Ribeirão dos Meninos

Ribeirão dos Meninos
Ribeirão dos Meninos, sob a ponte da Av. Winston Churchill em São Bernardo. Ao lado, a Av. Lauro Gomes.
Comprimento 19 km
Nascente Bairro Demarchi em São Bernardo do Campo
Foz Rio Tamanduateí na Vila Carioca em São Paulo
Bacia hidrográfica Alto Tietê
País(es)  Brasil

O Ribeirão dos Meninos (Rio dos Meninos, Córrego dos Meninos ou Rio dos Couros) é o mais importante curso fluvial urbano do município de São Bernardo do Campo. Tem suas principais nascentes no bairro Demarchi, próximo à avenida Omar Daibert, e sua foz no rio Tamanduateí, na Vila Carioca, em São Paulo, no canal construído entre as pistas da avenida do Estado.[1]

O trecho inicial do ribeirão dos Meninos segue paralelo à avenida Maria Servidei Demarchi, nas cercanias da fábrica da Volkswagen. Na região central de São Bernardo, segue em galerias subterrâneas, embaixo da Avenida Faria Lima e do Paço Municipal. A seguir, a partir da confluência do córrego Taioca, o ribeirão segue canalizado a céu aberto, servindo como divisa entre os municípios de São Bernardo do Campo e Santo André, em paralelo à avenida Lauro Gomes. Mais à frente, recebe as águas do ribeirão dos Couros, servindo como divisa entre as cidades de São Caetano do Sul e São Paulo, em paralelo à avenida Guido Aliberti, até desaguar no Tamanduateí.[2][3]

Mapa da cidade em 1902, com destaque para o curso do Ribeirão dos Meninos.

Importância históricaEditar

O ribeirão dos Meninos tem importância histórica para a constituição das cidades do Grande ABC, bem como para a cidade de São Paulo. Seu vale servia como estrada de ligação entre as vilas de São Vicente e São Paulo, no trecho de planalto. Em alguns documentos históricos, o ribeirão dos Meninos é confundido com o ribeirão dos Couros, por terem denominações semelhantes no passado.

No século XVII, monges beneditinos instalaram uma fazenda com o nome de São Bernardo, cuja sede ficava entre o ribeirão dos Meninos e o antigo caminho do mar, próxima ao local onde hoje se encontra a confluência das avenidas Vergueiro e Kennedy, junto à foz do córrego Borda do Campo. Ali, em 1717, foi construída uma capela dedicada a São Bernardo de Claraval. A fazenda dos monges emprestaria o nome à região, que passaria a ser conhecida como bairro de São Bernardo e, posteriormente, como freguesia de São Bernardo, vinculada à cidade de São Paulo[4][5].

Com a construção da estrada de ferro Santos-Jundiaí, o Caminho do Mar perde importância. Contudo, no século XX, com o uso de veículos automotores, o vale do ribeirão dos Meninos readquire relevância, com a construção da Rodovia Caminho do Mar e, posteriormente, com a Via Anchieta, ambas próximas ao ribeirão dos Meninos[6].

AfluentesEditar

O ribeirão dos Meninos recebe as águas dos seguintes afluentes principais[3][7][8]:

- Margem direita:

  • Córrego Capuava
  • Córrego Ipiranga
  • Córrego Chrysler
  • Córrego Rotary (sob a Av. Rotary)
  • Córrego Santa Terezinha (sob a Av. Prestes Maia)
  • Córrego Saracantan (sob a Av. Pery Ronchetti)
  • Córrego da Água Mineral (sob a Av. Ítalo Setti)
  • Córrego Taioca
  • Córrego Itororó
  • Córrego Palmares (sob o Corredor ABD)

- Margem esquerda:

  • Córrego Basf
  • Córrego Casagrande
  • Córrego das Palmeiras
  • Córrego dos Lima
  • Córrego Borda do Campo (sob a Av. Kennedy)
  • Tanque das Mulatas (sob a Av. Winston Churchill)
  • Ribeirão dos Couros
  • Córrego Jaboticabal

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Ribeirão dos meninos - Redações - 1621 Palavras». Trabalhos Feitos. Consultado em 1 de junho de 2019 
  2. «Água em Ambientes Urbanos. Seminário – Plano Diretor de Macro-Drenagem na Região Metropolitana de São Paulo». Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo 
  3. a b http://143.107.108.83/sigrh/basecon/macrodrenagem/meninos/Arquivos_Men/Indice_Men.html%7CRelatório[ligação inativa] para combate às causas e os efeitos danosos das inundações na bacia superior do ribeirão dos Meninos. Plano Diretor de Macrodrenagem - Departamento de Águas e Energia Elétrica, do Estado de São Paulo
  4. «História da Cidade - São Bernardo». www.saobernardo.sp.gov.br. Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo. Consultado em 4 de março de 2018 
  5. «Resolução de Consulta da Mesa de Consciência e Ordens de 23 de Setembro de 1812» (PDF). Câmara dos Deputados. Consultado em 3 de março de 2018. Arquivado do original (PDF) em 4 de março de 2018 
  6. ABC, Portal do ABC do. «São Bernardo do Campo ‹ Conheça a história de São Bernardo do Campo». www.abcdoabc.com.br. Consultado em 4 de março de 2018 
  7. «Mapa dos Recursos Hídricos Superficiais da AII-AID» (PDF). Metrô de São Paulo 
  8. «São Bernardo do Campo (SP) - BrasilChannel.com.br». brasilchannel.com.br. Consultado em 4 de março de 2018