Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rio Atibaia
Atibaia River.jpg

Rio Atibaia, no município de Paulínia, São Paulo

Localização
País
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
165 km
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Área da bacia
2 931 km2Visualizar e editar dados no Wikidata
País(es) da
bacia hidrográfica
Nascente
Afluente
principal
Caudal médio
31 m³/s
Foz
Rio Piracicaba, no município de Americana

O Rio Atibaia é um rio brasileiro do estado de São Paulo.

EtmologiaEditar

Seu nome é de origem tupi, Tybaia, sendo TY - baia (ou aia), que significa rio manso, de águas tranquilas, abundantes, agradáveis ao paladar. Até chegar ao nome Atibaia, o vocábulo passou por várias modificações: Thibaia, Atubaia, Thibaya, mas o significado continuou o mesmo, "manancial de água saudável".  

CaracterísticasEditar

O rio Atibaia é formado no município paulista de Bom Jesus dos Perdões pela junção dos rios Atibainha e Cachoeira, logo após os reservatórios Atibainha e Cachoeira que fazem parte do Sistema Cantareira, sendo que as nascentes do rio Cachoeira encontram-se no estado de Minas Gerais.

O rio Atibaia abastece 75% da população da cidade de Atibaia, onde se encontra a Represa Usina de Atibaia, e também 95% da população da cidade de Campinas, entre outras. Jundiaí possui uma outorga para bombear água do rio Atibaia durante a estiagem. Na altura da cidade de Americana[1], logo após passar por Paulínia, encontra-se a Usina Hidrelétrica Salto Grande[2], formando a represa com mais de 8 km2 de área inundada. Logo após a jusante da usina o rio Atibaia junta-se ao rio Jaguari para formar o Rio Piracicaba.

Em certos trechos, o rio tem 20 metros de profundidade, 11 metros de largura, além de apresentar muitos sinais de poluição.

Referências

  1. «Americana - Hidrografia». Prefeitura de Americana - Site Oficial. Consultado em 13 de março de 2019 
  2. «CPFL Renováveis - Portfólio». www.cpflrenovaveis.com.br. Consultado em 13 de março de 2019