Blue Life /Pinheiros onde conquistou a Copa São Paulo de 2000 e o sétimo lugar na Superliga Brasileira A 2000-01, mesma colocação obtida na Superliga Brasileira A 2001-02.[3]

Em 2002 competiu pelo Blue Life /Pinheiros no Campeonato Paulista.[4]Na Superliga 2002-03 terminou em sétimo lugar atuando pelo Blue Life/Pinheiros.[3]Em 2003 passou atuar pelo ACF/Campos, clube pelo qual foi campeã carioca e ouro na Supercopa ambos resultados obtidos em 2003, e na Superliga Brasileira A 2003-04 terminou na sexta colocação.[3]

No ano de 2004, Renata continuou no clube carioca que utilizou a alcunha de Oi/Campos por mais uma temporada, conquistando o título do Intermunicipal do Rio de Janeiro, obtendo a prata no Campeonato Carioca neste mesmo ano. Ao disputar pelo clube supramencionado a Superliga Brasileira A 2004-05 conquistou o bronze desta edição.[2]

Na temporada 2005-06 defendeu o Oi/Macaé conquistando o bronze da Superliga Brasileira A correspondente a temporada[3] e renovou com mesmo clube para temporada seguinte, este com novo patrocinador, utilizando a alcunha de Cimed/Macaé[5] atuando por este clube no extinto Torneio Internacional do Salonpas Cup 2006 sediado em São Paulo,[6] onde contribui para o clube conquistar a inédita medalha de bronze[7] e novamente Renata avança as semifinais, mas encerrou desta vez em quarto lugar.[3]

Transferiu-se para o time catarinense do Brasil Telecom/Brusque[8] conquistou o título do Campeonato Catarinense de 2007[9] e disputou a edição da Liga Nacional de 2007, quando atuando conquistando o título e a qualificação para Superliba Brasileira A 2007-08[10] e ao disputar Superliga Brasileira A desta temporada conseguiu chegar as semifinais e pela quarta vez consecutiva em sua carreira, encerrando no quarto lugar.[3]

Continuou na equipe do Brasil Telecom/Brusque para as competições da jornada 2008-09[11][12] conquistando o bicampeonato catarinense em 2008[13] e pela quinta vez consecutiva de sua carreira conseguiu avançar as semifinais da Superliga Brasileira A, encerrando nesta temporada no quarto lugar.[14]

Na temporada 2010-11 jogou pelo São Bernardo/BMG [15][16] avançando as quartas de final e terminando em oitavo lugar na Superliga Brasileira A correspondente a esta temporada.[17]

Renta permaneceu por mais uma temporada pelo time de São Bernardo,[18] ocasião que disputou a Superliga Brasileira A 2011-12 encerrando em oitavo lugar.[19][20]Continuou na equipe de São Bernardo na temporada 2012-13,[21]terminando em décimo lugar, ou seja, a última posição, sendo a equipe rebaixada.[22]

Títulos e resultadosEditar

Premiações individuaisEditar

Notas

  1. A atleta foi inscrita em algumas temporadas com os nomes : Renata Lúcia Carvalho Guerreiro(temporada 2008-09) e Renata Lúcia de Carvalho (temporadas: 2010-11 e 2011-12).

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b «A história do voleibol nos Jogos Pan-Americanos». 13 de julho de 2007. Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 12 de dezembro de 2013 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r CBV (13 de dezembro de 2005). «Superliga feminina 05/06: talentosa levantadora da ASBS-Suzano terá trabalho para superar eficiente defesa do Oi/Macaé». Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  3. a b c d e f g h i j k l CBV (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 17 de outubro de 2014 
  4. FPV. «Divisão Especial-2002-Esporte Clube Pinheiros». Consultado em 15 de março de 2014 
  5. Todovoley (15 de julho de 2006). «TRANSFERÊNCIAS-Vaivém do Mercado». Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  6. Photo & Grafia (27 de setembro de 2006). «SALONPAS CUP- CIMED / MACAÉ JÁ TREINA EM SÃO PAULO». Consultado em 13 de agosto de 2014 
  7. Jornal 1ª Hora (10 de outubro de 2006). «As meninas do Cimed/ Macaé conquista o bronze do Salonpas Cup». Consultado em 13 de agosto de 2014 [ligação inativa]
  8. Inside VolleyCountry (12 de dezembro de 2007). «Brazil-Superliga 2007/2008» (em inglês). Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  9. a b FCV–Federação Catarinense de Voleibol. «Estadual Adulto Fem./2007-Etapa Final». Consultado em 15 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 30 de dezembro de 2013 
  10. a b CBV (8 de setembro de 2007). «Brusque/BrasilTelecom é campeão da Liga Nacional feminina 2007». Consultado em 13 de agosto de 2014. Arquivado do original em 12 de agosto de 2014 
  11. Zero Hora Esportes (19 de junho de 2008). «Vôlei de Brusque renova com ponteira Verônica». Consultado em 18 de março de 2014 
  12. CBV. «FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-Superliga 2008/2009-BRASIL TELECOM». Consultado em 15 de março de 2014. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  13. a b FCV–Federação Catarinense de Voleibol. «Estadual Adulto Fem./2008-Etapa Final». Consultado em 28 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 4 de julho de 2015 
  14. a b Wikipédia. «Artigo Superliga Brasileira de Voleibol Feminino de 2008-09». Consultado em 15 de março de 2014 
  15. PeruVoley (2 de dezembro de 2010). «SUPERLIGA BRASILEÑA 2010/2011 (FEM)» (em espanhol). Consultado em 15 de março de 2014 
  16. CBV. «FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-Superliga 2010/2011- BMG/SÃO BERNARDO». Consultado em 15 de março de 2014. Arquivado do original em 8 de agosto de 2016 
  17. CBV. «VOLEIBOL- Resultados / classificação-SUPERLIGA FEMININA 2010/2011» (PDF). Consultado em 2 de abril de 2011 
  18. CBV. «FICHA COMPLETA-ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-Superliga 2011/2012- BMG/SÃO BERNARDO». Consultado em 15 de março de 2014. Arquivado do original em 12 de agosto de 2014 
  19. Wikipédia. «Artigo Superliga Brasileira de Voleibol Feminino de 2011-12». Consultado em 15 de março de 2014 
  20. CBV (27 de outubro de 2008). «RANKING OFICIAL FEM 2011-2012» (PDF). Consultado em 16 de março de 2014. Arquivado do original (PDF) em 3 de novembro de 2013 
  21. CBV (14 de janeiro de 2013). «SUPERLIGA FEMININA 12/13: Banana Boat/Praia Clube começa segundo turno com vitória sobre o São Bernardo Vôlei». Consultado em 15 de março de 2014 
  22. Wikipédia. «Artigo Superliga Brasileira de Voleibol Feminino de 2012-13 - Série A». Consultado em 15 de março de 2014