Abrir menu principal

Resultados da fase final da Copa Libertadores da América de 2017

A fase final da Copa Libertadores da América de 2017 compreendeu as disputas de oitavas de final, quartas de final, semifinal e final. As equipes se enfrentaram em jogos eliminatórios de ida e volta em cada fase, e a que somasse mais pontos se classificou as fases seguintes.

Índice

Critérios de desempateEditar

Se em um cruzamento as determinadas equipes igualarem em pontos, o primeiro critério de desempate seria o saldo de gols. Caso empatassem no saldo, o gol marcado na casa do adversário entraria em consideração. Persistindo o empate, a vaga seria decidida em disputa por pênaltis.[1]

SorteioEditar

Para determinar todos os cruzamentos da fase final, a CONMEBOL passou a adotar a partir dessa edição o formato de sorteio, que foi realizado no Centro de Convenções da CONMEBOL em Luque, no Paraguai, a 14 de junho.[2]

Para determinar a distribuição das equipes através dos potes, foi levado em consideração o desempenho das equipes na fase de grupos. As equipes que finalizaram em primeiro lugar nos grupos encontraram-se no Pote 1, e as equipes que se classificaram em segundo lugar no Pote 2.[3]

Pote 1 Pote 2
  Atlético Mineiro
  Lanús
  Grêmio
  River Plate
  Palmeiras
  Santos
  Botafogo
  San Lorenzo
  Godoy Cruz
  Guaraní
  Emelec
  Barcelona de Guayaquil
  Atlético Paranaense
  The Strongest
  Jorge Wilstermann
  Nacional

Além de determinar os potes, o desempenho das equipes na fase de grupos determina os mandos de campo até a final, sendo que os primeiros dos grupos estão ranqueados de 1 a 8 e os segundo colocados de 9 a 16. Num cruzamento a equipe de melhor ranking sempre realizará o jogo de volta em casa.[1]

Oitavas de finalEditar

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
A Guaraní   1–3   River Plate 0–2 1–1
B Atlético Paranaense   2–4   Santos 2–3 0–1
C Nacional   0–3   Botafogo 0–1 0–2
D Emelec   1–1 (4–5 p)   San Lorenzo 0–1 1–0
E The Strongest   1–2   Lanús 1–1 0–1
F Godoy Cruz   1–3   Grêmio 0–1 1–2
G Barcelona de Guayaquil   1–1 (5–4 p)   Palmeiras 1–0 0–1
H Jorge Wilstermann   1–0   Atlético Mineiro 1–0 0–0

Chave AEditar

4 de julho Guaraní   0 – 2   River Plate Estádio Defensores del Chaco, Assunção
20:45 (UTC−4)
Relatório Scocco   36'
Larrondo   87'
Público: 15 000[4]
Árbitro:  URU Andrés Cunha

8 de agosto River Plate   1 – 1   Guaraní Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
21:45 (UTC−3)
Alario   51' Relatório Palau   45+1' Público: 50 000[5]
Árbitro:  ECU Roddy Zambrano

Chave BEditar

5 de julho Atlético Paranaense   2 – 3   Santos Estádio Vila Capanema, Curitiba
19:15 (UTC−3)
Nikão   6'
Éderson   71'
Relatório Kayke   24',   67'
Bruno Henrique   56'
Público: 13 770[6]
Árbitro:  CHI Roberto Tobar

10 de agosto Santos   1 – 0   Atlético Paranaense Estádio Vila Belmiro, Santos
21:45 (UTC−3)
Bruno Henrique   77' Relatório Público: 12 380[7]
Árbitro:  ARG Mauro Vigliano

Chave CEditar

6 de julho Nacional   0 – 1   Botafogo Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
21:45 (UTC−3)
Relatório João Paulo   37' Público: 12 000[8]
Árbitro:  CHI Julio Bascuñán

10 de agosto Botafogo   2 – 0   Nacional Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
19:15 (UTC−3)
Bruno Silva   2'
Rodrigo Pimpão   5'
Relatório Público: 40 050[9]
Árbitro:  COL Wilmar Roldán

Chave DEditar

6 de julho Emelec   0 – 1   San Lorenzo Estádio George Capwell, Guaiaquil
19:45 (UTC−5)
Relatório Belluschi   25' Público: 28 000[10]
Árbitro:  COL Wilson Lamouroux

