Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 2012

Nesta página estão listados os resultados dos concursos de escolas de samba e de blocos de enredo do carnaval do Rio de Janeiro do ano de 2012. Os desfiles foram realizados entre os dias 17 e 25 de fevereiro de 2012. O Sambódromo da Marquês de Sapucaí passou por uma reforma em que foi retomado o projeto original do arquiteto Oscar Niemeyer.[1][2]

As escolas de samba da região da Grande Tijuca se destacaram no Grupo Especial, conquistando as três primeiras colocações. Unidos da Tijuca foi a campeã, conquistando seu terceiro título na primeira divisão do carnaval carioca. A escola homenageou os cem anos do nascimento do cantor Luiz Gonzaga. O enredo "O Dia em que Toda a Realeza Desembarcou na Avenida para Coroar o Rei Luiz do Sertão" foi desenvolvido pelo carnavalesco Paulo Barros, que conquistou seu segundo título de campeão.[3][4] Acadêmicos do Salgueiro ficou com o vice-campeonato por dois décimos de diferença para a campeã. Unidos de Vila Isabel foi a terceira colocada com um desfile sobre Angola.[5][6][7]

O carnaval do Grupo A foi cercado de polêmicas. Inocentes de Belford Roxo foi a campeã com um desfile sobre o município de Corumbá, no Mato Grosso do Sul.[8] Império Serrano foi vice-campeão homenageando a cantora Dona Ivone Lara. Antes do carnaval, circularam, na internet, boatos sobre a possível vitória da Inocentes.[9] O fato do presidente da escola campeã, Reginaldo Gomes, ser também presidente da Liga das Escolas de Samba do Grupo de Acesso (LESGA), entidade organizadora do desfile, contribuiu para as suspeitas de fraude.[10][11] Durante a apuração do grupo, verificou-se que notas de diversas escolas não foram lançadas pelos julgadores. Integrantes de outras agremiações protestaram contra o resultado e a campeã chegou a ser vaiada enquanto recebia o troféu.[12] Após o carnaval, a Riotur descredenciou a LESGA da organização do carnaval por ter cancelado o rebaixamento do grupo. A LESGA alegou que a demora no repasse de verbas da Prefeitura e o despejo das escolas alojadas no Carandiru prejudicaram a preparação das agremiações.[13][14][15]

Caprichosos de Pilares venceu o Grupo B; Unidos do Jacarezinho conquistou o Grupo C; Unidos de Lucas ganhou o Grupo D; em seu ano de estreia como escola de samba, Boca de Siri foi a campeã do Grupo E.[16][17] Entre os blocos de enredo, Tradição Barreirense de Mesquita venceu o Grupo 1; Império do Gramacho conquistou o Grupo 2; Mocidade Unida de Manguariba ganhou o Grupo 3; e Chora na Rampa foi o campeão do Grupo 4.[18]

Escola de sambaEditar

Grupo EspecialEditar

O desfile do Grupo Especial foi organizado pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA) e realizado no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, a partir das 21 horas dos dias 19 e 20 de fevereiro de 2012.[19] A Liga decidiu que duas escolas seriam rebaixadas para que, no ano seguinte, o Grupo Especial voltasse a ter doze agremiações.[20][21]

Reforma do Sambódromo

O Sambódromo da Marquês de Sapucaí foi reformado para o carnaval de 2012. A ideia foi retomar o projeto original do arquiteto Oscar Niemeyer, que previa um equilíbrio assimétrico entre os dois lados da Sapucaí. Para tal, foi demolida uma antiga fábrica da Cervejaria Brahma e o Setor 2 de camarotes. No lugar foram construídos quatro novos blocos de arquibancadas, camarotes e frisas no mesmo padrão do lado oposto.[1] Com a obra, a capacidade de público aumentou de 60 mil para 72.500 mil.[2] O Sambódromo foi reinaugurado em 12 de fevereiro de 2012, uma semana antes do início dos desfiles. A obra durou cerca de nove meses e teve um investimento total de 30 milhões, custeado pela Ambev, dona da Cervejaria Brahma.[22] Aos 104 anos, Niemeyer visitou o "Novo Sambódromo" e participou do evento de reinauguração, numa de suas últimas aparições públicas. O arquiteto faleceu meses depois, em dezembro de 2012.[23]

Ordem dos desfiles

A ordem dos desfiles foi definida através de sorteio realizado no dia 6 de julho de 2011 na Cidade do Samba. Para equilibrar as forças, as escolas foram divididas em pares, sendo que, dentro dos pares, cada escola desfilaria em uma noite diferente. Os pares formados foram: Beija-Flor e Unidos da Tijuca; Mangueira e Portela; Vila Isabel e Salgueiro; Imperatriz Leopoldinense e União da Ilha do Governador; Mocidade Independente de Padre Miguel e Grande Rio.[24]

Primeiro foi sorteada a noite de desfile de cada escola; depois foi sorteada a ordem de apresentação de cada noite. Com onze escolas participantes, uma teve que ficar sem par. O plenário da LIESA decidiu que a Unidos do Porto da Pedra desfilaria na primeira noite e sua posição seria definida no sorteio. Após o sorteio foi permitido que as escolas negociassem a troca de posições dentro de cada noite. A Beija-Flor foi sorteada para ser a quinta da primeira noite, mas trocou de posição com a Porto da Pedra. Na segunda noite, Tijuca e Mangueira também trocaram de posições. Duas escolas tinham posições definidas e não participaram do sorteio: Campeã do Grupo A (segunda divisão) do ano anterior, a Renascer de Jacarepaguá ficou responsável por abrir a primeira noite; penúltima colocada do Grupo Especial no ano anterior, a São Clemente ficou responsável por abrir a segunda noite.[25][26]

Domingo (19/02/2012) Segunda-feira (20/02/2012)
  1. Renascer de Jacarepaguá
  2. Portela
  3. Imperatriz Leopoldinense
  4. Mocidade Independente de Padre Miguel
  5. Unidos do Porto da Pedra
  6. Beija-Flor
  7. Unidos de Vila Isabel
  1. São Clemente
  2. União da Ilha do Governador
  3. Acadêmicos do Salgueiro
  4. Estação Primeira de Mangueira
  5. Unidos da Tijuca
  6. Acadêmicos do Grande Rio

Quesitos e julgadores

Foram mantidos os dez quesitos de avaliação dos anos anteriores. A LIESA diminuiu a quantidade de julgadores de cinquenta para quarenta, com quatro jurados por quesito.[27][28][29]

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4
Entre os setores 03 e 03A Setor 06 Setor 08 Setor 10
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Beatriz Badejo Tito Canha Ilclemar Nunes Áurea Hämmerli
Fantasias Sueli Stambowsky Marcelo Marques Clívia Cohen Paulo Paradela
Conjunto Sulamita Trzcina Edileuza Batista de Aleluia Wilson Martinez João Wlamir
Evolução Salete Lisboa Sonia Gallo Luiz Eduardo Resende Carlos Pousa
Alegorias e Adereços Bruno Chateaubriand Walber Ângelo de Freitas Helenise Guimarães Emil Ferreira
Comissão de Frente Paulo César Morato Raphael David Fabiana Valor Marcus Nery Magalhães
Harmonia Célia Souto Nilton Rodrigues Sidnei Martins Dantas Simone Leitão
Bateria Cláudio Luiz Matheus Leandro Osiris Sérgio Naidin Xande Figueiredo
Enredo Flávio Freire Xavier Pérsio Gomyde Brasil Mariza Maline Johnny Soares
Samba-Enredo Célia Souto Alice Serrano Maria Amélia Martins Marta Macedo

NotasEditar

A apuração do resultado foi realizada na tarde da quarta-feira de cinzas, dia 22 de fevereiro de 2012, na Praça da Apoteose. A LIESA promoveu mudanças no julgamento: Apenas a nota menor foi descartada. Nos dois anos anteriores, a menor e a maior eram desconsideradas. A nota mínima passou de oito para nove, podendo ser fracionadas em décimos. A ordem de leitura dos quesitos foi definida em sorteio horas antes do início da apuração.[30][31][27]

