Abrir menu principal

Rio Pará (Minas Gerais)

rio brasileiro que banha o estado de Minas Gerais
Rio Pará
Aguapé no Rio Pará - panoramio.jpg

Rio Pará em Pitangui, Minas Gerais

Localização
Continente
País
Localização
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
365 kmVisualizar e editar dados no Wikidata
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Área da bacia
12 233 km2Visualizar e editar dados no Wikidata
País(es) da
bacia hidrográfica
Nascente
Afluentes
principais
Foz

O rio Pará é um curso de água que banha o estado de Minas Gerais, Brasil.

Nasce na serra das Vertentes, próximo ao povoado de Hidelbrando, no município de Resende Costa. A extensão do rio Pará, desde suas nascentes até sua foz, é de aproximadamente 365 km.[1]

O rio corta também os municípios de Desterro de Entre Rios, Passa Tempo, Piracema, Carmópolis de Minas, Itaguara, Cláudio, Carmo do Cajuru, Divinópolis, São Gonçalo do Pará, Conceição do Pará, Pitangui, Martinho Campos e Pompéu onde logo após deságua no rio São Francisco. É um dos principais contribuintes do reservatório da Usina Hidrelétrica de Três Marias.[3]

Bacia hidrográficaEditar

A bacia do rio Pará está inserida na Região hidrográfica do São Francisco, é de regime tropical austral, abrangendo 38 municípios, com uma área de aproximadamente 12 300 km².[1]

A principal cidade da região é Divinópolis, com mais de 200 mil habitantes, seguida de Itaúna e Pará de Minas. Quase a metade dos municípios da bacia tem uma população menor que 10 mil habitantes, dos quais apenas nove apresentam uma taxa de urbanidade inferior a 50%.[4]

AfluentesEditar

O rio Pará possui 535 afluentes diretos. Destes, cinco são os afluentes diretos principais, que formam as maiores sub-bacias da bacia hidrográfica do rio Pará:

  1. Rio Itapecerica
  2. Rio São João
  3. Rio Lambari
  4. Rio do Peixe
  5. Rio Picão

O Plano Diretor da Bacia Hidrográfica do Rio Pará divide a bacia em nove sub-bacias:[1]

  • Sub-bacia Alto Rio Pará
  • Sub-bacia Ribeirão Boa Vista
  • Sub-bacia Rio Itapecerica
  • Sub-bacia Médio Rio Pará
  • Sub-bacia Ribeirão da Paciência
  • Sub-bacia Rio São João
  • Sub-bacia Rio Lambari
  • Sub-bacia Rio do Peixe
  • Sub-bacia Rio Picão

Potencial hidrelétricoEditar

O potencial hídrico do rio Pará é aproveitado em quatro usinas hidrelétricas, listadas abaixo, no sentido da nascente para a foz:

Referências

  1. a b c d «Plano Diretor da Bacia Hidrográfica do Rio Pará» (PDF). Associação de Usuarios da Bacia Hidrográfica do Rio Pará. 2007. Consultado em 14 de setembro de 2016. Arquivado do original (PDF) em 21 de setembro de 2016 
  2. «Bacia Hidrográfica do Rio Pará (SF2)». Instituto Mineiro de Gestão das Águas. Consultado em 5 de março de 2018 
  3. a b «MG3D GeoINDI». Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais. Consultado em 26 de outubro de 2016 
  4. «UPGRH SF2 - Rio Pará» (PDF). Instituto Mineiro de Gestão de Águas - IGAM. 2010. Consultado em 26 de outubro de 2016 
  5. «Relatório e Plano de Controle Ambiental – UHE Cajuru» (PDF). Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMAD. 12 de janeiro de 2007 
  6. «Parecer Técnico GEDIF 007/2007» (PDF). Fundação Estadual do Meio ambiente – FEAM. 6 de dezembro de 2007 
  7. «Relatório de Controle Ambiental RCA - Companhia De Tecidos Santanense - Usina Bento Lopes» (PDF). Fundação Estadual do Meio Ambiente – FEAM. 29 de janeiro de 2009 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.