Abrir menu principal

Wikipédia β

O rio Arade é um rio de Portugal localizado na região de Algarve,[1] que nasce na serra do Caldeirão e passa por Silves (Portugal), Portimão e Lagoa indo desaguar no oceano Atlântico, em Portimão, imediatamente a leste da praia da Rocha.

Arade
Ponte ferroviária sobre o rio Arade, ao PK 18 da Linha do Algarve, entre Ferragudo e Portimão, na vazante, vista do Parchal
Comprimento 75 km
Nascente Serra do Caldeirão
Altitude da nascente 481 m
Foz Atlântico
País(es)  Portugal

No tempo dos descobrimentos portugueses era navegável até Silves (Portugal), onde existia um importante porto. Hoje, devido ao enorme assoreamento, apenas pequenos barcos aí podem chegar.

Portimão é o grande porto do Arade.

Tem um caudal médio de 1,5 m3/s (estimativa)

Índice

O rio Arade na conquista de SilvesEditar

Um dos factores que teve forte impacto no desenvolvimento da cidade de Silves no período de domínio árabe foi, sem dúvida, a sua proximidade ao rio Arade, então navegável até às suas muralhas.

No ano de 1189, a pedido de D. Sancho I, uma frota de cruzados que ia a caminho da Terra Santa subiu o rio Arade, juntando-se às tropas portuguesas que tinham vindo por terra com o intuito de conquistar a cidade, o que veio a acontecer, após prolongado cerco, no dia 3 de setembro desse mesmo ano.

Em Silves, no século XV foi levantada uma ponte sobre o Arade que é hoje um dos ex-libris da cidade.

O rio, que motivou o desenvolvimento da cidade, veio a dar um contributo importante para o seu declínio, agravado pelo assoreamento do mesmo, que apenas permite a sua navegabilidade por barcos de pequeno porte.

 
Ponte de Silves sobre o Arade

AfluentesEditar

BarragensEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Detail Regional Map, Algarve- Southern Portugal, ISBN 3-8297-6235-6
  Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Rio Arade