Renato Restier

Renato Restier
Restier, em cena do filme A Outra Face do Homem (1954)
Nascimento 24 de fevereiro de 1920
Santana do Livramento, RS
Nacionalidade brasileiro
Morte 1 de agosto de 1984 (64 anos)
São Paulo, SP
Ocupação Ator

Renato Restier (Santana do Livramento, 24 de fevereiro de 1920São Paulo, 1 de agosto de 1984) foi um ator brasileiro.

BiografiaEditar

Registrado como filho pelos atores Restier Júnior e Hortênsia Santos, na verdade seu pai era Procópio Ferreira, que o reconheceu como tal apenas muitos anos mais tarde. Após completar os estudos básicos, teve a chance de trabalhar com a família mas o pai adotivo não gostou de seu desempenho, o que provocou sua saída de casa. Tentou a carreira de cantor, com algum resultado, tendo trabalhado na Rádio Mayrink Veiga e gravado dois discos , mas retornou aos palcos e neste mesmo ano de 1937 ingressou na companhia de Procópio Farreira, trabalhando na peça "Tudo por Você".[1]

Estreou no cinema em 1951, como um vilão em O Pecado de Nina. Foi contratado pela Atlântida e passou a interpretar a maior parte das produções do estúdio, quase sempre vivendo o papel de vilão, no melhor estilo de José Lewgoy.

Em 1954, recebeu um prêmio de melhor ator.[2]

Em 1962, veio para São Paulo, contratado pela TV Record e estreou em programas humorísticos e novelas. Foi depois para a TV Tupi onde fez as telenovelas As Divinas e Maravilhosas e Um Dia, o Amor e para a TV Globo onde trabalhou nos programas de Chico Anysio e nas novelas Sinal de Alerta e Maria, Maria.

Morreu vítima de um câncer pulmonar depois de uma carreira de 45 anos que o transformou em um dos mais famosos vilões do cinema brasileiro.[3]

FilmografiaEditar

CinemaEditar

Ano Título Papel
1951 O Pecado de Nina
1951 Tocaia
1952 Areias Ardentes
1952 Era Uma Vez um Vagabundo
1952 Barnabé Tu És Meu
1952 Carnaval Atlântida
1952 Três Vagabundos
1953 A Dupla do Barulho
1954 Matar ou Correr
1954 A Outra Face do Homem
1955 Paixão nas Selvas
1955 Nem Sansão nem Dalila
1956 Colégio de Brotos Tiago [4]
1956 O Negócio foi Assim
1956 Sai de Baixo
1956 Com Água na Boca
1956 Guerra ao Samba
1956 O Golpe
1957 De Pernas pro Ar
1957 Metido a Bacana
1957 Com Jeito Vai
1958 É de Chuá!
1958 E o Bicho não Deu
1958 O Camelô da Rua Larga
1959 Pistoleiro Bossa Nova
1959 Mulheres à Vista
1959 Mulheres, Cheguei!
1959 Garota Enxuta
1960 Vai que É Mole
1960 O Cupim
1960 Sai Dessa, Recruta
1960 O Viúvo Alegre
1960 Marido de Mulher Boa
1960 Aí Vem a Alegria
1962 Bom Mesmo é Carnaval
1963 Und der Amazonas schweigt
1966 Três Histórias de Amor
1972 Quatro Pistoleiros em Fúria
1972 Independência ou Morte
1973 Regina e o Dragão de Ouro
1973 A Super Fêmea
1976 O Mulherengo
1979 A Banda das Velhas Virgens
1981 Os Insaciados

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Emissora
1968 Ana Frederico Von Stein TV Record
1973 As Divinas... e Maravilhosas Rede Tupi
1975 Um dia, o Amor Doutor Prado
1978 Sinal de Alerta Rede Globo
Maria, Maria José Calixto
A Conquista TVE Brasil
1981 Reapertura Sistema Brasileiro de Televisão

Referências

  1. Fernão Ramos,Luiz Felipe Miranda (1997). Enciclopédia do cinema brasileiro. [S.l.]: SENAC. 455 páginas. ISBN [[Special:BookSources/85-7359-093-9 GB|85-7359-093-9 [http://books.google.com.br/books?id=cqt35OogAQYC&pg=PA455&dq=Renato+Restier&hl=pt-BR&sa=X&ei=-3CXU87YO-mgsATd2oGgDA&ved=0CCUQ6AEwAQ#v=onepage&q=Renato%20Restier&f=false GB]]] Verifique |isbn= (ajuda) 
  2. Paiva, Salvyano Cavalcanti de (25 de dezembro de 1954). «Guia do Fã». Revista Manchete (RJ) 
  3. RENATO RESTIER
  4. Cinemateca Brasileira, Colégio de Brôtos [em linha]

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.