10 de agosto San Lorenzo   0 – 1   Emelec Estádio Nuevo Gasómetro, Buenos Aires
21:45 (UTC−3)
Relatório Lastra   47' Público: 25 000[11]
Árbitro:  BRA Wilton Sampaio
    Penalidades  
Blandi  
Caruzzo  
Angeleri  
Gudiño  
Belluschi  
Reneiro  
5–4   Gaibor
  Preciado
  Luna
  Píriz
  Caicedo
  Ramos
 

Chave EEditar

6 de julho The Strongest   1 – 1   Lanús Estádio Hernando Siles, La Paz
18:15 (UTC−4)
D. Bejarano   90+1' Relatório Pasquini   36' Público: 28 000[12]
Árbitro:  BRA Wilton Sampaio

8 de agosto Lanús   1 – 0   The Strongest Estádio Ciudad de Lanús, Lanús
19:15 (UTC−3)
Sand   84' Relatório Público: 14 000[13]
Árbitro:  URU Andrés Cunha

Chave FEditar

4 de julho Godoy Cruz   0 – 1   Grêmio Estádio Malvinas Argentinas, Mendoza
19:15 (UTC−3)
Relatório Ramiro   1' Público: 17 000[14]
Árbitro:  PER Víctor Carrillo

9 de agosto Grêmio   2 – 1   Godoy Cruz Arena do Grêmio, Porto Alegre
19:15 (UTC−3)
Pedro Rocha   28',   58' Relatório J. Correa   13' Público: 38 797[15]
Árbitro:  PAR Enrique Cáceres

Chave GEditar

5 de julho Barcelona de Guayaquil   1 – 0   Palmeiras Estádio Monumental, Guaiaquil
19:45 (UTC−5)
Álvez   90+1' Relatório Público: 33 118[16]
Árbitro:  ARG Patricio Loustau

9 de agosto Palmeiras   1 – 0   Barcelona de Guayaquil Allianz Parque, São Paulo
21:45 (UTC−3)
Moisés   50' Relatório Público: 38 310[17]
Árbitro:  ARG Néstor Pitana
    Penalidades  
Guerra  
Tchê Tchê  
Bruno Henrique  
Keno  
Moisés  
Egídio  
4–5   Álvez
  Oyola
  Castillo
  M. Caicedo
  Díaz
  Ayoví
 

Chave HEditar

5 de julho Jorge Wilstermann   1 – 0   Atlético Mineiro Estádio Félix Capriles, Cochabamba
20:45 (UTC−4)
Álvarez   40' Relatório Público: 25 000[18]
Árbitro:  URU Daniel Fedorczuk

9 de agosto Atlético Mineiro   0 – 0   Jorge Wilstermann Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21:45 (UTC−3)
Relatório Público: 36 018[19]
Árbitro:  VEN José Argote

Quartas de finalEditar

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
S1 Jorge Wilstermann   3–8   River Plate 3–0 0–8
S2 Barcelona de Guayaquil   2–1   Santos 1–1 1–0
S3 Botafogo   0–1   Grêmio 0–0 0–1
S4 San Lorenzo   2–2 (3–4 p)   Lanús 2–0 0–2

Chave S1Editar

14 de setembro Jorge Wilstermann   3 – 0   River Plate Estádio Félix Capriles, Cochabamba
20:45 (UTC−4)
Zenteno   4'
Álvarez   50'
Machado   81'
Relatório Público: 27 000[20]
Árbitro:  BRA Sandro Ricci

21 de setembro River Plate   8 – 0   Jorge Wilstermann Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
19:15 (UTC−3)
Scocco   8',   13',   19',   46',   57'
Pérez   35',   66'
Fernández   52'
Relatório Público: 55 000[21]
Árbitro:  CHI Julio Bascuñán

Chave S2Editar

13 de setembro Barcelona de Guayaquil   1 – 1   Santos Estádio Monumental, Guaiaquil
19:45 (UTC−5)
Álvez   78' Relatório Bruno Henrique   46' Público: 30 747[22]
Árbitro:  URU Daniel Fedorczuk

20 de setembro Santos   0 – 1   Barcelona de Guayaquil Estádio Vila Belmiro, Santos
21:45 (UTC−3)
Relatório Álvez   67' Público: 12 730[23]
Árbitro:  PER Víctor Carrillo

Chave S3Editar

13 de setembro Botafogo   0 – 0   Grêmio Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:45 (UTC−3)
Relatório Público: 36 034[24]
Árbitro:  VEN José Argote