Penalizações

  • Beija-Flor perdeu um décimo por não apresentar sua comissão de frente no Módulo 1 de julgadores (Setor 3).
Legenda:      Campeã      Rebaixadas  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4
Escolas
(por ordem de desfile)
Pen. Total
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Fantasias Conjunto Evolução Alegorias e Adereços Comissão de Frente Harmonia Bateria Enredo Samba-Enredo
Domingo J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Renascer 9,8 9,7 9,8 9,7 9,8 9,5 9,6 9,6 9,5 9,7 9,6 9,7 9,6 9,8 9,5 9,7 9,7 9,6 9,6 9,6 9,7 9,5 9,8 9,6 9,6 9,7 9,4 9,6 9,8 9,4 9,7 9,5 9,6 9,7 9,7 9,5 9,6 9,7 9,6 9,6 0 290,2
Portela 10 10 10 10 9,9 9,6 9,9 9,9 9,8 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,8 9,7 9,7 9,7 9,6 9,8 9,8 9,8 10 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 9,7 10 9,7 9,9 9,9 9,8 10 10 10 10 10 0 297,2
Imperatriz 9,9 9,9 9,9 9,8 9,7 9,7 9,9 9,8 9,7 9,8 9,8 9,7 9,9 9,9 9,7 9,7 9,8 9,7 9,8 9,6 9,8 9,8 9,9 9,8 9,8 9,9 9,7 9,8 9,8 9,7 9,9 10 10 9,8 9,8 9,7 9,8 9,8 9,9 9,8 0 295
Mocidade 9,7 9,8 9,8 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 9,8 9,8 9,9 9,9 9,6 9,8 9,8 9,8 9,8 9,9 9,6 9,7 9,9 9,9 9,7 9,8 9,7 9,8 9,9 9,8 9,8 9,8 9,9 10 9,9 9,9 9,8 9,8 9,9 10 0 295,8
P. da Pedra 10 9,8 9,9 9,9 9,6 9,6 9,6 9,5 9,6 9,7 9,9 9,6 9,5 9,9 9,6 9,7 9,6 9,5 9,5 9,2 9,5 9,7 9,9 9,8 9,5 9,8 9,7 9,6 10 10 10 9,9 9,5 9,6 9,5 9,4 9,6 9,7 9,7 9,6 0 291,7
Beija-Flor 10 10 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 9,7 9,9 9,8 10 10 10 10 10 10 10 10 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 10 9,9 10 10 -0,1 298,9
Vila Isabel 10 10 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 9,7 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,8 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 0 299,5
Segunda J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 Pen. Total
S.Clemente 9,7 9,8 9,9 10 9,7 9,6 9,5 9,7 9,8 9,7 9,9 9,9 9,8 9,9 9,8 9,9 9,7 9,6 9,9 9,8 9,6 9,6 9,7 9,7 9,8 9,7 9,8 9,9 9,8 10 9,8 9,7 10 9,8 9,9 9,7 9,8 10 9,8 9,7 0 294,7
U. da Ilha 9,9 9,8 9,8 9,8 10 10 9,9 10 9,7 9,9 9,8 9,6 9,7 9,9 9,8 9,9 9,8 9,8 9,8 9,8 10 9,8 10 9,7 9,7 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 9,7 9,8 9,9 9,9 9,9 9,6 9,9 9,9 9,7 0 296,2
Salgueiro 9,8 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 9,8 10 10 10 9,9 10 9,9 10 10 10 9,8 10 10 9,9 9,9 10 10 10 10 10 9,8 10 10 10 10 10 10 10 9,8 10 10 0 299,7
Mangueira 9,7 9,6 9,9 10 10 9,8 9,8 9,7 10 9,8 9,8 9,9 10 9,7 9,9 9,9 9,7 9,8 9,7 9,7 9,7 9,8 9,7 10 10 9,7 10 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,8 9,8 0 297
Tijuca 10 10 10 10 10 9,7 10 10 10 10 9,9 10 10 10 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 10 10 9,9 10 10 0 299,9
Grande Rio 9,8 9,9 9,9 10 9,8 9,4 9,6 10 10 10 10 9,9 10 10 9,8 9,9 10 10 9,9 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,6 10 10 9,9 9,8 10 10 9,8 10 10 9,8 9,7 9,9 9,7 0 298,3

ClassificaçãoEditar

A Unidos da Tijuca conquistou seu terceiro título de campeã do carnaval carioca com um desfile em homenagem aos cem anos do nascimento do cantor Luiz Gonzaga, morto em 1989. Penúltima escola da segunda noite, a Tijuca apresentou o enredo "O Dia em que Toda a Realeza Desembarcou na Avenida para Coroar o Rei Luiz do Sertão". No enredo, desenvolvido por Paulo Barros, a realeza de todo o mundo chega ao Brasil para a festa de coroação de Luiz Gonzaga como o Rei do Sertão. Dentre os reis retratados no desfile estavam o "Rei" Pelé, a Rainha Elizabeth e o "Rei do Pop", Michael Jackson.[32][33] O carnavalesco conquistou seu segundo título de campeão do carnaval. O título anterior da Tijuca foi conquistado dois anos antes, em 2010. Em 2011, a escola foi vice-campeã.[3][4]

Acadêmicos do Salgueiro ficou com o vice-campeonato por dois décimos de diferença para a campeã. A escola realizou um desfile sobre a literatura de cordel.[34][35] Terceira colocada, a Unidos de Vila Isabel realizou um desfile sobre Angola.[36][7] A carnavalesca Rosa Magalhães inovou apresentando um desfile de temática africana com colorido e leveza.[6] Campeã do ano anterior, a Beija-Flor conquistou o quarto lugar com um desfile sobre a cidade de São Luís do Maranhão.[37] O último setor do desfile homenageou Joãosinho Trinta, morto em dezembro de 2011. O trono onde o carnavalesco desfilaria, na última alegoria da escola, ficou vazio. Joãosinho era natural do Maranhão.[38] Após perder seu carnaval num incêndio em 2011, a Grande Rio se classificou em quinto lugar com um desfile sobre superação.[39][40] Portela conquistou a última vaga do Desfile das Campeãs. Sexta colocada, a escola realizou um desfile sobre festas da Bahia.[41][42]

Estação Primeira de Mangueira foi a sétima colocada com um desfile em homenagem aos cinquenta anos do Cacique de Ramos.[43][44] União da Ilha do Governador ficou classificada em oitavo lugar com um desfile que exaltou Londres e Rio de Janeiro, sedes das Olimpíadas de 2012 e 2016.[45][46] Com uma homenagem ao pintor brasileiro Cândido Portinari, morto em 1962, a Mocidade Independente de Padre Miguel conquistou o nono lugar.[47][48] Imperatriz Leopoldinense obteve seu pior resultado em 24 anos. A escola foi a décima colocada com um desfile em homenagem ao centenário de nascimento do escritor Jorge Amado, morto em 2001.[49][50] Décima primeira colocada, a São Clemente realizou um desfile sobre musicais.[51][52]

Após onze carnavais consecutivos na primeira divisão, a Unidos do Porto da Pedra foi rebaixada para o Grupo A. Apresentando um desfile sobre iogurte, a escola se classificou em 12.º lugar.[53][54] Recém promovida ao Grupo Especial, após vencer o Grupo A em 2011, a Renascer de Jacarepaguá foi rebaixada após se classificar em último lugar. A escola homenageou o pintor pernambucano Romero Britto, que desfilou na última alegoria da agremiação.[55][56][5]

Legenda:      Desfile das Campeãs      Rebaixadas para o Grupo A
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Unidos da Tijuca O Dia em que Toda a Realeza Desembarcou na Avenida para Coroar o Rei Luiz do Sertão Paulo Barros 299,9
2 Acadêmicos do Salgueiro Cordel Branco e Encarnado Renato Lage e Márcia Lage 299,7
3 Unidos de Vila Isabel Você Semba Lá... Que Eu Sambo Cá! O Canto Livre de Angola Rosa Magalhães 299,5
4 Beija-Flor São Luís - O Poema Encantado do Maranhão André Cezari, Fran Sérgio, Laíla, Ubiratan Silva e Victor Santos 298,9
5 Acadêmicos do Grande Rio Eu Acredito em Você! E Você? Cahê Rodrigues 298,3
6 Portela Bahia: E o Povo na Rua Cantando... É Feito Uma Reza, Um Ritual Paulo Menezes 297,2
7 Estação Primeira de Mangueira Vou Festejar! Sou Cacique, Sou Mangueira! Cid Carvalho 297
8 União da Ilha do Governador De Londres ao Rio: Era Uma Vez... Uma Ilha Alex de Souza 296,2
9 Mocidade Independente de Padre Miguel Por Ti, Portinari, Rompendo a Tela, a Realidade Alexandre Louzada 295,8
10 Imperatriz Leopoldinense Jorge, Amado Jorge Max Lopes 295
11 São Clemente Uma Aventura Musical na Sapucaí Fábio Ricardo 294,7
12 Unidos do Porto da Pedra Da Seiva Materna ao Equilíbrio da Vida Jaime Cezário 291,7
13 Renascer de Jacarepaguá O Artista da Alegria Dá o Tom na Folia! Edson Pereira 290,2

Grupo AEditar

O desfile do Grupo A (segunda divisão) foi organizado pela Liga das Escolas de Samba do Grupo de Acesso e realizado a partir das 21 horas do sábado, dia 18 de fevereiro de 2012, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí.[57][58]

Ordem dos desfile

Seguindo o regulamento do concurso, a primeira escola a desfilar foi a campeã do Grupo B (terceira divisão) do ano anterior, Paraíso do Tuiuti. A posição de desfile das demais escolas foi definida através de sorteio realizado no dia 18 de julho de 2011 no Scala.[19][59]

  1. Paraíso do Tuiuti
  2. Acadêmicos da Rocinha
  3. Estácio de Sá
  4. Inocentes de Belford Roxo
  5. Império da Tijuca
  6. Unidos do Viradouro
  7. Acadêmicos de Santa Cruz
  8. Império Serrano
  9. Acadêmicos do Cubango

Quesitos e julgadores

Foram mantidos os dez quesitos de avaliação dos anos anteriores. A LESGA diminuiu a quantidade de julgadores de cinquenta para quarenta, com quatro jurados por quesito. Assim como nos anos anteriores, a coordenação dos julgadores foi mantida a cargo da LESGA.[57]

