Abrir menu principal
Riot Games
RIOT Games.png
Desenvolvimento de jogos eletrônicos
Atividade Software e videogame
Fundação Los Angeles, Califórnia, EUA (2006)
Fundador(es) Brandon Beck e Marc Merril
Sede Los Angeles, Califórnia, EUA Estados Unidos
Área(s) servida(s) Mundo inteiro
Pessoas-chave
  • Brandon Beck (CEO)
  • Tom Cadwell (Designer-Líder)[1]
  • Marc Merrill (Presidente)[1]
  • Greg Costello (Relações Internacionais)[1]
Empregados 1,000 (estimativa de 2013)[2]
Produtos League of Legends
Empresa-mãe Tencent
Valor de mercado Aumento $ US$1.3 bilhões USD (estimativa de 2015)[3]
Website oficial http://www.riotgames.com/

Riot Games é uma empresa americana fundada como um estúdio de jogos independente em 2006 por Brandon "Ryze" Beck e Marc "Tryndamere" Merril, em Los Angeles.[4] A empresa anunciou o seu primeiro jogo, League of Legends: Clash of Fates, em outubro de 2008,[5] e lançou o jogo em outubro de 2009 simplesmente como League of Legends. O jogo utiliza o modelo free-to-play, apoiado por microtransações dentro do jogo, em vez de anúncios ou venda de cópias.

Índice

HistóriaEditar

Em 2008, a Riot Games obteve um financiamento inicial de EUA US $ 7 milhões fornecidos por empresas de capital de risco Benchmark Capital e Firstmark Capital.[6] Em uma segunda rodada de financiamentos em 2009, a empresa obteve US $ 8 milhões Benchmark, Firstmark e tecnologia da gigante chinesa Tencent.[7][8] No início de 2011, a Tencent Holdings comprou uma participação maioritária na Riot Games. Embora os detalhes deste acordo nunca tenham sido divulgados, a Bloomberg Businessweek e a VentureBeat estimam que a transação seja cerca de US$ 350 a US$ 400 milhões.[9][10]

Os funcionários da empresa incluem veteranos de Defense of the Ancients (DotA), como o desenvolvedor de Dota Steve "Guinsoo" Feak e o fundador do fansite DotA-Allstars.com Steve "Pendragon" Mescon, Supremo.[11] A Riot Games também emprega ex-funcionários da Blizzard Entertainment.[4] Em 12 de julho de 2013, o Business Insider classificou a Riot Games em #4 na lista das 25 melhores empresas de tecnologia para se trabalhar em 2013.[12]

Marc "Tryndamere" Merrill, presidente da Riot, respondeu à perguntas da comunidade de League of Legends no Reddit em 3 de maio de 2012.[13]

JogosEditar

Jogos Ano Mês Gênero Plataforma
League of Legends 2009 Outubro Arena de batalha multijogador on-line (MOBA) Windows/Mac
Astro Teemo 2013 Março Arcade Windows/Mac
D.O.T.A. 1 2009 Abril Arcade (MOBA) Windows/Mac
Blitzcrank's Poro Roundup 2015 Agosto Sidescrolling game iOS/Android/Flash
Mechs vs Minions 2016 Outubro Tabuleiro
Teamfight Tactics 2019 Junho Auto Chess Windows/Mac

DistribuiçãoEditar

A Riot Games já lançou e distribuiu na América Latina, Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos, Filipinas, Singapura, Vietnã, Malásia, Tailândia, Canadá, Hong Kong, Macau, Coreia do Sul, Taiwan, China, Europa, Brasil e Indonésia. Na China, o acionista primário da Riot, a Tencent, distribui o jogo online.

Referências

  1. a b c Lien, Tracey (1 de janeiro de 2014). «Riot Games president defends company against accusations of greed». Polygon. Consultado em 1 de novembro de 2014 
  2. Mike Snider (11 de julho de 2013). «'League of Legends' makes big league moves». USA Today. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  3. Gaudiosi, John (9 de junho de 2015). «This company is hosting the first ever eSports event at Madison Square Garden». Fortune 
  4. a b Kath Brice (25 de junho de 2009). «Blizzard developers join Riot Games' online title». Games Industry International. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  5. Anthony Gallegos (7 de outubro de 2008). «Riot Games' League of Legends Announced». 1UP.com. Consultado em 16 outubro de 2013. Arquivado do original em 17 de outubro de 2013 
  6. Leigh Alexander (10 de julho de 2008). «Riot Games Get a $7M Launch». Kotaku. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  7. admin (9 de setembro de 2009). «Riot Games Raises $8 Million». PE Hub. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  8. Lalee Sadighi (Setembro de 2009). «Riot Games: $8 Million to Play With». Red Herring. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  9. João Victor R. Rotandano (4 de fevereiro de 2011). «China's Tencent Buys Riot Games». Astro Teemo News. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  10. Baldwin, Clare (5 de fevereiro de 2011). «UPDATE 1-Tencent acquires majority stake in Riot Games». Reuters. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  11. «Steve Mescon hints bringing DotA-AllStars.com back online». Neutral Creeps. 5 de julho de 2011. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  12. Megan Rose Dickey (12 de julho de 2013). «The 25 Best Tech Companies To Work For In 2013». Business Insider. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  13. Marc Merrill (3 de maio de 2012). «I am Marc "Tryndamere" Merrill, President & co-founder of Riot Games. AMA!». Reddit. Consultado em 16 de outubro de 2013