Abrir menu principal
Renato Andrade
Informação geral
Nascimento 28 de agosto de 1932
Origem Abaeté, MG
País  Brasil
Morte 30 de dezembro de 2005 (73 anos)
Belo Horizonte, MG  Brasil
Nacionalidade brasileiro
Ocupação(ões) músico e compositor
Instrumento(s) Viola Caipira
Período em atividade 1968-2005 (37 anos)

Renato Andrade (Abaeté, 28 de agosto de 1932Abaeté, 30 de dezembro de 2005[1]) foi um músico compositor e instrumentista brasileiro. É considerado um dos maiores mestres da Viola Caipira instrumental.

Por influência familiar Renato foi ainda jovem para Belo Horizonte para estudar violino. Mais tarde, de volta à sua terra natal, apaixonou-se pelo som da Viola Caipira e dedicou-se completamente ao instrumento. Tornou-se um virtuoso que mesclava o erudito ao popular e introduziu a Viola Caipira nas salas de concerto. O primeiro trabalho solo, "A Fantástica Viola de Renato Andrade", foi lançado em 1977. Aparece ao lado de músicos como Almir Sater, Chico Lobo, Ivan Vilela e Pereira da Viola. Em 1972, teve participação importante no disco Piano e Viola", de Taiguara.

Costumava brincar, dizendo:

MorteEditar

Desde que descobriu o câncer no pulmão, voltou para sua cidade natal, onde passou a residir com os familiares. Morreu em casa, aos 73 anos, foi velado na Câmara Muinicipal da cidade e enterrado à noite. O prefeito decretou luto de três dias.

DiscografiaEditar

  • (1977) "A Fantástica viola de Renato Andrade" - Chantecler LP
  • (1979) "Viola de Queluz" - Chantecler LP
  • (1984) "O Violeiro e o Grande Sertão" - Bemol LP
  • (1987) "A magia da viola" - Chantecler LP
  • (1993) "Instrumental no CCBB- Renato Andrade e Roberto Corrêa" - Tom Brasil CD
  • (1998) "Violeiros do Brasil" - SESC-Núcleo Contemporâneo CD
  • (1999) "A viola e a minha gente" - Lapa Discos CD
  • (2002) "Enfia a viola no saco" - CD
  • (2004) "Violeiros do Brasil" - CD
  • (2004) "Os Bambas da Viola" - Kuarup CD


ReferênciasEditar

Ligações externasEditar