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4 Suplentes
Bateria Raul Magalhães Chico Donadoni Julio Cesar dos Santos Edson Gonçalves Carlos Eduardo Souza
Claudio Antonio Luiz
Gilcesar Batista
Heitor Campos
Marcelo Amaral
Matheus Carvalho
Michel Mattos
Paulo Cesar Mariotine
Paulo Pereira
Rafael de Oliveira
Sergio Conceição
Sidney de Paula
Enredo Nilton Santos Leandro Teixeira Ricardo Silva Alvanir Avelino
Fantasias Regina Salaroli Maria Isolina dos Santos Vanessa Sant'Ana Odaleia Martins
Evolução Felicíssimo Batista Miguel de Santa Brígida Selmo Macedo Luiz Rogério Nicolau
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Maria Aparecida Lopes Daniel Ghanem Michel Faccini Patrícia Cunha
Comissão de Frente Isabella Xavier Anderson da Silva Oliveira Líndomar Araújo Leandro Dias
Alegorias e Adereços Mônica Neves Teresa Cristina Eduardo Freire Jacqueline Bandeira
Conjunto Fernando Bicudo Ariel Chacar Silésio Amorim Jorge Miguel
Samba-Enredo Luiz Carlos Guimarães Núbio Quaresma Suzane Seiça Eduardo da Silva
Harmonia Pierre Porto Sergio Moreira Luiz Castro Eduardo Fernandes

NotasEditar

A apuração do resultado foi realizada a partir das 19 horas da quarta-feira, dia 22 de fevereiro de 2012, na Praça da Apoteose.[60] De acordo com o regulamento do ano, a menor nota recebida por cada escola, em cada quesito, foi descartada. As notas variam de oito à dez, podendo ser fracionadas em décimos. O desempate entre agremiações que obtiveram a mesma pontuação final foi realizado seguindo a ordem inversa da leitura dos quesitos.

O julgador Michel Faccini, do terceiro módulo do quesito Mestre-Sala e Porta-Bandeira, não lançou nota para a Acadêmicos do Cubango. Conforme previsto no regulamento, foi repetida a maior das outras três notas recebidas pela escola no quesito. O julgador Luiz Carlos Guimarães, do primeiro módulo do quesito Samba-Enredo, não lançou nota para as escolas Estácio de Sá, Império da Tijuca, Império Serrano e Acadêmicos do Cubango. Conforme previsto no regulamento, foi repetida a maior das outras três notas recebidas por cada escola no quesito.[8] A pontuação oficial da Acadêmicos do Cubango, anunciada ao final da apuração, foi de 298 pontos. Porém, o somatório das notas divulgadas é de 297,7. Na tabela baixo consta a pontuação anunciada como oficial.[61]

Penalizações

  • Império Serrano foi penalizado com multa de vinte salários mínimos por ter demorado a levar suas alegorias do barracão para a avenida.
  • Paraíso do Tuiuti e Estácio de Sá foram penalizadas com multa de vinte salários mínimos por terem demorado a retirar suas alegorias da dispersão.
Legenda:      Campeã  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4  *  Repetida a maior nota do quesito
Escolas
(por ordem de desfile)
Total
Bateria Enredo Fantasias Evolução Mestre-Sala e Porta-Bandeira Comissão de Frente Alegorias e Adereços Conjunto Samba-Enredo Harmonia
J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Paraíso do Tuiuti 10 9,8 10 10 10 10 9,9 9,7 9,8 9,7 9,7 9,6 9,8 9,6 9,7 9,6 10 9,8 9,8 9,7 9,8 9,8 9,7 9,7 9,9 9,9 9,9 9,7 9,7 9,9 9,9 9,7 10 10 10 10 9,8 9,9 10 9,8 296
Acadêmicos da Rocinha 9,9 10 10 9,9 10 9,8 9,9 9,8 9,7 9,6 9,8 9,8 9,8 10 9,8 9,8 10 9,8 9,9 9,8 9,9 9,9 10 9,8 9,8 9,7 9,7 9,6 9,9 9,8 9,8 9,7 10 9,9 9,9 9,9 9,8 9,8 9,9 9,9 296,1
Estácio de Sá 10 10 10 10 9,7 9,7 9,7 10 9,7 9,6 9,7 10 9,9 9,8 9,8 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,8 10 9,6 9,7 10 10 9,8 9,8 9,8 10 *9,9 9,9 9,8 9,9 10 10 10 10 297,2
Inocentes de B. Roxo 10 10 10 10 9,8 10 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,8 10 10 10 10 10 10 9,8 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 10 299,6
Império da Tijuca 9,9 10 10 10 10 9,9 9,8 9,8 10 10 10 10 9,9 10 9,8 9,8 9,9 9,9 9,8 9,8 10 10 10 10 10 10 10 10 9,8 10 9,9 9,9 *9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,8 9,9 9,9 298,3
Unidos do Viradouro 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 9,7 9,8 9,6 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,8 9,9 9,8 9,8 9,9 10 9,8 9,8 9,8 9,9 9,8 10 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 10 10 10 10 10 297,8
Acadêmicos de Sta. Cruz 10 10 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 9,8 9,7 9,9 9,9 9,8 10 10 10 10 10 9,7 10 10 297,3
Império Serrano 10 10 10 10 10 10 10 10 9,7 9,6 9,7 10 9,9 10 9,9 10 10 9,8 9,9 10 9,9 9,9 10 10 9,7 9,8 9,7 10 10 9,8 9,8 10 *10 9,8 9,9 10 10 10 10 10 298,3
Acadêmicos do Cubango 10 10 10 10 10 9,9 9,8 9,8 10 10 10 10 9,8 9,8 9,8 9,8 9,9 9,9 *9,9 9,8 10 9,9 9,8 9,9 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 *9,9 9,8 9,9 9,8 9,9 9,8 9,9 9,9 298

ClassificaçãoEditar

Inocentes de Belford Roxo foi campeã com um desfile sobre as lendas e histórias do município de Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Com a vitória, a escola garantiu sua promoção inédita ao Grupo Especial.[8] A apuração das notas foi cercada de polêmicas. Além de algumas notas não lançadas, integrantes de outras escolas protestaram contra o resultado e a campeã chegou a ser vaiada enquanto recebia o troféu.[12] Durante a preparação para o carnaval, circularam, na internet, boatos sobre a possível vitória da Inocentes.[9][5][60] O fato do presidente da escola campeã, Reginaldo Gomes, ser também presidente da liga organizadora do desfile contribuiu para as suspeitas de fraude.[10][11]

Império Serrano e Império da Tijuca tiveram a mesma pontuação final. O desempate, no quesito Harmonia, deu o vice-campeonato ao Império Serrano. A escola homenageou Dona Ivone Lara. Aos 91 anos, a cantora e baluarte da agremiação participou do desfile.[62] Império da Tijuca foi o terceiro colocado com um desfile sobre utopias. Quarta colocada, a Acadêmicos do Cubango realizou um desfile sobre o Barão de Mauá. Unidos do Viradouro obteve a quinta colocação com um desfile sobre o escritor Nelson Rodrigues, morto em 1980. Homenageando o radialista Antônio Carlos, a Acadêmicos de Santa Cruz se classificou um sexto lugar. Homenageando Luma de Oliveira, a Estácio de Sá obteve o sétimo lugar. Oitava colocada, a Acadêmicos da Rocinha realizou um desfile sobre praças. Paraíso do Tuiuti foi a nona colocada homenageando a cantora Clara Nunes, morta em 1983.[63][58]

Últimas colocadas, Rocinha e Paraíso do Tuiuti seriam rebaixadas, mas antes do início da apuração, a LESGA cancelou o descenso, alegando a demora no repasse de verbas da Prefeitura e o despejo das escolas alojadas no Carandiru. A decisão levou a Riotur à descredenciar a LESGA da organização do Grupo A para o ano seguinte.[13][14][15]

Legenda:      Promovida ao Grupo Especial
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos Desempate
1 Inocentes de Belford Roxo Corumbá - Ópera Tupi Guaikuru Wagner Gonçalves 299,6 -
2 Império Serrano Dona Ivone Lara: O Enredo do Meu Samba Mauro Quintaes 298,3 Harmonia
(30 pts)
3 Império da Tijuca Utopias - Viagens aos Confins da Imaginação Severo Luzardo 298,3 Harmonia
(29,8 pts)
4 Acadêmicos do Cubango Barão de Mauá - Sonho de Um Brasil Moderno Jaime Cezário 298 -
5 Unidos do Viradouro A Vida como Ela É, Bonitinha, mas Ordinária... Assim Falou Nelson Rodrigues Alexandre Louzada 297,8 -
6 Acadêmicos de Santa Cruz Nas Ondas do Rádio... Acorda Brasil para Escutar! O Show do Antônio Carlos Está no Ar! Lane Santana 297,3 -
7 Estácio de Sá Luma de Oliveira: Coração de Um País em Festa! Marcus Ferreira 297,2 -
8 Acadêmicos da Rocinha Vou Colocar Teu Nome na Praça Luiz Carlos Bruno 296,1 -
9 Paraíso do Tuiuti A Tal Mineira Jack Vasconcelos 296 -

Grupo BEditar

O desfile do Grupo B (terceira divisão) foi organizado pela Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro e realizado a partir da noite da terça-feira, dia 21 de fevereiro de 2012, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí.[64]

Ordem dos desfile

Seguindo o regulamento do concurso, a primeira escola a desfilar foi a campeã do Grupo C (quarta divisão) do ano anterior, Unidos da Vila Santa Tereza. A posição de desfile das demais escolas foi definida através de sorteio realizado no dia 18 de julho de 2011 no Scala.[19][59]

