Abrir menu principal

Roberto Fonseca

futebolista brasileiro

Roberto Teixeira da Fonseca, mais conhecido como Roberto Fonseca (Mandaguari, 3 de Junho de 1962), é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como zagueiro. Atualmente está no desempregado.

Roberto Fonseca
Informações pessoais
Nome completo Roberto Teixeira da Fonseca
Data de nasc. 3 de junho de 1962 (57 anos)
Local de nasc. Mandaguari (PR), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Informações profissionais
Equipa atual Guarani
Posição Treinador
(ex-Zagueiro)
Clubes de juventude
1980–1981 Londrina
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1982–1983
1984–1985
1985
1986
1987
1987
1988
1989
1990–1991
1992
1993
1994–1995
Londrina
São Paulo
América-SP
Catanduvense
Botafogo-SP
Barretos
Bahia
América-SP
Sãocarlense
Ferroviária
Grêmio Maringá
Moto Clube
Portuguesa Londrinense
0057 0000(5)
0029 0000(1)
005 0000(0)
0027 0000(0)
0017 0000(0)
0019 0000(1)
007 0000(0)
000 0000(0)
0011 0000(2)
009 0000(0)
0012 0000(0)
0016 0000(2)
0061 0000(6)
Times/Equipas que treinou
2001
2003
2003
2004
2004
2004
2004–2005
2005
2005
2005
2006
2006
2006
2006
2006–2007
2007
2008
2008–2009
2009
2009
2009
2009
2010
2010–2011
2011
2011
2012
2012
2012
2012
2013
2013
2013–2014
2014
2014–2015
2015
2015
2016
2016–2017
2017
2018
2018
2018
2019
2019
2019–
Águia-PR
Oeste
Botafogo-SP
Francana
Barretos
XV de Piracicaba
Mirassol
Sertãozinho
Bandeirante
Londrina
São Bento
CENE
ADAP
São Raimundo-PA
Londrina
Ituiutaba
Guaratinguetá
Rio Branco-SP
Oeste
Botafogo-SP
Criciúma
América-RN
São Caetano
Guaratinguetá
Botafogo-SP
Caldense
Paraná
Itumbiara
Ituano
CRB
Ituano
Brasiliense
Santo André
Linense
ABC
São Bernardo
Botafogo-PB
São Bernardo
Cuiabá
Bragantino
Caldense
Sampaio Corrêa
Londrina
Novorizontino
Londrina
Guarani
Última atualização: 29 de abril de 2019

CarreiraEditar

Defendeu inúmeros clubes do futebol brasileiro, como Londrina, São Paulo, América-SP, Catanduvense, Botafogo-SP, Barretos, Bahia, Sãocarlense, Ferroviária, Grêmio Maringá, Moto Clube e Portuguesa Londrinense.

Atualmente é casado com Mônica Fonseca e tem 2 filhos um homem (Roberto Junior) e outra mulher (Aline Fonseca), Roberto ainda se diverte com suas duas netas (Rafaela e Maria Eduarda).

Após encerrar a carreira tornou-se treinador de futebol, passando pelos seguintes times:Portuguesa Londrinense (estreia na função), Águia-PR, Oeste, Botafogo de Ribeirão Preto, Francana, Barretos, XV de Piracicaba, Mirassol, Sertãozinho, Bandeirante, Londrina, São Bento, CENE, ADAP, São Raimundo, Ituiutaba, Guaratinguetá e Rio Branco de Americana.

Em 2008, comandou o Oeste de Itápolis na campanha que levou o Clube de volta a série principal do Paulistão, no Paulistão de 2010 comandou o Botafogo de Ribeirão Preto, foi contratado pelo São Caetano. retornou para o Guaratinguetá e Botafogo de Ribeirão Preto, em 2011 foi treinador da Caldense e em 6 de junho do mesmo ano, foi anunciado novo técnico do Paraná[1]. e no fim de 2011, acertou para ser o comandante do Itumbiara[2].

Em fevereiro de 2012, foi contratado como treinador do Ituano[3], sendo emprestado para o CRB, retornando ao comando do Ituano, para 2013. sendo que em junho desse mesmo ano, acertou com o Brasiliense[4].

Roberto acertou com o São Bernardo, para comandar a equipe no restante do Campeonato Paulista de 2015 - Série A1, com a difícil missão de livrar a equipe do São Bernardo do rebaixamento. Roberto alcançou com exido o objetivo, sob seu comando o São Bernardo teve três vitórias, um empate e uma derrota no campeonato, no total ele disputou 5 jogos no comando da equipe, deixando a no final da competição com 65% de aproveitamento. meses depois, foi para o Botafogo-PB[5]. Em 20 de julho de 2015, Roberto Fonseca e seu auxiliar deixaram o comando do Botafogo-PB, Roberto ficou no comando da equipe paraibana em 11 jogos somando a fase final do Campeonato Paraibano de 2015, e o Campeonato Brasileiro 2015 - Série C, no total foram 4 vitórias, 4 empates e 3 derrotas com aproveitamento de 48,4% dos jogos.

