Abrir menu principal
Ricardo Bacha
13º Secretário de Estado de Finanças, Planejamento e Orçamento de Mato Grosso do Sul
Período 7 de fevereiro de 1996 até
31 de março de 1998
Governador Wilson Barbosa Martins
Antecessor Thiago Franco Cançado
Sucessor José Ancelmo dos Santos
8º Secretário de Estado de Obras Públicas de Mato Grosso do Sul
Período 1º de janeiro de 1995 até
7 de fevereiro de 1996
Governador Wilson Barbosa Martins
Antecessor Renato Katayama
Sucessor Evandro Faustino Dias
Deputado estadual de Mato Grosso do Sul
Período 1º de fevereiro de 1987 até
31 de janeiro de 1991
Período 1º de fevereiro de 2003 até
31 de janeiro de 2007
Dados pessoais
Nome completo Ricardo Augusto Bacha
Nascimento 23 de abril de 1949 (70 anos)
Campo Grande
Partido PPS
Profissão Pecuarista

Ricardo Augusto Bacha (Campo Grande, 23 de abril de 1949) é um político brasileiro. Ele foi deputado estadual (1987–2007), secretário da Fazenda no governo Wilson Martins (1995–1998).

Carreira políticaEditar

Em 1966, filiou-se ao MDB.

Em 1980, com o fim do bipartidarismo, filiou-se ao PMDB.

Em 1986, foi eleito deputado estadual.

Em 1988, filiou-se ao PSDB.

Em 1994, apoiou Wilson Martins, de quem seria secretário de estado (1995–1998).

Em 1998, com apoio do governador Wilson Martins (PMDB), foi candidato a governador, pelo PSDB, sendo derrotado no segundo turno, por Zeca do PT. Contou com apoio de Gian e Giovani e de Ratinho.[1]

Em 2002, foi eleito deputado estadual.

Em 2006, candidatou-se a deputado estadual, pelo PPS, obtendo 6 240 (0,51% dos votos válidos), sem êxito.[2]

Referências