  1. Unidos da Vila Santa Tereza
  2. União de Jacarepaguá
  3. Sereno de Campo Grande
  4. Alegria da Zona Sul
  5. Arranco
  6. União do Parque Curicica
  7. Mocidade de Vicente de Carvalho
  8. Tradição
  9. Caprichosos de Pilares
  10. Unidos de Padre Miguel
  11. Difícil É o Nome

Quesitos e julgadores

Foram mantidos os dez quesitos de avaliação dos anos anteriores. A quantidade de julgadores diminuiu de cinquenta para quarenta, com quatro jurados por quesito.[64]

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4 Suplentes
Bateria Raul Magalhães Chico Donadoni Julio Cesar dos Santos Edson Gonçalves Carlos Eduardo Souza
Claudio Antonio Luiz
Gilcesar Batista
Heitor Campos
Marcelo Amaral
Matheus Carvalho
Michel Mattos
Paulo Cesar Mariotine
Paulo Pereira
Rafael de Oliveira
Sergio Conceição
Sidney de Paula
Enredo Nilton Santos Leandro Teixeira Ricardo Silva Alvanir Avelino
Fantasias Regina Salaroli Maria Isolina dos Santos Vanessa Sant'Ana Odaleia Martins
Evolução Felicíssimo Batista Miguel de Santa Brígida Selmo Macedo Luiz Rogério Nicolau
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Maria Aparecida Lopes Daniel Ghanem Michel Faccini Patrícia Cunha
Comissão de Frente Isabella Xavier Anderson da Silva Oliveira Líndomar Araújo Leandro Dias
Alegorias e Adereços Mônica Neves Teresa Cristina Eduardo Freire Jacqueline Bandeira
Conjunto Fernando Bicudo Ariel Chacar Silésio Amorim Jorge Miguel
Samba-Enredo Luiz Carlos Guimarães Núbio Quaresma Suzane Seiça Eduardo da Silva
Harmonia Pierre Porto Sergio Moreira Luiz Castro Eduardo Fernandes

NotasEditar

De acordo com o regulamento do ano, a menor nota recebida por cada escola, em cada quesito, foi descartada. As notas variam de oito à dez, podendo ser fracionadas em décimos. Para completar a quarta nota do quesito Enredo, foi a repetida a maior das outras três notas de cada escola. O motivo não foi divulgado. O julgador Anderson da Silva Oliveira, do segundo módulo do quesito Comissão de Frente, não lançou nota para a escola Difícil É o Nome. Conforme previsto no regulamento, foi repetida a maior das outras três notas recebidas pela escola no quesito. A pontuação oficial da Unidos da Vila Santa Tereza, anunciada ao final da apuração, foi de 293,8 pontos. Porém, o somatório das notas divulgadas é de 293,6. Na tabela abaixo consta a pontuação anunciada como oficial.[65]

Penalizações

Legenda:      Campeã  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4  *  Repetida a maior nota do quesito
Escolas
(por ordem de desfile)
Pen. Total
Bateria Enredo Fantasias Evolução Mestre-Sala e Porta-Bandeira Comissão de Frente Alegorias e Adereços Conjunto Samba-Enredo Harmonia
J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Vila Santa Tereza 9,9 9,8 9,8 9,6 10 9,5 9,7 *10 9,3 9,7 9,7 9,8 9,6 9,8 9,4 9,5 9,8 9,6 9,7 9,9 9,8 9,9 9,9 9,8 9,6 9,7 9,8 9,8 9,7 9,7 9,6 9,8 9,9 9,4 9,7 9,9 9,7 9,6 9,8 9,8 0 293,8
União de Jacarepaguá 9,9 10 9,9 9,5 9,7 9,2 9,5 *9,7 9,5 9,8 9,4 9,7 9,6 9,7 9,7 9,7 9,9 9,7 9,7 10 9,9 9,8 10 9,8 9,8 9,7 9,8 9,6 9,8 9,6 9,5 9,8 9,9 9,4 9,6 9,8 9,7 9,6 9,8 9,8 0 293,2
Sereno de C. Grande 9,9 9,9 9,9 9,3 10 9,8 9,9 *10 10 10 9,5 10 9,7 10 9,5 9,9 9,9 9,8 9,8 9,8 9,9 9,9 9,7 10 10 9,8 9,9 9,9 10 9,9 9,8 9,8 9,9 9,4 9,7 9,8 10 10 9,8 9,7 -0,5 296,7
Alegria da Zona Sul 10 10 10 10 10 10 9,9 *10 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,8 10 10 9,9 10 9,4 9,8 9,9 9,8 9,8 10 10 0 299,2
Arranco 9,9 10 9,9 9,8 9,7 9,3 9,3 *9,7 9,7 9,5 9,5 9,2 9,7 9,5 9,8 9,3 9,8 9,5 9,6 9,7 9,9 9,9 9,8 9,7 9,4 9,5 9,7 9,3 10 9,6 9,5 9,4 9,9 9,4 9,9 9,8 9,8 9,7 9,8 9,9 -0,5 291,2
União do P. Curicica 10 9,9 10 10 9,9 9,2 9,7 *9,9 9,8 9,7 9,8 9,8 9,7 9,7 9,9 9,9 10 9,9 9,7 10 10 10 9,9 10 9,6 9,7 9,9 9,8 9,7 9,7 9,7 9,7 10 9,4 9,7 9,9 10 9,6 9,9 9,8 -0,5 295,6
Vicente de Carvalho 10 10 9,9 9,5 9,7 9 9,5 *9,7 9,8 9,7 9,5 9,8 9,5 9,2 9,7 9,6 9,9 9,7 9,8 9,9 9,8 9,9 9,7 9,8 9,6 9,7 9,9 9,8 9,6 9,6 9,4 9,6 9,9 9,8 9,7 9,8 9,6 9,7 9,8 9,6 0 292,8
Tradição 10 10 9,9 9,9 9,8 9,7 9,8 *9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,7 9,8 9,5 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 9,7 9,9 9,8 9,9 9,8 9,9 10 9,9 10 9,9 9,7 9,9 9,9 9,8 9,8 10 10 9,8 9,8 9,8 0 296,3
Caprichosos de Pilares 10 10 10 10 10 10 10 *10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 10 9,8 10 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 0 300
U. de Padre Miguel 10 9,9 10 10 10 9,8 9,9 *10 9,9 10 9,9 10 10 10 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 10 9,4 9,8 10 9,9 9,9 10 9,9 0 298,9
Difícil É o Nome 9,8 9,9 9,8 9,2 9,8 9,6 9,4 *9,8 9,5 9,6 9,6 9,1 9,6 9,7 9,8 9 9,9 10 10 9,7 9,9 *10 10 9,7 9,5 9,6 9,7 9,5 9,7 9,8 9,5 9,5 9,9 9,8 9,8 9,9 9,6 9,7 9,8 9,8 -0,5 292,5

ClassificaçãoEditar

Caprichosos de Pilares foi a campeã, garantindo seu retorno à segunda divisão, de onde foi rebaixada no ano anterior. As oito primeiras colocadas foram promovidas à segunda divisão que, no ano seguinte, estreou um novo formato com dezenove escolas desfilando em dois dias (sexta e sábado).[66] Mocidade de Vicente de Carvalho, Difícil é o Nome e Arranco foram mantidas no Grupo B para o carnaval de 2013.[16][17]

Legenda:      Promovidas à Série A
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Caprichosos de Pilares A Caprichosos Faz o Seu Papel... Levanta, Sacode a Poeira e Dá a Volta por Cima! Amauri Santos 300
2 Alegria da Zona Sul Os Saltimbancos Eduardo Gonçalves 299,2
3 Unidos de Padre Miguel Arte - Um Universo Fascinante Reyla Ravache, Wallacy Vinicyos e Wilsinho Mendes 298,9
4 Sereno de Campo Grande Mistérios e Magia no Sereno da Noite Thiago Avhis 296,7
5 Tradição Ziraldo: Páginas da Vida de Um Maluco Genial! Augusto de Oliveira 296,3
6 União do Parque Curicica As Cartas não Mentem Jamais! Diogo Villa Maior, Felipe Herzog e Raquel Winter 295,6
7 Unidos da Vila Santa Tereza A Vila na Magia dos Brinquedos Alexandre Rangel e Raphael Torres 293,8
8 União de Jacarepaguá O Pequeno Grande Rei Waldecyr Rosas 293,2
9 Mocidade de Vicente de Carvalho Caruarú, a Princesinha do Nordeste! João Hélis, José Carlos e Marquinhos 292,8
10 Difícil É o Nome Flor de Lis - Símbolo Universal! Hoje se Faz Presente no Nosso Carnaval! Luiz Cavalcanthé 292,5
11 Arranco Nasceu, Balançou, Dançou! Marco Antonio Falleiros 291,2

Grupo CEditar

O desfile do Grupo C (quarta divisão) foi organizado pela AESCRJ e realizado a partir da noite do domingo, dia 19 de fevereiro 2012, na Estrada Intendente Magalhães.[67][19]

Ordem dos desfiles
  1. Independente de São João de Meriti (Não desfilou)
  2. Rosa de Ouro
  3. Lins Imperial
  4. Unidos da Ponte
  5. Império da Praça Seca
  6. Unidos da Vila Kennedy
  7. Arrastão de Cascadura
  8. Favo de Acari
  9. Unidos da Villa Rica
  10. Em Cima da Hora
  11. Acadêmicos da Abolição
  12. Acadêmicos do Sossego
  13. Boi da Ilha do Governador
  14. Unidos do Jacarezinho
  15. Unidos do Cabuçu