20 de setembro Grêmio   1 – 0   Botafogo Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45 (UTC−3)
Barrios   62' Relatório Público: 50 517[25]
Árbitro:  ARG Patricio Loustau

Chave S4Editar

13 de setembro San Lorenzo   2 – 0   Lanús Estádio Nuevo Gasómetro, Buenos Aires
19:15 (UTC−3)
Blandi   33',   50' (pen) Relatório Público: 30 000[26]
Árbitro:  COL Wilmar Roldán

21 de setembro Lanús   2 – 0   San Lorenzo Estádio Ciudad de Lanús, Lanús
21:45 (UTC−3)
Sand   10'
Pasquini   15'
Relatório Público: 15 000[27]
Árbitro:  PAR Enrique Cáceres
    Penalidades  
Silva  
Pasquini  
Braghieri  
Acosta  
4 – 3   Belluschi
  Caruzzo
  Rodríguez
  Botta
  Blandi
 

SemifinaisEditar

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
F1 River Plate   3–4   Lanús 1–0 2–4
F2 Barcelona de Guayaquil   1–3   Grêmio 0–3 1–0

Chave F1Editar

24 de outubro River Plate   1 – 0   Lanús Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
19:15 (UTC−3)
Scocco   81' Relatório Público: 55 000[28]
Árbitro:  BRA Wilton Sampaio

31 de outubro Lanús   4 – 2   River Plate Estádio Ciudad de Lanús, Lanús
21:15 (UTC−3)
Sand   45',   46'
Acosta   61'
Silva   68' (pen)
Relatório Scocco   17' (pen)
Montiel   22'
Público: 30 000[29]
Árbitro:  COL Wilmar Roldán

Chave F2Editar

25 de outubro Barcelona de Guayaquil   0 – 3   Grêmio Estádio Monumental, Guaiaquil
18:45 (UTC−5)
Relatório Luan   7',   50'
Edílson   20'
Público: 52 500[30]
Árbitro:  ARG Néstor Pitana

1 de novembro Grêmio   0 – 1   Barcelona de Guayaquil Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45 (UTC−2)
Relatório Álvez   32' Público: 54 128[31]
Árbitro:  CHI Roberto Tobar

FinalEditar

O campeão da Copa Libertadores 2017 garante o direito de participar da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2017. Além do Mundial de Clubes, o campeão adquire o direito de participar da Recopa Sul-Americana de 2018 contra o campeão da Copa Sul-Americana de 2017.[1]

Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
Grêmio   3–1   Lanús 1–0 2–1
22 de novembro Grêmio   1 – 0   Lanús Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45 (UTC−2)
Cícero   82' Relatório Público: 55 188[32]
Árbitro:  CHI Julio Bascuñán

29 de novembro Lanús   1 – 2   Grêmio Estádio Ciudad de Lanús, Lanús
20:45 (UTC−3)
Sand   71' (pen) Relatório Fernandinho   26'
Luan   41'
Público: 45 000[33]
Árbitro:  PAR Enrique Cáceres

