Robert Hay

Robert Hay (6 de Janeiro de 17991863), foi um egiptólogo, viajante e antiquário escocês, nascido em Duns Castle, Berwickshire, que ficou famoso no mundo da egiptologia pelos seus trabalhos realizados nos monumentos e tumbas egípcias.

Hay serviu à Marinha Real Britânica, com a qual visitou Alexandria em 1818. E, em 1824 ele conheceu Joseph Bonomi em Roma, quem contratou como artista e o acompanhou ao Egito. Eles permaneceram no Egito de Novembro fe 1824 até 1834 registrando monumentos e inscrições, e fazendo um grande número de plantas das ruínas egípcias. Seus manuscritos estão agora, principalmente, na Biblioteca Britânica, e muitas de suas esculturas de gesso estão no Museu Britânico.

Em maio de 1828 Robert Hay visitou Malta onde casou-se com Kalitza Psaraki, a filha de um magistrado-chefe. Hay havia resgatado sua esposa de um mercado de escravos em Alexandria.

Depois de sua morte, em East Lothian, Escócia, em 1863, a sua coleção de antiguidades egípcia foi vendida ao Museu Britânico, embora alguns de seus objetos tenham sido comprados pelo Museu de Belas Artes de Boston em 1872.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.