Quesitos e julgadores

Foram mantidos os dez quesitos de avaliação dos anos anteriores. A quantidade de julgadores diminuiu de cinquenta para quarenta, com quatro jurados por quesito. Assim como no ano anterior, os julgadores foram escolhidos pela AESCRJ em parceria com a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), a Coordenadoria de Projetos Especiais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CooPE-UFRJ) e o Prêmio S@mba-Net. Os julgadores participaram de um curso ministrado pelos coordenadores do S@mba-Net na ESPM. Os mesmos julgadores avaliaram também os Grupos D e E.[67]

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4
Alegorias e Adereços Rodrigo Caetano Thiago Saldanha Lacerda Guy Alexandre Costa Cristiane Ferraz
Bateria Jeferson Monteiro Ygor de Menezes Thiago F. Aquino Cláudio Francioni
Comissão de Frente Sandra C. T. Santos Zaira  F. Bosco Renato Neves Adriano José de Lacerda Rodrigues
Conjunto Carlos Eduardo Ribeiro José Geraldo da Rocha France Beatriz Márcia Furtado Alves
Enredo Vinicius Ferreira Natal Eduardo P. Nunes Maria Inês Castro Azevedo Célio Franco
Evolução Raienne Vasco Silva Marcelo Camões Cristiano Cardoso Stephanie Andreas
Fantasias Hugo C. Ribeiro Vania Oliveira Garrido Diana de Souza Katsivalis Karla Casa Grande
Harmonia Thiago Oliveira da Motta Sampaio Elizabeth Magalhães Lopes Flavia Gomes Azevedo Orlando Lemos
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Maria de Fátima Malheiros Arthur Marinho S. Filho Isabel Cristina da Silva Teixeira Sandra Regina Rodrigues
Samba-Enredo Sheila Neves do Rego Elaine Jose da Silva Fernando A. Gama Jonas A. Candido

ClassificaçãoEditar

Unidos do Jacarezinho foi campeã com um desfile em homenagem ao cantor Nelson Sargento. Com a vitória, a escola foi promovida à segunda divisão, que em 2013 estreou um novo formato unindo os grupos A e B. O Jacarezinho estava afastado da segunda divisão desde 2000, quando foi rebaixado do Grupo A.[68]

As escolas classificadas entre o segundo e o décimo lugar foram promovidas ao Grupo B. Arrastão de Cascadura, Unidos do Cabuçu, Acadêmicos da Abolição e Lins Imperial foram mantidas no Grupo C para o carnaval do ano seguinte. Independente de São João de Meriti não desfilou. A escola encerrou suas atividades após o carnaval.[16][17]

Legenda:      Promovida à Série A      Promovidas ao Grupo B
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Unidos do Jacarezinho O Samba Agoniza, mas não Morre. Nelson Sargento da Mangueira e Também do Jacaré! Eduardo Gonçalves 299,7
2 Unidos da Villa Rica Do Reino do Sol ao Bairro Imperial - Feira de São Cristóvão: o Nordeste É Aqui! Raphael Homem e Regis Kammura 299
3 Unidos da Vila Kennedy Vila Kennedy Conta e Canta os Mistérios e Lendas do Arco–íris Josimar Vieira 298,7
4 Em Cima da Hora Simplesmente... Amor Marco Antonio Falleiros 298,3
5 Império da Praça Seca Os Grandes Impérios! Denis Colares e Marcio Puluker 298,1
6 Acadêmicos do Sossego Tupã, o Soberano Guarani e a Encantadora Floresta da Magia Fabianno Santana 298,1
7 Favo de Acari A Criação do Mundo, Através dos Deuses da Mitologia Grega Nelson Costa 297,7
8 Unidos da Ponte Vida que te Quero Viva
(Reedição do próprio enredo de 1989)
Ricardo Paulino 297,6
9 Rosa de Ouro Itatiaia - Paraíso turístico e cultural Humberto Abrantes 297,3
10 Boi da Ilha do Governador Fim - Recomeço Divino. Até Quando? Guilherme Alexandre 295,3
11 Arrastão de Cascadura Patrícia Amorim: A Majestade Rubro-negra! Fábio Santos 294,6
12 Unidos do Cabuçu Cabuçu, Dá a Elza na Avenida! Marco Aramha e Marcyo de Olliveira 294,4
13 Acadêmicos da Abolição De Acompanhante à Prato Principal, a Abolição Vem Mostrar o Arroz no Carnaval! Levi Cintra e Renata Caulliraux 291,6
14 Lins Imperial Somos Parte da Terra... Assim Como Ela Faz Parte de Nós André Marins 287,6

Grupo DEditar

O desfile do Grupo D (quinta divisão) foi organizado pela AESCRJ e realizado a partir da noite da segunda-feira, dia 20 de fevereiro de 2012, na Estrada Intendente Magalhães.[19][69]

Ordem dos desfiles
  1. Flor da Mina do Andaraí
  2. Unidos de Cosmos
  3. Vizinha Faladeira
  4. Acadêmicos do Engenho da Rainha
  5. Unidos do Anil
  6. Mocidade Unida de Jacarepaguá
  7. Unidos de Lucas
  8. Leão de Nova Iguaçu
  9. Acadêmicos de Vigário Geral
  10. Unidos de Manguinhos
  11. Gato de Bonsucesso
  12. Corações Unidos do Amarelinho
  13. Acadêmicos do Dendê

Quesitos e julgadores

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4
Alegorias e Adereços Rodrigo Caetano Thiago Saldanha Lacerda Guy Alexandre Costa Cristiane Ferraz
Bateria Jeferson Monteiro Ygor de Menezes Thiago F. Aquino Cláudio Francioni
Comissão de Frente Sandra C. T. Santos Zaira  F. Bosco Renato Neves Adriano José de Lacerda Rodrigues
Conjunto Carlos Eduardo Ribeiro José Geraldo da Rocha France Beatriz Márcia Furtado Alves
Enredo Vinicius Ferreira Natal Eduardo P. Nunes Maria Inês Castro Azevedo Célio Franco
Evolução Raienne Vasco Silva Marcelo Camões Cristiano Cardoso Stephanie Andreas
Fantasias Hugo C. Ribeiro Vania Oliveira Garrido Diana de Souza Katsivalis Karla Casa Grande
Harmonia Thiago Oliveira da Motta Sampaio Elizabeth Magalhães Lopes Flavia Gomes Azevedo Orlando Lemos
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Maria de Fátima Malheiros Arthur Marinho S. Filho Isabel Cristina da Silva Teixeira Sandra Regina Rodrigues
Samba-Enredo Sheila Neves do Rego Elaine Jose da Silva Fernando A. Gama Jonas A. Candido

ClassificaçãoEditar

Unidos de Lucas foi campeã com dois décimos de diferença para a Mocidade Unida de Jacarepaguá. Devido à reorganização dos grupos de acesso, a Unidos de Lucas foi promovida à terceira divisão, de onde estava afastada desde 2008. As escolas classificadas entre o segundo e o sétimo lugar foram promovidas ao Grupo C. As demais agremiações, do oitavo ao 13.º lugar, foram mantidas no Grupo D para o carnaval de 2013.[16][17]

Legenda:      Promovida ao Grupo B      Promovidas ao Grupo C
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Unidos de Lucas Hoje Tem Alegria? Tem sim Senhor... Um Mundo Circense, Uma História Alegre na Intendente... Leandro de Paula (Lelê) 299,7
2 Mocidade Unida de Jacarepaguá Xangô, Rei de Oyó - O Orixá da Justiça Leandro Mourão 299,5
3 Acadêmicos de Vigário Geral Abdias Nascimento: Uma Vida de Lutas Afonso Delano e Vinicius Vaitsmann 299,1
4 Acadêmicos do Dendê Loucos pela Ilha Carlos Carvalho 298,7
5 Acadêmicos do Engenho da Rainha Minha Alma Canta... O Engenho da Rainha Mostra. O Orgulho de Ser Carioca! Dellauhá Cammpos 298,7
6 Corações Unidos do Amarelinho A Força da Nossa União Renato Bandeira 297,5
7 Gato de Bonsucesso Cabo Frio - Terra da Costa do Sol. Santuário Cristalino Adriana Freitas 297,3
8 Unidos de Cosmos Yuri Gagarin Volta ao Cosmos Raphael Ladeira 296,6
9 Leão de Nova Iguaçu De Maxambomba à Nova Iguaçu... Um Caminho de Glórias Rumo ao Futuro Amauri Santos 295,4
10 Unidos do Anil O Poder do Guaraná Inácio e Julia 294,4
11 Unidos de Manguinhos Manguinhos Canta: Mulheres Mangueirenses, Orgulho da Comunidade, Orgulho da Nação... Diângelo Fernandes 293
12 Vizinha Faladeira A Essência da Vida...O Progresso Social Sob a Liberdade e a Igualdade Carlos Cavalliere e Newton Ribeiro 291,7
13 Flor da Mina do Andaraí Eternamente, Tia Zica da Mangueira Rodrigo Sampaio 286,7

Grupo EEditar

O desfile do Grupo E (sexta divisão) foi organizado pela AESCRJ e realizado a partir da noite da terça-feira, dia 21 de fevereiro de 2012, na Estrada Intendente Magalhães.[19][70]