No dia 2 de julho de 2015, Roberto foi confirmado pela diretoria do São Bernardo, que iria ser o novo treinador da equipe no Paulistão de 2016. No Paulistão de 2015, Fonseca livrou o Tigre do rebaixamento a Serie A1 do campeonato estadual.[6] Em 26 de fevereiro de 2016, Roberto Fonseca rescinde com o São Bernardo, o clube está perto da zona de rebaixamento no Paulistão 2016.[7]

Em 19 de julho de 2016, Roberto Fonseca assumiu o comando do Cuiabá Esporte Clube, para comandar o clube no restante da temporada.[8] No dia 20 de setembro de 2016, o Cuiabá Esporte Clube anunciou a renovação de contrato com Roberto Fonseca para o ano de 2017.[9] Em 12 de junho de 2017, Roberto Fonseca foi demitido do Cuiabá Esporte Clube devido aos maus resultados obtidos na Série C, em 2017 o clube foi campeão Mato Grossense, a equipe ficou sob o comando do treinador em 34 partidas, tendo 14 vitórias, 14 empates e 6 derrotas, com aproximadamente 55 % de aproveitamento.[10]

Em 5 de julho de 2017, o Bragantino anunciou Roberto Fonseca como novo treinador da equipe para o segundo semestre do ano, o objetivo do novo técnico será comandar o clube do ABC Paulista na Série C e buscar o acesso a Série B de 2018.[11] Após sete jogos no comando do Braga, Roberto Fonseca deixou o comando do clube em comum acordo com a diretoria. Foram 43 dias no Massa Bruta, somando uma vitória, quatro empate e duas derrotas.[12]

No dia 2 de fevereiro de 2018, a diretoria da Caldense anunciou Roberto Fonseca como novo treinador da equipe para o restante do Mineiro, o treinador terá por objetivo resgatar o futebol da Veterana, que vem de um começo de temporada irregular, é a segunda passagem de Roberto pela Caldense.[13] Roberto Fonseca obteve grande êxito na segunda passagem no comando da Caldense, o treinador experiente conseguiu o principal objetivo que era livrar a Veterana do rebaixamento no estadual e de lucro conseguiu uma vaga para o clube de Poços de Caldas na Copa do Brasil de 2019, com a bela recuperada que a Caldense teve dentro de campo a equipe só não avançou para as quartas de final do Mineiro porque perdeu em saldo de gols para outra equipe.[14]

TítulosEditar

Referências

  1. Futebolparanaense.net (7 de junho de 2011). «Paraná Clube apresenta nesta quarta o novo treinador, Roberto Fonseca». Consultado em 30 de julho de 2011 
  2. Futebol Interior (14 de dezembro de 2011). «EXCLUSIVO! Roberto Fonseca acerta com o Itumbiara». Consultado em 24 de dezembro de 2011 
  3. Grande Área - Futebol Interior (13 de fevereiro de 2012). «EXCLUSIVO: Ituano acerta com ex-técnico de Botafogo e São Caetano». Grandearea.com.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2012 
  4. Superesportes (10 de junho de 2013). «Brasiliense anuncia Roberto Fonseca como novo técnico». 15:35. Consultado em 10 de junho de 2013 
  5. Futebol Interior. «EXCLUSIVO! Botafogo-PB age rápido e acerta com Roberto Fonseca para a Série C». Consultado em 21 de maio de 2015 
  6. MAIOR, ABCD. «Roberto Fonseca será técnico do Tigre no Paulistão de 2016». ABCD MAIOR - O jornal do povo do ABCD. Consultado em 22 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 1 de março de 2016 
  7. «Roberto Fonseca se despede do São Bernardo». 26 de fevereiro de 2016. Consultado em 22 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 2 de março de 2016 
  8. «Série C: Roberto Fonseca é o novo técnico do Cuiabá». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  9. «Série C: Cuiabá renova com Roberto Fonseca e já pensa em 2017». m.futebolinterior.com.br. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  10. «Demitido: Roberto Fonseca não é mais o técnico do Cuiabá». Globoesporte 
  11. «Braga acerta com Roberto Fonseca para comandar o time na sequência da Série C». Globoesporte 
  12. «Após sete jogos, Roberto Fonseca deixa o comando do Bragantino na Série C». Globoesporte 
  13. «Caldense demite Zezito e anuncia Roberto Fonseca». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 6 de fevereiro de 2018 
  14. «Roberto Fonseca livra Caldense da degola e garante vaga na Série D». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 14 de março de 2018 

Ligações externasEditar