Revenido

O revenido (pt) ou revenimento (pt-BR) é um tratamento térmico efetuado ao aço, para corrigir inconvenientes decorrentes da têmpera, sendo, portanto, e sempre, aplicado posteriormente a ela.[1]

Processo de revenimentoEditar

A têmpera deixa o aço mais frágil (com menor resistência ao choque) e cria tensões internas, o que é corrigido pelo revenimento, que consiste em reaquecer a peça temperada a uma temperatura muito inferior à da têmpera (zona crítica-fase austenítica).[2][3][4]

A temperatura de revenimento e o tempo de manutenção desta temperatura influem decisivamente nas propriedades finais obtidas no aço: tanto maior o tempo e/ou tanto maior a temperatura, mais dúctil se tornará o aço. Os elementos de liga do aço também influem no revenimento, mudando o seu comportamento no processo (endurecimento secundário).

A temperatura de revenimento normalmente situa-se entre 150°C e 600°C e o tempo de processo entre 1h e 3h. Todavia, quanto maior a temperatura empregada, mais o revenimento tenderá a reduzir a dureza original obtida na têmpera.

O revenimento aumenta a ductilidade e a elasticidade do aço e é usado especialmente na fabricação de molas.

Esse tratamento é efectuado logo após a têmpera, para atenuar estes efeitos negativos.

Referências

  1. FORTIS, C.; KISS, F.J. Metalografia e Tratamentos Térmicos de Aços e Ferros Fundidos. 1 a. Ed. 2009.
  2. Chiaverini, V. Aços e Ferros Fundidos. ABM, São Paulo, 5a. ed., 1987, pp. 75-81
  3. Chiaverini, V. Tecnologia Mecânica. McGraw-Hill, São Paulo, 2a. ed., 1986, pp. 240-244.
  4. CALLISTER JR, W. D. Fundamentos de Ciência e Engenharia dos Materiais, 1a Edição, Rio de Janeiro: LTC, 2006.
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.