Ordem dos desfiles
  1. Canários das Laranjeiras
  2. Unidos do Cabral
  3. Boca de Siri
  4. Mocidade Independente de Inhaúma
  5. Paraíso da Alvorada (Não desfilou)
  6. União de Vaz Lobo
  7. Matriz de São João de Meriti
  8. Chatuba de Mesquita
  9. Mocidade Unida do Santa Marta
  10. Delírio da Zona Oeste
  11. Arame de Ricardo
  12. Imperial de Nova Iguaçu

Quesitos e julgadores

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4
Alegorias e Adereços Rodrigo Caetano Thiago Saldanha Lacerda Guy Alexandre Costa Cristiane Ferraz
Bateria Jeferson Monteiro Ygor de Menezes Thiago F. Aquino Cláudio Francioni
Comissão de Frente Sandra C. T. Santos Zaira  F. Bosco Renato Neves Adriano José de Lacerda Rodrigues
Conjunto Carlos Eduardo Ribeiro José Geraldo da Rocha France Beatriz Márcia Furtado Alves
Enredo Vinicius Ferreira Natal Eduardo P. Nunes Maria Inês Castro Azevedo Célio Franco
Evolução Raienne Vasco Silva Marcelo Camões Cristiano Cardoso Stephanie Andreas
Fantasias Hugo C. Ribeiro Vania Oliveira Garrido Diana de Souza Katsivalis Karla Casa Grande
Harmonia Thiago Oliveira da Motta Sampaio Elizabeth Magalhães Lopes Flavia Gomes Azevedo Orlando Lemos
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Maria de Fátima Malheiros Arthur Marinho S. Filho Isabel Cristina da Silva Teixeira Sandra Regina Rodrigues
Samba-Enredo Sheila Neves do Rego Elaine Jose da Silva Fernando A. Gama Jonas A. Candido

ClassificaçãoEditar

Em seu primeiro ano como escola de samba, Boca de Siri sagrou-se campeã do Grupo E. A escola teve a mesma pontuação final que a Chatuba de Mesquita, conquistando o campeonato no quesito de desempate. Devido à reorganização dos grupos de acesso, a escola foi promovida ao Grupo C.

As escolas classificadas entre o segundo e o sexto lugar foram promovidas ao Grupo D. Últimas colocadas, Unidos do Cabral, Imperial de Nova Iguaçu, União de Vaz Lobo, Delírio da Zona Oeste e Canários das Laranjeiras foram rebaixadas para o Grupo 1 dos blocos de enredo. Paraíso da Alvorada não se apresentou para o desfile e também foi rebaixada.[16][17]

Legenda:      Promovida ao Grupo C      Promovidas ao Grupo D      Rebaixadas para o Grupo 1 dos Blocos
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Boca de Siri Personalidade Mulher Valério Guidinelle 299,9
2 Chatuba de Mesquita Seja Lenda ou Seja História, se Você Contar Eu Acredito Alexandre Costa, Lino Salles e Marcus Do Val 299,9
3 Mocidade Unida do Santa Marta A Arte de se Expressar Através da Arte Jorge Knnawer 299
4 Matriz de São João de Meriti Cor É Luz! Cor É Magia! Cor que Ilumina a Vida Carlinhos Muvuca 299
5 Arame de Ricardo Com Prazer... Hiram Araújo! Ney Junior 298,4
6 Mocidade Independente de Inhaúma O Filho do Imperador, Jorginho de Todos os Sambas Luiz Fernando de Oliveira 297,3
7 Unidos do Cabral Não Há Luar como Este do Sertão Delfim Rodrigues 294,6
8 Imperial de Nova Iguaçu Da Coroa da Criação À Um Grito de Liberdade! José Ramos 293,6
9 União de Vaz Lobo De Fato Nilopolitana Ivam Carneiro, Raphael Heide e Renato Lyra 287,8
10 Delírio da Zona Oeste Zona Oeste no Delírio das Lendas e Mitos da Mágica Amazônia Léo Mídia 282,3
11 Canários das Laranjeiras Sou da Terra, Sou do Reino, Sou Canários de Laranjeiras! Agnaldo Corrêa 274
Paraíso da Alvorada (Não desfilou)

MirinsEditar

O desfile das escolas mirins foi organizado pela Associação das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro (AESM-Rio) e realizado no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, a partir das 17 horas e 30 minutos da sexta-feira, dia 17 de fevereiro de 2012. As escolas mirins não são julgadas.[71][63]

Ordem dos desfiles Escola Enredo
1 Inocentes da Caprichosos Água pra Benzer, Água pra Beber, Água pra Banhar. Só não Pode Faltar! A Inocentes Bebe Dessa Fonte
2 Aprendizes do Salgueiro Brincando... O Aprendizes Pinta a Vida com Mais Cor
3 MEL do Futuro Brasil Mostra a Sua Cara em ... Theatrum Rerum Naturalium Brasiliae
(Reedição do enredo de 1999 da Imperatriz Leopoldinense)
4 Infantes do Lins Esporte, Educação... Brincar Faz Bem à Vida e ao Coração
5 Corações Unidos do Ciep Me Conta Quantas Contas que Eu Te Conto Quantos Contos
6 Ainda Existem Crianças na Vila Kennedy Lapa em Três Tempos
(Reedição do enredo de 1971 da Portela)
7 Nova Geração do Estácio de Sá A Nova Geração Recicla o Sonho da Salvação do Mundo
8 Império do Futuro Todo Menino É Um Rei, Toda Mulher É Guerreira
9 Herdeiros da Vila A Herdeiros Viaja Pelo Brasil em Festa
10 Filhos da Águia Reconstruindo a Natureza, Recriando a Vida o Sonho Vira Realidade
(Reedição do enredo de 2008 da Portela)
11 Miúda da Cabuçu Marrom Canta e Pensa no Futuro das Nossas Crianças
12 Pimpolhos da Grande Rio As Maravilhas da Pequena África
13 Mangueira do Amanhã Chico Buarque da Mangueira
(Reedição do enredo de 1999 da Mangueira)
14 Golfinhos da Guanabara Gente Inteligente Cuida do Meio Ambiente
15 Tijuquinha do Borel É Hoje o Dia! A Tijuquinha Festeja a Cidadania com Muita Energia
16 Petizes da Penha Eita Nordeste da Peste! De Xote, Xaxado e Baião, a Petizes Vem Mostrar as Riquezas Deste Chão
17 Estrelinha da Mocidade A Novidade Vem Lá de Padre Miguel, Estrelinha 20 Anos a Despontar no Céu – Uma Fábula de Carnaval

Desfile das CampeãsEditar

O Desfile das Campeãs foi realizado a partir da noite do sábado, dia 25 de fevereiro de 2012, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí. Participaram do desfile as seis primeiras colocadas do Grupo Especial.[72]

Ordem dos desfiles
  1. Portela
  2. Acadêmicos do Grande Rio
  3. Beija-Flor
  4. Unidos de Vila Isabel
  5. Acadêmicos do Salgueiro
  6. Unidos da Tijuca

Blocos de enredoEditar

Os desfiles foram organizados pela Federação dos Blocos Carnavalescos do Estado do Rio de Janeiro (FBCERJ).

Grupo 1Editar

O desfile do Grupo 1 foi realizado a partir das 20 horas do sábado, dia 18 de fevereiro de 2012, na Avenida Rio Branco.[73]

Ordem dos desfiles
  1. Infantes da Piedade (Não desfilou)
  2. União de Guaratiba
  3. Unidos do Uraiti
  4. Boêmios de Inhaúma (Não desfilou)
  5. Unidos das Vargens
  6. Magnatas de Engenheiro Pedreira
  7. Flor da Primavera
  8. União da Ponte
  9. Coroado de Jacarepaguá
  10. Tradição Barreirense de Mesquita

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 1.[74]

Legenda:      Campeão      Rebaixados  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2
Blocos
(por ordem de desfile)
Crono. Comp. Conc. Bonif. Total
Bateria Samba-Enredo Evolução Fantasias Abre-Alas Alegoria Enredo Estandarte Coreografia de M.Sala e P.Estandarte
J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2
União de Guaratiba 10 10 8 8 8 8 8 8 8 8 9 8 9 9 9 9 8 8 5 0 0 8 166
Unidos do Uraiti 9 9 9 10 9 9 8 8 10 10 9 8 9 9 10 10 9 9 5 0 0 4 173
Unidos das Vargens 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9 9 10 10 5 5 5 10 203
Magnatas de Eng. Ped. 9 9 8 8 8 9 8 8 10 10 9 9 9 9 8 8 9 9 5 0 5 7 174
Flor da Primavera 10 10 9 10 9 9 8 8 10 10 10 10 9 9 10 10 10 10 5 5 5 10 198
União da Ponte 10 10 10 10 10 10 9 9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 5 5 5 10 205
Coroado de Jacarepaguá 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 5 5 5 10 205
Tradição B. de Mesquita 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 5 5 5 10 205

ClassificaçãoEditar

Tradição Barreirense de Mesquita foi o campeão, sendo promovido ao Grupo D das escolas de samba. Tradição, Coroado de Jacarepaguá e União da Ponte tiveram a mesma pontuação final. O desempate ocorreu por sorteio.[18]

