Abrir menu principal
Rio Inha
uma ilustração licenciada gratuita seria bem-vinda
Localização
País
Hidrografia
Tipo
Foz

O rio Inha é um dos afluentes da margem esquerda do rio Douro, que desagua entre a foz dos rios Arda (a montante) e Uíma (a jusante).[1]

O rio Inha surge já na Idade Média com esta designação, sendo documentado em 1078 como riuulo ignia, em 1098 como ribulo ignea, em 1112 como rrilulo Ignea, e fluuio de Hinia em 1115.[1]

Nasce no lugar de Belide, na freguesia de Escariz, concelho de Arouca, e passa pelas freguesias de Romariz, do Vale e de Canedo, ambas do concelho de Santa Maria da Feira.

Faz a divisão entre o concelho de Santa Maria da Feira e Gondomar tendo de passagem uma grande ponte que faz a travessia entre estes dois concelhos de distritos diferentes chamada Ponte do Inha do Engenheiro Edgar Cardoso.

É um rio que corre predominantemente encravado em encostas íngremes, sendo muito rico em pescaria fluvial nomeadamente a truta, bogas e barbos.

Referências

  1. a b Carlos Alberto Ferreira de Almeida: in memoriam. [S.l.]: Universidade do Porto. 1999. p. 107 
  Este artigo sobre Hidrografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.