Abrir menu principal
Stop hand.png
Atenção: Este artigo possui passagens que não respeitam o princípio da imparcialidade. Tenha cuidado ao ler as informações contidas nele. Se sabe alguma coisa sobre este assunto, tente tornar o artigo mais imparcial.
Renault Clio
Renault Clio V Genf 2019 1Y7A5589.jpg Clio V
Visão Geral
Nomes
alternativos
Renault Clio Sedan (Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai, Peru)
Renault Lutecia (Japão)

Renault Thalia (Europa Central e Israel)
Nissan Platina (México)
Eagle Kliw Korpe (KK)
Renault Clio V6
Renault Clio Classic (África do norte)
Produção 1990 — presente. 19982016 (Brasil)
Fabricante Renault
Modelo
Classe veículo pequeno (Brasil)
compacto premium (Europa)
Carroceria hatch e sedan
Ficha técnica
Motor 4 cilindros gasolina
4 cilindros bicombustível
4 cilindros Diesel
Transmissão 5 ou 6 Velocidades ( marchas)
Layout Motor dianteiro, tração dianteira
Modelos relacionados Renault Logan
Renault Sandero
Renault Twingo
Nissan Micra
Citroen C3
Fiat Punto
Ford Fiesta
Opel Corsa
Peugeot 208/207/206
Fiat Uno
Chevrolet Celta
Tanque 45
Cronologia
Renault Torino (Br)
Renault super 5
Renault Kwid (Br)

Clio é um automóvel supermini francês fabricado pela montadora Renault. A versão da América-latina é fabricada na Argentina em Santa Isabel (Córdoba) e no Brasil em São José dos Pinhais (PR) até 2016. Na Europa, foi lançado em 1990 e atualmente está em sua quinta geração.

O Renault Clio desembarcou no Brasil com equipamentos de série que eram opcionais em outros veículos da categoria. Foi o primeiro carro da categoria popular a possuir airbag duplo de série em todas as versões, freio a disco ventilado, suspensão com sub-chassi e batente hidráulico. No entanto, com o passar dos anos foi perdendo equipamentos e acabou rebaixado de categoria com o lançamento do Renault Sandero (no Brasil, Dacia Sandero na Europa), tornando-se o carro de entrada da Renault no Brasil. No Brasil já foi comercializado com motores de 1.0 e 1.6, de 8 e 16 válvulas. Em suas últimas versões era vendido somente na motorização 1.0 16V.[1]

Em Portugal é vendido com o motor 0.9 TCe, 1.2 TCe, 1.5 DCI a diesel e 1.6 Turbo.

Em Portugal o seu modelo mais vendido é o Clio Comercial (versão de trabalho), tendo ganho bastante notoriedade junto das empresas portuguesas por se tratar de um carro fiável e de baixo custo aquisição e manutenção. O Clio tem para-lamas frontais em polímero plástico (Noryl Gtx), design apelativo e uma mecânica bastante resistente. Em finais de 2005 foi lançado o Clio III e que tem o seu expoente máximo no Clio F1 Team - um carro que homenageia a equipa de Fórmula 1 da Renault e que tem 197 cavalos de potência.

Foi eleito a 3ª melhor compra de 2007 pela revista Quatro Rodas, atrás de Honda Fit e Honda Civic, e à frente do Toyota Corolla. No Brasil foi reestilizado em 2013, ficando mais parecido esteticamente com sua contraparte européia, que já está na quarta geração. O carro brasileiro, no entanto, ainda era baseado na segunda geração. O motor 1.6 foi descontinuado e o carro foi lançado inicialmente sem airbag e freios ABS,[2] o que deveria mudar a partir de 2014, quando os dois itens de segurança se tornarão obrigatórios nos carros nacionais. Em 2009 o Renault Clio Sedan foi substituído pelo Renault Symbol.

Em 2017 o Renault Clio deixou de ser produzido no Brasil[3], sendo sucedido pelo Renault Kwid como modelo de entrada da montadora.

Dados técnicos geraisEditar

Coeficiênte aerodinâmico 0.33
Injeção Multiponto
Tamanho do tanque 45/50 litros
Motorização 8 e 16 válvulas
Segurança 5 Estrelas EuroNCap

[4]

Na Europa a versão mais potente tem 1.6 Turbo.

No BrasilEditar

CarroceriasEditar

 
O Renault Clio Hi-Flex 1.6 opera com qualquer mistura de álcool e gasolina
  • Clio Hatch (3 ou 5 portas)
  • Clio Sedan (5 portas)

ModelosEditar

 
Renault Clio Sedan 2006
  • RN, RL e RT (1996 a 2003)
  • Authentique, Dynamique, Expression, Egeus, Privilége e Privilége Alizé (2003 a 2009)
  • Campus (Série especial, 2009 a 2012)
  • Yahoo (Série especial)
  • Authentique e Expression (2013 a 2016)

MotorizaçãoEditar

CILINDRADAS CÓDIGO MOTOR TIPO POTÊNCIA VEL. MÁXIMA 0–100 km/h DISPONIBILIDADE
1.0 (999 cc) D7D[5] 8 válvulas 58 cv a 5400 rpm 158 km/h 18,3 s 1996-2004
1.0 (999 cc) D4D[6] 16 válvulas 74 cv a 6000 rpm 167 km/h 17,2 s 2000-2008
1.0 (999cc) (HiFlex) D4D-HIFLEX[7] 16 válvulas 77 cv a 6000 rpm Alc 175 km/h 15,8 s 2006-2012
1.6 (1598cc) K7M[8] 8 válvulas 88 cv a 5000 rpm 179,9 km/h 14,3 s 1996-1999
1.6 (1598 cc) K4M[9] 16 válvulas 112 cv a 5350 rpm 192 km/h 9,2 s 2001-2005
1.6 (1598 cc) K4M-HIFLEX[10] 16 válvulas 115 cv a 5350 rpm 198 km/h 9,2 s 2005-2009
1.0 (999 cc) HiPower D4D-HIPOWER 16 válvulas 80 cv a 6000 rpm 178 km/h 14,2 s 2012-2016

SuspensãoEditar

  • Traseira: Barra estabilizadora com rodas semi-independentes, molas helicoidais e batentes hidráulicos.
  • Dianteira: Molas helicoidais e batentes hidráulicos. A Renault resolveu economizar e retirou as barras estabilizadoras. Com isso deixou o carro macio, porém perigoso.

Evolução dos modelosEditar

Foi lançado em finais do ano de 1990 em Portugal. A produção do primeiro Clio findou no ano de 1998 dando lugar a um novo clio mais redondo e versátil. Em 2001 foi reformulado o Clio dando lugar a um Clio com volante diferente. Frente e retaguarda mais sofisticadas e luzes da retaguarda diferente. A producão do Clio 2 terminou em finais de 2006 dando lugar a um Clio maior e mais bonito. Em 2007, a Renault lançou um modelo idêntico ao segundo Clio, chamado Storia. Um carro muito bonito e moderno; A produção deste terminou em 2013. Em 2010, o Clio, sofreu uma remodelação significativa que durou ate 2012. Em 2012 aparece um novo Clio que se mantém até 2019 quando reformulado.

GaleriaEditar

Primeira geração (1990-98) 
Segunda geração (1998-2006) (1998 - 2016) Brasil 
Terceira geração (2005-12) 
Quarta geração (2012-19) 
Quinta geração (2019-presente) 

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar