Abrir menu principal

Rio de Loba

freguesia de Viseu, Portugal
Portugal Portugal Rio de Loba 
  Freguesia  
Localização no concelho de Viseu
Localização no concelho de Viseu
Rio de Loba está localizado em: Portugal Continental
Rio de Loba
Localização de Rio de Loba em Portugal
Coordenadas 40° 40' 31" N 7° 53' 03" O
País Portugal Portugal
Concelho Brasão de Cidade Viseu.png Viseu
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Carlos Alberto Pereira da Gama Henriques (PPD/PSD)
Área
- Total 15,74 km²
População (2011)
 - Total 9 348
    • Densidade 593,9 hab./km²

Rio de Loba é uma freguesia portuguesa do concelho de Viseu, com 15,74 km² de área e 9 348 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 593,9 hab/km².

Rio de Loba, uma das mais populosas e activas freguesias do concelho de Viseu, assemelha-se nos seus hábitos e vivências, a uma cidade. Situa-se a oriente de Viseu, ocupando uma área de 1574 hectares e apresenta como lugares que a constituem Barbeita, Caçador, Póvoa de Sobrinhos, Rio de Loba, Travassós de Cima e Travassós de Baixo.

O seu topónimo deriva da junção de "rio" (nome de um ribeiro que a banha e que vai desaguar no rio Pavia) com "loba" ou lopa. Quanto à origem deste último termo, alguns habitantes desta freguesia associam-no ao nome de uma pessoa influente no passado, enquanto que outros atribuem-no ao facto de uma loba ter sido criada por uma mulher. Actualmente, pode-se observar, no cimo do Penedo da Loba, uma estátua dessa mesma loba.

Da origem desta freguesia existem vestígios num dos seus lugares, Travassós de Cima, mais exactamente no Vale Malmatar das Fachas, no qual se pode observar uma anta. Pode-se afirmar também. com certa convicção, que Rio de Loba terá vivenciado a presença de Romanos, pois esta freguesia, nos primeiros séculos da era cristã, constituía uma "villa" muralhada pelos Senhores da Península. Esta "villa" de raízes romanas fez também parte, primeiramente, do domínio suevo, depois visigodo e, mais tarde, árabe. Numa fase posterior, deu-se a reconquista por parte dos descendentes visigodos cristianizados, do que os mouros haviam conquistado. No século IX, Rio de Loba encontrava-se na posse dos então presores, nomeados pelos reis asturianos, aquando das levas da Reconquista. Entre dois a três séculos mais tarde, Rio de Loba pertencia já à paróquia da Sé de Viseu e, especificamente no ano de 1258, era honra de uma família nobre (dona Esmeralda), recebendo dos habitantes foros, não beneficiando a coroa de nada.

Actualmente a freguesia é uma das mais importantes do concelho de Viseu, especialmente pelo aumento do número de habitantes, nos últimos anos.

Fazem parte da freguesia de Rio de Loba as seguintes localidades: Barbeita, Póvoa de Sobrinhos, Rio de Loba, Travassós de Baixo, Travassós de Cima, Viso Norte, Caçador, Redonda, Quinta dos Lagares, Bairro S. João da Carreira, Quinta das Lameiras, Quinta da Ramalhosa, Quinta de Dentro, Quinta de Fora, Bairro da Amizade e Bairro Vila Feijão.

Índice

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Rio de Loba [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 814 1 911 2 154 2 333 2 506 2 488 2 888 3 288 3 947 5 117 3 941 5 232 5 888 8 407 9 348

PatrimónioEditar

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.