Reserva Biológica de Pedra Talhada

Reserva Biológica de Pedra Talhada de nível Federal, localizado (a) em Chã Preta (AL), Quebrangulo (AL), Lagoa do Ouro (PE)

A Reserva Biológica de Pedra Talhada é uma área protegida brasileira, do grupo das unidades de conservação, categorizada como reserva biológica. Localizada nos estados de Alagoas e Pernambuco, na região do agreste nordestino, é um dos maiores fragmentos de Mata Atlântica do interior de Alagoas e Pernambuco, preservando importantes trechos das Florestas do Interior de Pernambuco. Originalmente, pretendia-se criar um parque estadual na região, o que não foi possível. É um importante centro de endemismo de aves, onde ocorre algumas espécies ameaçadas de extinção, como o gavião-pomba (Leucopternis lacernulatus), o uru-do-nordeste (Odontophorus capueira plumbeicollis) e o pica-pau-anão-dourado (Picumnus exilis pernambucensis).[2]

Reserva Biológica de Pedra Talhada
Categoria Ia da IUCN (Reserva Natural Estrita)
Localização
País  Brasil
Estado  Alagoas
 Pernambuco
Mesorregiões Agreste Pernambucano e do Agreste Alagoano
Microrregiões Garanhuns e Palmeira dos Índios
Localidades mais próximas Lagoa do Ouro, Quebrangulo, Chã Preta
Dados
Área &0000000000004382.3700004 382,37 hectares (43,8 km2)[1]
Criação 20 de maio de 2005 (17 anos)[1]
Visitantes Não permitida
Gestão Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
Coordenadas 9° 13' 40.71" S 36° 25' 37.58" O
Reserva Biológica de Pedra Talhada está localizado em: Brasil
Reserva Biológica de Pedra Talhada

Referências

  Este artigo sobre uma Unidade de Conservação da Natureza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.