Abrir menu principal
Rio Carangola
Rio Carangola1.jpg
Localização
País
Altitude
133 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
130 km
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Nascente
Foz

O rio Carangola é um curso de água que banha os estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, sendo assim um rio federal, tributário do rio Muriaé e, portanto, sub-afluente do rio Paraíba do Sul. Nasce no município de Orizânia, Minas Gerais, e sua foz está situada no município de Itaperuna, Rio de Janeiro, apresentando 130 km de extensão. Os três saltos que o rio Carangola apresenta no município de Tombos, Minas Gerais, foram um dos pontos definidos em 1843 na fixação do limite entre os territórios de Minas Gerais e do Rio de Janeiro.[1]

Municípios banhados pelo rio CarangolaEditar

 
Rio Carangola

Seguindo o curso do rio, da sua nascente à sua foz, os municípios banhados pelo rio Carangola são Orizânia, cidade no sopé das montanhas que dividem a bacia do rio Carangola da bacia do rio Doce, cidade esta onde nasce o rio Carangola, Divino, Carangola, Faria Lemos, Tombos, Porciúncula, Natividade e Itaperuna, sendo que em Itaperuna o rio Carangola tem a sua foz ao desaguar no rio Muriaé.

Municípios mineirosEditar

Municípios fluminensesEditar

Maiores municípiosEditar

 
Rio Carangola

Os maiores municípios da bacia do rio Carangola são Carangola, no Estado de Minas Gerais, e Itaperuna, no Estado do Rio de Janeiro.

Usinas hidrelétricasEditar

  • Pequena Central Hidrelétrica - Carangola (PCH - Carangola)
  • Central Geradora Hidrelétrica Divino (CGH em Carangola)
  • Usina Hidrelétrica de Tombos - UHE

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 13 de maio de 2008. Arquivado do original em 28 de setembro de 2007 

Ligações externasEditar