Legenda:      Campeão      Rebaixados para o Grupo 2  *  Sem informação disponível
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Tradição Barreirense de Mesquita O Comendador do Samba Osmar Costa 205
2 Coroado de Jacarepaguá Quem São Vocês? Muito Prazer! Somos Artistas da Ruas! Comissão de Carnaval 205
3 União da Ponte Feitiço Comissão de Carnaval 205
4 Unidos das Vargens Uma Prova de Amor Thiago Avhis 203
5 Flor da Primavera Quem Tem Dinheiro Pode, Quem não Tem se Sacode! Dinheiro, Um Mundo de Poder Fabiano Ferraro e Comissão de Carnaval 198
6 Magnatas de Engenheiro Pedreira Na Dança do Setembro Renato Cézar 174
7 Unidos do Uraiti A Fauna, a Flora e a Paz, Cor da Nossa História. Verde e Branco a Matiz de Um Ideal José Luiz Pereira de Figueiredo 173
8 União de Guaratiba Lapa o Berço da Boemia Carioca, Lapa de Hoje, a Lapa de Outrora, a Lapa que Revivemos Agora Comissão de Carnaval 166
Infantes da Piedade (Não desfilou)
Boêmios de Inhaúma (Não desfilou)

Grupo 2Editar

O desfile do Grupo 2 foi realizado a partir das 20 horas do sábado, dia 18 de fevereiro de 2012, na Estrada Intendente Magalhães.[73]

Ordem dos desfiles
  1. Falcão Dourado (Não desfilou)
  2. Raízes da Tijuca
  3. Simpatia do Jardim Primavera
  4. Colibri de Mesquita
  5. Novo Horizonte
  6. Bloco do Barriga
  7. Império do Gramacho
  8. Amizade da Água Branca
  9. Unidos da Laureano
  10. Unidos do Alto da Boa Vista

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 2.[75]

Legenda:      Campeão      Rebaixados  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2
Blocos
(por ordem de desfile)
Crono. Comp. Conc. Bonif. Total
Bateria Samba-Enredo Evolução Fantasias Abre-Alas Enredo Estandarte Coreografia de M.Sala e P.Estandarte
J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2
Raízes da Tijuca 10 10 10 10 9 9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 5 0 5 9 177
Simpatia do Jardim P. 8 8 8 8 8 8 9 9 10 10 9 9 10 10 9 9 5 0 5 10 162
Colibri de Mesquita 10 9 10 10 10 10 10 10 9 9 10 10 10 10 10 10 5 5 5 10 182
Novo Horizonte 9 10 10 10 9 9 9 9 10 10 9 9 10 10 8 8 5 0 5 10 169
Bloco do Barriga 9 9 10 10 8 8 8 8 9 9 9 9 10 10 9 9 5 0 5 10 164
Império do Gramacho 10 10 9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9 9 5 5 5 10 182
Amizade da Água Branca 9 8 8 8 8 8 9 9 9 9 9 9 10 10 9 9 5 0 5 10 161
Unidos da Laureano 10 10 10 10 9 9 10 10 10 10 10 10 9 9 10 10 5 0 5 9 175
U. do Alto da Boa Vista 10 10 10 10 10 10 10 10 9 9 10 10 10 10 10 10 5 0 5 10 178

ClassificaçãoEditar

Império do Gramacho foi o campeão, sendo promovido ao Grupo 1.[18]

Legenda:      Promovido ao Grupo 1      Rebaixados para o Grupo 3
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Império do Gramacho Radiante Eu Vou a Maior Festa do Mundo, o Carnaval! Comissão de Carnaval 182
2 Colibri de Mesquita A Saga da Tribo Jacutinga na História de Mesquita Francisco Lopes 182
3 Unidos do Alto da Boa Vista A Fonte Encantada do Samba Comissão de Carnaval 178
4 Raízes da Tijuca Cinema do Princípio Documental dos Irmãos Lumière, a Criação de Novos Universos Oníricos. A História do Cinema Suely da Conceição Silva 177
5 Unidos da Laureano Reino Africano no Brasil Jacir Roberto Guimarães 175
6 Novo Horizonte Na Terra Brasilis, Todo Dia É Dia de Índio Alexandre Machado 169
7 Bloco do Barriga Viva e Deixe-me Viver Raphael Ladeira 164
8 Simpatia do Jardim Primavera Alegria, É Carnaval Chico Salgado 162
9 Amizade da Água Branca Amazonas, Terra Santa Flávio Ribeiro 161
Falcão Dourado (Não desfilou)

Grupo 3Editar

O desfile do Grupo 3 foi realizado a partir das 22 horas do sábado, dia 18 de fevereiro de 2012, na Rua Cardoso de Morais.[73]

Ordem dos desfiles
  1. Bloco do China
  2. Esperança de Nova Campina
  3. Grilo de Bangu
  4. Mocidade Unida de Manguariba
  5. Oba-Oba do Recreio
  6. Unidos de Tubiacanga
  7. Campinho Imperial (Não desfilou)
  8. Mocidade Unida da Mineira
  9. Cometas do Bispo

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 3.[76]

Legenda:      Campeão      Rebaixado
Blocos
(por ordem de desfile)
Crono. Comp. Conc. Bonif. Total
Bateria Samba-Enredo Evolução Fantasias Abre-Alas Enredo Estandarte Coreografia de M.Sala e P.Estandarte
Bloco do China 10 10 9 9 10 9 10 10 5 5 5 9 101
Esperança de Nova Camp. 10 9 9 10 9 10 10 10 5 0 5 9 96
Grilo de Bangu 10 9 9 8 9 9 9 10 5 5 5 10 98
Mocidade de Manguariba 10 10 10 9 10 10 10 9 5 5 5 10 103
Oba-Oba do Recreio 10 10 9 9 9 10 9 10 5 5 5 10 101
Unidos de Tubiacanga 9 9 10 9 9 10 8 9 5 5 5 9 97
Mocidade da Mineira 10 10 10 9 10 9 10 10 5 5 5 7 100

ClassificaçãoEditar

Mocidade Unida de Manguariba foi o campeão, sendo promovido ao Grupo 2. Cometas do Bispo foi desclassificado por desfilar com menos de 50% da quantidade mínima de componentes exigida pelo regulamento.[18]

Legenda:      Promovido ao Grupo 2      Rebaixados para o Grupo 4
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Mocidade Unida de Manguariba Meu Carnaval É Rosa! Galileu Santos e Sérgio Falcão 103
2 Bloco do China Alegria, Alegria, a Folia que Me Contagia Comissão de Carnaval 101
3 Oba-Oba do Recreio JCN, de Ubá ao Mundo do Samba Luiz Macedo 101
4 Mocidade Unida da Mineira Saltei na Estação Errada Jacks Ribeiro de Sousa e Comissão de Carnaval 100
5 Grilo de Bangu Histórias do Tempo da Vovó Cristiano "Boquinha" 98
6 Unidos de Tubiacanga Do Criador Veio o Artista, como Artista Carnaval, Guilherme Alexandre Fenomenal Josemar de A. Santos 97
7 Esperança de Nova Campina Lendas de Xangô Sandra Braganholo 96
6 Cometas do Bispo Baila Comigo Rui Xavier Desclassificado
(Artigo 5)
Campinho Imperial (Não desfilou)

Grupo 4Editar

O desfile do Grupo 4 foi realizado a partir das 20 horas do sábado, dia 18 de fevereiro de 2012, na Rua Cardoso de Morais.[73]

Ordem dos desfiles
  1. Arranco da Guarany de Piabetá
  2. Tigre de Bonsucesso (Não desfilou)
  3. Roda Quem Pode
  4. Unidos de Parada Angélica
  5. Chora na Rampa

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 4.[77]

Blocos
(por ordem de desfile)
Crono. Comp. Conc. Bonif. Total
Bateria Samba-Enredo Evolução Fantasias Abre-Alas Enredo Estandarte Coreografia de M.Sala e P.Estandarte
Arranco da G. de Piabetá 10 9 8 9 8 8 8 8 5 5 0 8 86
Roda Quem Pode 10 8 10 9 9 9 9 8 5 5 0 4 86
Unidos de P. Angélica 10 10 9 9 10 10 10 10 5 5 5 8 101
Chora na Rampa 10 10 10 10 10 10 9 10 5 5 5 10 104

ClassificaçãoEditar

Chora na Rampa foi o campeão, sendo promovido ao Grupo 3. Tigre de Bonsucesso não desfilou.[18]

Legenda:      Promovido ao Grupo 3
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Chora na Rampa Danças, Ritmos e Festas das Regiões do Meu Brasil Felipe Costa Machado 104
2 Unidos de Parada Angélica Sou Criança, Sou Feliz, Mistério da Vida Jamelão Roberto Alves Fonseca 101
3 Arranco da Guarany de Piabetá Negro Sim e com Muito Orgulho! Almir Gomes da Costa (Mika) 86
4 Roda Quem Pode Sou o Carnaval! Comissão de Carnaval 86