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE 2017». CONMEBOL. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 14 de junho de 2017 
  2. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Sorteio das Oitavas de Final». CONMEBOL. 14 de junho de 2017. Consultado em 14 de junho de 2017 
  3. «Conmebol sorteia oitavas da Libertadores e segunda fase da Sul-Americana». GloboEsporte.com. 14 de junho de 2017. Consultado em 14 de junho de 2017 
  4. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » Guaraní - River Plate 0:2». Worldfootball.net. 4 de julho de 2017. Consultado em 11 de julho de 2017 
  5. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » River Plate - Guaraní 1:1». Worldfootball.net. 8 de agosto de 2017. Consultado em 15 de agosto de 2017 
  6. «Em jogão de cinco gols, Santos vence o Atlético-PR e sai na frente na Libertadores». GloboEsporte.com. 5 de julho de 2017. Consultado em 5 de julho de 2017 
  7. «Vanderlei brilha outra vez, e Santos avança na Libertadores com vitória sobre Atlético-PR». GloboEsporte.com. 10 de agosto de 2017. Consultado em 11 de agosto de 2017 
  8. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » Nacional - Botafogo RJ 0:1». Worldfootball.net. 6 de julho de 2017. Consultado em 11 de julho de 2017 
  9. «Com festa e recorde, Botafogo despacha o Nacional-URU e pega o Grêmio nas quartas da Libertadores». GloboEsporte.com. 10 de agosto de 2017. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  10. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » CS Emelec - San Lorenzo 0:1». Worldfootball.net. 6 de julho de 2017. Consultado em 11 de julho de 2017 
  11. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » San Lorenzo - CS Emelec 5:4». Worldfootball.net. 10 de agosto de 2017. Consultado em 15 de agosto de 2017 
  12. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » The Strongest - CA Lanús 1:1». Worldfootball.net. 6 de julho de 2017. Consultado em 11 de julho de 2017 
  13. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » CA Lanús - The Strongest 1:0». Worldfootball.net. 8 de agosto de 2017. Consultado em 15 de agosto de 2017 
  14. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » CD Godoy Cruz - Grêmio Porto Alegre 0:1». Worldfootball.net. 4 de julho de 2017. Consultado em 11 de julho de 2017 
  15. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » Grêmio Porto Alegre - CD Godoy Cruz 2:1». Worldfootball.net. 9 de agosto de 2017. Consultado em 15 de agosto de 2017 
  16. «Barcelona SC recaudó USD 187 062 en el cotejo contra Palmeiras en Guayaquil» (em espanhol). Benditofutbol.com. 6 de julho de 2017. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  17. «Palmeiras perde nos pênaltis para o Barcelona-EQU e dá adeus à Libertadores». GloboEsporte.com. 9 de agosto de 2017. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  18. «Copa Libertadores 2017 » Oitavos-de-final » Jorge Wilstermann - Atlético Mineiro 1:0». Worldfootball.net. 5 de julho de 2017. Consultado em 11 de julho de 2017 
  19. «Galo não sai do zero com o Jorge Wilstermann, no Mineirão, e é eliminado da Libertadores». GloboEsporte.com. 9 de agosto de 2017. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  20. «Copa Libertadores 2017 » Quartos-de-final » Jorge Wilstermann - River Plate 3:0». Worldfootball.net. 14 de setembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2017 
  21. «Copa Libertadores 2017 » Quartos-de-final » River Plate - Jorge Wilstermann 8:0». Worldfootball.net. 21 de setembro de 2017. Consultado em 25 de setembro de 2017 
  22. «Copa Libertadores 2017 » Quartos-de-final » Barcelona SC - Santos FC 1:1». Worldfootball.net. 13 de setembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2017 
  23. «Desfalques pesam, Santos joga muito mal e está eliminado da Libertadores». GloboEsporte.com. 20 de setembro de 2017. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  24. «Botafogo e Grêmio empatam sem gols no Rio, e vaga fica aberta para decisão na Arena». GloboEsporte.com. 13 de setembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2017 
  25. «Grêmio segura pressão do Bota, Barrios faz de cabeça e garante vaga na semifinal da Liberta». GloboEsporte.com. 20 de setembro de 2017. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  26. «Copa Libertadores 2017 » Quartos-de-final » San Lorenzo - CA Lanús 2:0». Worldfootball.net. 13 de setembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2017 
  27. «Copa Libertadores 2017 » Quartos-de-final » CA Lanús - San Lorenzo 4:3». Worldfootball.net. 21 de setembro de 2017. Consultado em 25 de setembro de 2017 
  28. «Copa Libertadores 2017 » Meias-finais » River Plate - CA Lanús 1:0». Worldfootball.net. 24 de outubro de 2017. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  29. «Copa Libertadores 2017 » Meias-finais » CA Lanús - River Plate 4:2». Worldfootball.net. 31 de outubro de 2017. Consultado em 2 de novembro de 2017 
  30. «Copa Libertadores 2017 » Meias-finais » Barcelona SC - Grêmio Porto Alegre 0:3». Worldfootball.net. 25 de outubro de 2017. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  31. «Em busca do tri! Grêmio leva susto, perde para o Barcelona, mas vai à final da Libertadores». GloboEsporte.com. 1 de novembro de 2017. Consultado em 2 de novembro de 2017 
  32. «Grêmio vence Lanús com gol de Cícero e abre final da Libertadores com vantagem». GloboEsporte.com. 22 de novembro de 2017. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  33. «Copa Libertadores 2017 » Final » CA Lanús - Grêmio Porto Alegre 1:2». Worldfootball.net. 29 de novembro de 2017. Consultado em 30 de novembro de 2017