Ricardo Franco Sierra

Ricardo Franco
Nome completo Ricardo Franco Sierra[1]
Nascimento 4 de setembro de 1980 (39 anos)
Aguascalientes, México
Nacionalidade mexicano
Ocupação Ator
Atividade 2008 - presente

Ricardo Franco Sierra (Cidade do México, 4 de setembro de 1980) é um ator mexicano.

CarreiraEditar

Viveu aos 16 anos em Aguascalientes. Graduou no Centro de Educação Artistica (CEA), e começou na TV em 2008 na novela Querida enemiga produção de Lucero Suárez, interpretando Fernando, ao lado de Ana Layevska, Gabriel Soto e Jorge Aravena. No mesmo ano, ele fez vários capítulos da série mexicana La Rosa de Guadalupe criado por Carlos Mercado Orduña e produzido por Miguel Angel Herros. No ano de 2009, Ricardo reúne com o produtor Juan Osorio na novela Meu Pecado, estrelado por Eugenio Siller e Maite Perroni, ele interpreta o personagem Miguel Molina. Em 2010, atua na produção de Angelli Nesma Medina na novela Llena de amor, atuando ao lado de Ariadne Díaz e Valentino Lanus. Em 2011, o produtor Mapat oferece uma oportunidade para Ricardo de antagonizar sua nova produção Ni contigo ni sin ti intepretando José Carlos Rivas Olmedo, mostrando seu talento e glamour. Em 2012, Ricardo interpreta Rodolfo na novela Amor bravío. Em 2013, Ricardo volta a Tv, na produção de Nathalie Lartilleux na novela Corazón indomable interpretando Eduardo, amigo de Otávio Narvaez, interpretado por Daniel Arenas. Ricardo não só atua em séries e telenovelas, também já fez nove peças, incluindo "Las Heridas Del Viento" (em 2010) estrelando o personagem Otto Sirgo.

FilmografiaEditar

TelenovelasEditar

SériesEditar

Prêmios e indicaçõesEditar

Prêmios TVyNovelasEditar

Ano Categoria Telenovela Resultado
2014 Melhor ator juvenil[2] Corazón indomable Indicado


Referências

  1. «Ricardo Franco se asoció con su prometida y ¡ya tienen su propia tienda de ropa! - TVNotas ¡Irresistible!». Consultado em 5 de julho de 2015 
  2. «Conoce los nominados a los Premios TVyNovelas 2014». Novelas y series. 3 de março de 2014. Consultado em 18 de abril de 2015 

Ligações externasEditar