Referências

  1. a b «Prefeitura do Rio dá início às obras de ampliação do Sambódromo». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2016 
  2. a b «Novo sambódromo do Rio terá 12,5 mil lugares a mais em 2012». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2011 
  3. a b «Unidos da Tijuca é a campeã do carnaval carioca 2012». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  4. a b «Unidos da Tijuca é a campeã do Carnaval carioca de 2012». Portal Terra. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2016 
  5. a b c «2012: Tijuca coroa o rei do Sertão e leva a glória». Pedro Migão - Ouro de Tolo. Consultado em 25 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 23 de junho de 2017 
  6. a b «Estandarte de Ouro 2012». Site do Jornal O Globo. Consultado em 26 de março de 2017. Cópia arquivada em 17 de outubro de 2016 
  7. a b «Vila Isabel é saudada como campeã na Sapucaí». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2016 
  8. a b c «Inocentes de Belford Roxo vence Acesso e estreia no Especial em 2013». Portal G1. Consultado em 1 de junho de 2018. Cópia arquivada em 9 de setembro de 2017 
  9. a b «Presidente do grupo de acesso do Rio: "A escola de samba é meu braço político"». IG. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2016 
  10. a b «Após polêmica, Inocentes de Belford Roxo vai para a elite». Folha de São Paulo. Consultado em 18 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2018 
  11. a b «Inocentes de Belford Roxo sobe para Grupo Especial do Rio». Veja. Consultado em 18 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2018 
  12. a b «Inocentes de Belford Roxo é vaiada ao receber troféu». Portal IG. Consultado em 5 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2016 
  13. a b «Riotur não reconhece mais Lesga como organizadora do Acesso A». Portal IG. Consultado em 5 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2016 
  14. a b «Lesga não organiza mais desfiles do Grupo de Acesso A, diz Riotur». Portal G1. Consultado em 27 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2017 
  15. a b «Prefeitura rompe relações com a Lesga e pode até anular resultado no Grupo de Acesso». Site do Jornal Extra. Consultado em 9 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 2 de maio de 2012 
  16. a b c d e «Resultado 2012». Site Galeria do Samba. Consultado em 17 de abril de 2018. Cópia arquivada em 23 de março de 2021 
  17. a b c d e «Resultado 2012». Site Apoteose. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  18. a b c d e «Resultado 2012 – Blocos de Enredo». FBCERJ. Consultado em 8 de maio de 2018. Arquivado do original em 26 de janeiro de 2017 
  19. a b c d e f «Ordem dos Desfiles 2012». Site Apoteose. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  20. «Liesa anuncia mudanças na apuração do Grupo Especial do RJ». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 31 de maio de 2018 
  21. «Confira regras para apuração do desfile das escolas do Rio». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2012 
  22. «Sambódromo do Rio é reinaugurado a uma semana dos desfiles». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  23. «Morre no Rio o arquiteto Oscar Niemeyer». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2018 
  24. «Definidos os pares para o sorteio do Grupo Especial». LIESA. 17 de junho de 2011. Consultado em 22 de março de 2021. Arquivado do original em 11 de julho de 2011 
  25. «Sorteio define ordem de desfile do Grupo Especial para o Carnaval 2012». LIESA. 7 de julho de 2011. Consultado em 22 de março de 2021. Arquivado do original em 11 de julho de 2011 
  26. «Escolas de samba definem ordem de desfile do carnaval carioca de 2012». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 14 de junho de 2015 
  27. a b «Notas 2012». Galeria do Samba. Consultado em 1 de junho de 2017. Cópia arquivada em 23 de março de 2021 
  28. «Resultado 2012 – Grupo 1». Site Academia do Samba. Consultado em 6 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2017 
  29. «Julgadores Grupo Especial 2012». LIESA. Consultado em 23 de março de 2021. Arquivado do original em 23 de março de 2021 
  30. «Veja as notas da apuração do desfile do Grupo Especial do Rio». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  31. «Notas 2012 – Grupo Especial». Site Apoteose. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  32. «Unidos da Tijuca celebra os cem anos de Luiz Gonzaga». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2017 
  33. «Unidos da Tijuca de Paulo Barros confirma seu favoritismo». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  34. «Salgueiro canta a literatura de cordel em desfile 'arretado' na Sapucaí». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  35. «Salgueiro corre contra o tempo, mas apresenta belo desfile». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  36. «Vila Isabel faz tributo a Martinho e canta origens angolanas do samba». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 13 de setembro de 2017 
  37. «Beija-Flor de Nilópolis faz ótimo desfile e está na briga pelo título». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 31 de maio de 2018 
  38. «Beija-Flor resgata 'Cristo mendigo' para reverenciar Joãosinho Trinta». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  39. «Grande Rio fecha carnaval do Rio com enredo sobre superação». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  40. «Grande Rio emociona ao cantar a superação na Avenida». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  41. «Portela festeja Clara Nunes e leva o carnaval do Pelourinho à Sapucaí». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  42. «Portela cantou a Bahia e emocionou público com belo desfile». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 31 de maio de 2018 
  43. «Mangueira ousa na homenagem ao Cacique de Ramos». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  44. «Mangueira forma bloco com público e canta 50 anos do Cacique de Ramos». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  45. «União da Ilha fez bela homenagem à cidade de Londres». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  46. «União da Ilha reconta a história da Inglaterra em samba na Sapucaí». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  47. «Abre-alas desvia em desfile sobre Portinari e dá trabalho à Mocidade». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 26 de outubro de 2017 
  48. «Mocidade faz linda homenagem a Portinari, mas falha no abre-alas atrapalhou a escola». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  49. «Imperatriz exalta centenário de Jorge Amado em desfile na Sapucaí». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  50. «Imperatriz tem problemas em carros alegóricos, mas empolga com a bateria». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  51. «São Clemente cria 'Broadway brasileira' e abre a 2ª noite na Sapucaí». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  52. «São Clemente canta os musicais na Sapucaí». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  53. «Porto da Pedra faz carnaval inusitado com enredo sobre leite e iogurte». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  54. «Porto da Pedra se esforça na Avenida para tirar leite de samba». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  55. «Renascer de Jacarepaguá não empolga em sua estreia no Grupo Especial». O Globo. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  56. «Renascer abre desfiles do Rio com homenagem a Romero Britto». Portal G1. Consultado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 23 de junho de 2016 
  57. a b «Resultado 2012 – Grupo 2». Site Academia do Samba. Consultado em 17 de abril de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  58. a b «Inocentes canta Corumbá e Estácio faz cortejo carnavalesco na Sapucaí». Portal G1. Consultado em 1 de junho de 2018. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2012 
  59. a b «Agremiações dos Grupos A e B já sabem a ordem de apresentação». LIESA. 19 de julho de 2011. Consultado em 23 de março de 2021. Arquivado do original em 8 de janeiro de 2012 
  60. a b «Inocentes de Belford Roxo sobe para o Especial: Resultado foi antecipado em redes sociais e causa polêmica; Lesga surpreende e anuncia que nenhuma escola cairá». O Globo. 23 de fevereiro de 2012. p. 14. Consultado em 14 de novembro de 2019. Arquivado do original em 14 de novembro de 2019 
  61. «Notas 2012 – Grupo A». Site Apoteose. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  62. «Passarela se rende às mulheres: Dona Ivone Lara e Luma de Oliveira empolgam platéia, que vibra com Império Serrano». O Globo. 20 de fevereiro de 2012. p. 8. Consultado em 14 de novembro de 2019. Arquivado do original em 14 de novembro de 2019 
  63. a b «Mirins põem o novo Sambódromo à prova; Em busca de um lugar de volta à elite do samba». O Globo. 18 de fevereiro de 2012. p. 14. Consultado em 23 de março de 2021. Arquivado do original em 23 de março de 2021 
  64. a b «Resultado 2012 – Grupo 3». Site Academia do Samba. Consultado em 17 de abril de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  65. «Notas 2012 – Grupo B». Site Apoteose. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  66. «Série A do Grupo de Acesso estreia novo formato no carnaval do Rio». Portal G1. Consultado em 27 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2012 
  67. a b «Resultado 2012 – Grupo 4». Site Academia do Samba. Consultado em 17 de abril de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  68. «Série A do Grupo de Acesso estreia novo formato no carnaval do Rio». Portal G1. Consultado em 27 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2012 
  69. «Resultado 2012 – Grupo 5». Site Academia do Samba. Consultado em 17 de abril de 2018. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2016 
  70. «Resultado 2012 – Grupo 6». Site Academia do Samba. Consultado em 17 de abril de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  71. «Escolas Mirins - 2012». Academia do Samba. Consultado em 17 de março de 2021. Cópia arquivada em 16 de março de 2016 
  72. «O bis das campeãs: Passarela do Samba é palco de alegria, descontração e protestos». O Globo. 27 de fevereiro de 2012. p. 17. Consultado em 14 de novembro de 2019. Arquivado do original em 14 de novembro de 2019 
  73. a b c d «Ordem dos Desfiles 2012 – Blocos de Enredo». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 12 de março de 2017 
  74. «Notas 2012 – Blocos de Enredo – Grupo 1». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 
  75. «Notas 2012 – Blocos de Enredo – Grupo 2». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 
  76. «Notas 2012 – Blocos de Enredo – Grupo 3». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 
  77. «Notas 2012 – Blocos de Enredo – Grupo 4». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 

BibliografiaEditar

  • Gomyde Brasil, Pérsio (2015). Da Candelária à Apoteose - Quatro décadas de paixão 3.ª ed. Rio de Janeiro: Multifoco. ISBN 978-85-7961-102-5 
  • Valença, Rachel; Valença, Suetônio (2017). Serra, Serrinha, Serrano - O Império do Samba 1.ª ed. Rio de Janeiro: Record. 433 páginas. ISBN 978-85-0110-897-5 

Ver tambémEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons
  Notícias no Wikinotícias

Ligações externasEditar