Abrir menu principal
Rio Antuã
Antua02.jpg
Localização
País
Localização
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
38 kmVisualizar e editar dados no Wikidata
Hidrografia
Tipo
Nascente
Monte Alto, Romariz
Altitude da nascente
400 m
Afluentes
principais
Foz

O rio Antuã é um curso de água que nasce no Monte Alto, localidade de Romariz no município de Santa Maria da Feira, em Portugal.[1]

Tem como principal afluente o rio Ínsua, que nele desagua entre as freguesias de Oliveira de Azeméis, Santiago de Riba-Ul, Ul, Macinhata da Seixa e Madail e Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz, no concelho de Oliveira de Azeméis. Outros afluentes: Ribeira do Cercal, ribeira do Pintor e ribeira de Arrifana. [2][1]

Com uma bacia hidrográfica de 149,2 km2, que se estende pelos concelhos de Oliveira de Azeméis, São João da Madeira, Estarreja, Albergaria-a-Velha, Arouca, e Vale de Cambra. e após um percurso de 38,3 km [3][1]o rio Antuã desagua na ria de Aveiro, a sudoeste da cidade de Estarreja.

No concelho de S. João da Madeira e em algumas zonas do concelho de Oliveira de Azeméis o rio Antuã parece ser frequentemente designado por "rio Ul". Do mesmo modo, nas freguesias de Fajões e Carregosa o seu afluente rio Ínsua parece ser designado popularmente por "rio Antuã". Mas estas versões são um erro porque pelo principio internacional, quando dois rios se juntam o nome que se dá ao rio após a junção é a do rio mais comprido desde a nascente ao ponto de confluência. Ora após a junção em Ul o nome do rio é designado sem qualquer dúvida de rio Antuã. Também se sabe que desde a nascente até ao ponto de junção em Ul o rio mais comprido é o que nasce em Romariz, passa a Milheirós de Poiares, S. João da Madeira etc. É verdade há documentos dos primeiros séculos da nacionalidade a designar o rio por Ul mas, muito antes, no período romano o rio era designado de Antuã. Quanto ao Rio Ínsua, afluente do Antuã em Ul não existe documento de relevo histórico a designá-lo por Antuã mas, pelo contrário há documentos do século XIV a designá-lo por Ínsua.

[carece de fontes?]

Referências

  1. a b c «Monitorização da Qualidade da Água do Rio Antuã» (PDF). CESAM. Consultado em 22 de Outubro de 2013 
  2. Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos, Atlas da Água, disponível em http://geo.snirh.pt/AtlasAgua/
  3. DGRHA, Índice hidrográfico e classificação decimal dos cursos de água de Portugal. Região Hidrográfica nº 7. Mondego e Vouga. Lisboa, MHOP, 1981