Resolução 261 do Conselho de Segurança das Nações Unidas

Small Flag of the United Nations ZP.svg
Resolução 261
do Conselho de Segurança da ONU
Data: 10 de dezembro de 1968
Reunião: 1.459
Código: S/RES/261 ([1] Documento)

Votos:
Prós Contras Abstenções Ausentes
15 0 0
Assunto: A questão do Chipre
Resultado: Aprovada por unanimidade

Composição do Conselho de Segurança em 1968:
Membros permanentes:

 República da China
 França
 Reino Unido
 Estados Unidos
 União Soviética

Membros não-permanentes:
 Argélia
 Brasil
 Canadá
 Dinamarca
 Etiópia
 Hungria
 Índia
 Paquistão
 Paraguai
 Senegal

A Resolução 261 do Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovada por unanimidade em 10 de dezembro de 1968, depois de reafirmar as resoluções anteriores sobre o tema, e observando recentes desenvolvimentos encorajadores, o Conselho estendeu o posto no Chipre da Força das Nações Unidas para Manutenção da Paz no Chipre por um novo período, que termina em 15 de junho de 1969. O Conselho apelou igualmente às partes diretamente interessadas para que continuem a agir com a máxima moderação e a cooperarem plenamente com a força de manutenção da paz.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Texto da Resolução 261 do Conselho de Segurança das Nações Unidas». 10 de dezembro de 1968. Consultado em 21 de fevereiro de 2019